Mulholland Drive (filme)

filme de 2001 realizado por David Lynch

Mulholland Drive (prt: Mulholland Drive[1]; bra: Cidade dos Sonhos[2]) é um filme franco-estadunidense de 2001, dos gêneros drama e suspense, escrito e dirigido por David Lynch.

Mulholland Drive
Naomi Watts se destaca no cartaz do filme
No Brasil Cidade dos Sonhos
Em Portugal Mulholland Drive
 França ·  Estados Unidos
2001 •  cor •  146 min 
Direção David Lynch
Roteiro David Lynch
Elenco
Gênero
Música Angelo Badalamenti
Idioma inglês
Orçamento US$ 15 milhões
Receita US$ 20,1 milhões

Estrelado por Naomi Watts e Laura Harring, o filme conta a história de Betty (Naomi Watts), uma aspirante a atriz que se muda para Los Angeles e encontra Rita (Laura Harring), uma misteriosa mulher que acabara de perder a memória num acidente de carro.

Originalmente planejado para ser uma série de TV, grande parte da gravação foi feita em 1999. Entretanto, Lynch precisou fazer alterações de forma a transformá-lo num filme, uma vez que o projeto de série foi recusado[3]. Ele evita explicar sua intenções para a narrativa, resumindo o filme apenas como "uma história de amor na cidade dos sonhos".

Categorizado como suspense psicológico, o filme deu a Lynch o Prix de la mise en scène (Prêmio de direção) no Festival de Cannes de 2001, além de uma indicação ao Oscar de Melhor Direção. Mulholland Drive é o único filme do século XXI presente na atual lista dos melhores filmes de todos os tempos, da tradicional revista Sight & Sound, ocupando a 8ª posição[4]. É considerado o melhor filme do século também segundo a lista dos 100 melhores, da BBC[5].

EnredoEditar

A tímida Betty (Naomi Watts) chega do Canadá a Los Angeles para realizar um sonho: tornar-se atriz. No caminho, conhece Rita (Laura Harring), que acabara de perder a memória num acidente de carro. Enquanto isso, um diretor de cinema Adam Kesher procura uma atriz específica para seu filme, convencido por dois estranhos irmãos com jeito de mafiosos.[2]

Prêmios e indicaçõesEditar

Prêmio Categoria Recipiente Resultado
Oscar 2002 Melhor direção David Lynch Indicado[6]
Golden Globe 2002 Melhor filme - drama Mary Sweeney, Alain Sarde, Neal Edelstein, Michael Polaire, Tony Krantz Indicado[7]
Melhor direção David Lynch Indicado[7]
Melhor roteiro David Lynch Indicado[7]
Melhor trilha sonora Angelo Badalamenti Indicado[7]
Festival de Cannes 2002 Palma de Ouro (melhor filme) Mary Sweeney, Alain Sarde, Neal Edelstein, Michael Polaire, Tony Krantz Indicado[8]
Prêmio de direção David Lynch Venceu[8]
BAFTA 2002 Melhor montagem Mary Sweeney Venceu[9]
Melhor trilha sonora Angelo Badalamenti Indicado[9]

Referências

  1. «Mulholland Drive». Portugal: SapoMag. Consultado em 11 de dezembro de 2019 
  2. a b «Cidade dos Sonhos». Brasil: CinePlayers. Consultado em 11 de dezembro de 2019 
  3. «ABC pulled the plug on David Lynch's TV series Mulholland Drive». The Guardian. Consultado em 17 junho de 2018 
  4. Sight & Sound - British Film Institute. " https://www.bfi.org.uk/news/revealed-results-2022-sight-sound-greatest-films-all-time-poll". Consultado em 13 de dezembro de 2022  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  5. «The 21st Century's 100 greatest films». BBC. Consultado em 17 de junho de 2018 
  6. «74.º Oscar - 2002». CinePlayers. Consultado em 11 de dezembro de 2019 
  7. a b c d «59.º Globo de Ouro - 2002». CinePlayers. Consultado em 11 de dezembro de 2019 
  8. a b «54.º Festival de Cannes - 2002». CinePlayers. Consultado em 11 de dezembro de 2019 
  9. a b «BAFTA|Film in 2002». BAFTA Awards Database. Consultado em 15 de agosto de 2020 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.