Mulherzinhas

romance de Louisa May Alcott
Disambig grey.svg Nota: ""Little Women"" redireciona para este artigo. Para outros significados, veja Little Women (desambiguação).

Mulherzinhas[1][2][3] (Little Women no original) é um livro de inspiração autobiográfica de Louisa May Alcott publicado em 1868. Conta a história de quatro irmãs crescendo entre 1861 e 1865, durante a Guerra Civil Americana. Teve uma sequência chamada "Good Wives" em 1869. Duas outras sequências se seguiram: Little Man e Jo´s Boys, publicadas em 1871 e 1886, respectivamente.

Mulherzinhas
Mulherzinhas, 1868
Autor(es) Louisa May Alcott
Idioma Inglês
Linha temporal 1861
Localização espacial Massachusetts
Editora Roberts Brothers
Lançamento 1868 (Primeiro volume); 1869 (Segundo volume)
Edição portuguesa
Tradução Maria da Graça Moura Brás
Editora Portugália
Lançamento 1872
Edição brasileira
Tradução Eliana Martins (Primeira Edição);

Federico Carrotti (Segunda Edição) Maria Tereza Ornellas (Primeira Edição) Amazon.com

Editora Escala Educacional (Primeira Edição);

L&PM Pocket (Segunda Edição) Amazon.com (Primeira Edição - Formatos E-Book e Capa Comum)

Lançamento 2011 (Primeira Edição); 2017 (Segunda Edição)

2020 (Amazon.com)

Páginas 104 (Primeira Edição); 332(Segunda Edição)

Amazon.com 286

ISBN 9788537714553; 9788525433992; 9798602409215
Cronologia
Boas Esposas, Homenzinhos, Jo e os Rapazes (Amazon.com) Tradução de Maria Tereza Ornellas

Louisa May Alcott tinha dons preciosos. Com base em suas lembranças, ela criou uma narrativa coerente e convincente, retratando pessoas que conhecia, de diversos temperamentos, como se de fato fossem criações próprias. Tudo o que ela conta seus livros é verdadeiro, não romantizado. Sua obra revolucionou a literatura para moças adolescentes e seus livros se acham entre os mais admirados nessa categoria.[4]

Foi adaptado dezenas de vezes, desde filmes silenciosos, a uma ópera e um musical da Broadway. Uns dos exemplos são o filme de 1994 e o novo filme de 2019 onde a história é contada no mundo contemporâneo.

EnredoEditar

As quatro irmãs March são muito diferentes entre si. A já adulta Meg; Jo, a impulsiva; Beth, tímida e introvertida; e Amy, a orgulhosa. Mas com o pai longe de casa, na guerra, e a mãe trabalhando para sustentar a família, elas precisam de cooperar e de apoiar umas às outras. Encenando peças, fundando sociedades secretas, preparando os festejos de Natal, dão os primeiros passos na sociedade adulta e aprendendo o valor da amizade verdadeira.

PersonagensEditar

A família March é composta por:

  • Meg - filha mais obediente
  • Beth - filha pacificadora
  • Jo - filha com personalidade forte, escreve no sótão da casa. É inspirada na própria autora Louisa May Alcott.
  • Amy - filha vaidosa
  • Marmee - mãe, resignada.
  • Tia-avó March

Outras personagens:

  • Laurie - vizinho das irmãs e amigo de infância.
  • Professor Bhaer

CríticaEditar

Nos dias de hoje esta obra é criticada por apresentar conceitos morais datados da época, nomeadamente[5]:

  • Os pecados são sempre expiados e o sacrifício é sempre recompensado;
  • O casamento e a maternidade são o pináculo da vida de uma mulher.

Referências

  1. «Mulherzinhas - Col. Clássicos Para Sempre». Default Store View. Consultado em 9 de julho de 2018 
  2. «Mulherzinhas - Pocket». Default Store View. Consultado em 9 de julho de 2018 
  3. «Mulherzinhas». Default Store View. Consultado em 9 de julho de 2018 
  4. [5] Encyclopedia Britannica
  5. «Rereading Little Women in its 150th Anniversary Year | Literary Hub». lithub.com (em inglês). Consultado em 17 de maio de 2018 
  Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.