Abrir menu principal

Muna al-Hussein, Princesa Consorte da Jordânia

Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2012).
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Muna
Princesa Consorte da Jordânia
Reinado 25 de maio de 1961 - 21 de dezembro 1972:
Antecessor(a) Dina bint 'Abdu'l-Hamid
Sucessor(a) Alia da Jordânia
 
Cônjuge Hussein da Jordânia (1961 - 1972, divórcio)
Descendência Abdullah II
Príncipe Faisal
Princesa Aisha
Princesa Zein
Casa Hachemita (por casamento)
Nome completo
Antoinette Avril Gardiner
Nascimento 25 de abril de 1941 (78 anos)
  Chelmondiston, East Suffolk, Inglaterra
Pai Walter Percy Gardiner
Mãe Doris Elizabeth Sutton

Muna da Jordânia (árabe: توني غاردنر, nascida Antoinette Avril Gardiner; Chelmondiston, perto de Ipswich, Suffolk, Inglaterra, 25 de abril de 1941) é a mãe do atual rei Abdullah II da Jordânia. Foi a segunda esposa do falecido rei Hussein da Jordânia, até o divórcio do casal, em 21 de dezembro de 1971. Britânica de nascimento, foi renomeada ao se casar, com o título de Sua Alteza Real Princesa consorte Muna al-Hussein. Nunca foi nomeada rainha, embora fosse a esposa do rei.

VidaEditar

Antoinette Gardiner nasceu em Chelmondiston, East Suffolk, sendo filha de Doris Elizabeth (Sutton) e Walter Percy Gardiner. Ela participou do Bourne School, em Kuala Lumpur, na Malásia, que foi administrada por famílias britânicas que mantinham os estudos de seus filhos no exterior.

O pai de Gardiner era um oficial de Exército Britânico de alto escalão estacionados em Long Marston em Warwickshire na década de 1960.

Casamento e filhosEditar

Gardiner encontrou com o rei da Jordânia, Hussein, enquanto trabalhava como assistente de secretariado no set de filmagem de Lawrence da Arábia. O rei tinha permitido que suas tropas trabalhassem como figurantes no filme e, ocasionalmente, visitou para monitorar o progresso da produção. No entanto, há um outro relatório, afirmando que ela conheceu o Rei quando seu pai começou a trabalhar como um conselheiro militar na Jordânia.

Toni casou com o rei Hussein em Amã, na Jordânia, em 25 de maio de 1961. Ela se converteu ao islamismo e foi renomeada Muna al-Hussein após o casamento, como é de costume; ela manteve o título de Sua Alteza Real Princesa Muna al-Hussein após o divórcio. Juntos, eles tiveram quatro filhos:

  • Abdullah, mais tarde rei da Jordânia (nascido em 1962, agora o rei Abdullah II da Jordânia).
  • Príncipe Faisal (nascido em 1963).
  • Princesa Aisha (nascida em 1968, gêmea da princesa Zein).
  • Princesa Zein (nascida em 1968, gêmea da princesa Aisha).

Eles se divorciaram em 21 de dezembro de 1972. Após o seu divórcio, ela foi autorizada a manter o estilo de Alteza Real e o título de princesa da Jordânia. Ela continua a trabalhar e viver na Jordânia.

AtividadesEditar

Ela está envolvida no desenvolvimento da enfermagem na Jordânia, sendo fundadora do Fundo de Bolsas princesa Muna para Enfermagem. Em 1962, a princesa Muna fundou a Escola de Enfermagem Princesa Muna em Amã , sendo um local bastante reconhecido pela formação de enfermeiros que atuam no país e em todo o Oriente Médio.

Títulos e estilosEditar

  • 25 de abril de 1941 - 25 de maio de 1961: Senhorita Antoinette Gardiner Avril;
  • 25 de maio de 1961 - 21 de dezembro de 1972: Sua Alteza Real Princesa Muna, a Princesa Consorte da Jordânia;
  • 21 de dezembro de 1972 - 07 de fevereiro de 1999: Sua Alteza Real Princesa Muna al-Hussein da Jordânia.
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.