Abrir menu principal

Mundo Novo é um município brasileiro do estado da Bahia. Localiza-se a uma latitude 11º51'32" sul e a uma longitude 40º28'21" oeste, estando a uma altitude de 604 metros. Sua população estimada em 2017 é de 27.364 habitantes. Possui uma área de 1.491,993 km².

Município de Mundo Novo
Bandeira de Mundo Novo
Brasão de Mundo Novo
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 10 de outubro
Fundação 1896
Gentílico mundo-novense
Prefeito(a) José Adriano da Silva (PSB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Mundo Novo
Localização de Mundo Novo na Bahia
Mundo Novo está localizado em: Brasil
Mundo Novo
Localização de Mundo Novo no Brasil
11° 51' 32" S 40° 28' 19" O11° 51' 32" S 40° 28' 19" O
Unidade federativa Bahia
Mesorregião Centro Norte Baiano IBGE/2008 [1]
Microrregião Itaberaba IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Baixa Grande, Piritiba, Mairi, Ruy Barbosa, Macajuba, Tapiramutá e Utinga
Distância até a capital 292 km
Características geográficas
Área 1 491,993 km² [2]
População 27 364 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 18,34 hab./km²
Altitude 604 m
Clima Tropical semi-árido <Aw>
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,59 baixo PNUD/2010 [4]
PIB R$ 79 526,007 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 4 583,60 IBGE/2014[5]
Página oficial
Prefeitura http://mundonovo.ba.gov.br/

HistóricoEditar

O território do município, antes de desbravado, era grande sesmaria, há muitos anos abandonada e que fora objeto de arrematação em praça, pelo Visconde de Itapicuru, na Vila de Nossa Senhora do Rosário de Porto de Cachoeira. Esta sesmaria, com cerca de cinquenta léguas em quadro, situava-se entre Orobô, Monte Alegre e Itaberaba. É tradição corrente, quanto à primeira exploração no território municipal, que no ano de 1833, para fugir aos efeitos de grande seca, José Carlos da Mota, natural de Alagoinhas, neste Estado, acompanhado por Joaquim José de Assunção e José Barbosa Cabrinha, partiu daquela localidade em direção à zona de Morro de Chapéu, em busca de um lugar em que houvesse água abundante e condições favoráveis a implantação de atividade agrícola e pastoril. Esses bandeirantes penetraram os sertões ainda desconhecidos e chegaram a Monte Alegre; dali partiram em direção ao ponto desejado.

No curso da viagem, José Carlos da Mota, com sua pequena bandeira, estacionou no local hoje conhecido com o nome de Engenho, em 1833, impressionado com as matas e a farta vegetação nativa, com a qualidade do solo e os mananciais de água potável. Consta que o chefe da bandeira José Carlos da Mota, ao avistar as terras em que está situada a cidade e suas adjacências, do alto da Várzea Bonita, exclamou ″isto aqui é um Mundo Novo″. Foi, portanto, o pouso da bandeira de José Carlos a causa determinante da povoação do município.

O colonizador, sastisfeito com a riqueza da terra descoberta, teve a idéia de a povoar, conseguindo a vinda de novos colonos, que construíram residências e ali se instalaram. Formou-se assim o povoado.

Formação AdministrativaEditar

Distrito criado com a denominação de Nossa Senhora da Conceição de Mundo Novo, pela lei provincial nº 669, de 31-12-1857 e resolução provincial nº 1342, de 03-07-1873, subordinado ao município de Monte Alegre.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Nossa Senhora da Conceição de Mundo Novo, pelo ato de 01-03-1890, desmembrada do município de Monte Alegre. Sede na antiga povoação de Nossa Senhora da Conceição de Mundo Novo. Constituído do distrito sede. Instalada em 27-03-1890.

Elevado á condição de cidade com a denominação Mundo Novo, pela lei estadual nº 144, de 08-08-1896.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-IX-1920.

Pelo decreto estadual nº 7747, de 13-11-1931, é criado o distrito de França e anexado ao município de Mundo Novo.

Pelo decreto estadual nº 8269, de 05-01-1933, é criado o distrito de Indaí e anexado ao município de Mundo Novo.

Pelo decreto estadual nº 8283, de 28-01-1933, é criado o distrito de Largo anexado ao município de Mundo Novo.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 5 distritos: Mundo Novo, Bonito, França, Indaí e Largo.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 8 distritos: Mundo Novo, Alto Bonito, Bonito, Cinco Várzeas, Espera Dantas, França, Indaí e Largo.

Pelo decreto estadual nº 11089, de 30-11-1938, os distritos de Bonito, Cinco Várzeas e Espera Dantas passaram a chamar-se, respectivamente, Ibiaporã, Piritiba e Tapiramutá.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 8 distritos: Mundo Novo, Alto Bonito, França, Ibiaporã (ex-Bonito), Indaí, Largo, Piritiba (ex-Cinco Várzeas) e Tapiramutá (ex-Espera Dantas).

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950.

Pela lei estadual nº 503, de 28-11-1952, desmembra do município de Mundo Novo os distritos de Piritiba, França e Largo, para constituir o novo município de Piritiba.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 5 distritos: Mundo Novo, Alto Bonito, Ibiaporã, Indaí e Tapiramutá.

Pelo acórdão do Superior Tribunal Federal, de 26-10-1956 (representação nº 260), a criação do município de Piritiba, foi anulado, voltando a condição de simples distrito do município de Mundo Novo.

Pela lei estadual nº 1014, de 03-08-1958, desmembra do município de Mundo Novo os distritos de Piritiba, França e Largo, para constituir novamente o município de Piritiba.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 5 distritos: Mundo Novo, Alto Bonito, Ibiaporã, Indaí e Tapiramutá.

Pela lei estadual nº 1747, de 27-07-1962, desmembra do município de Mundo Novo o distrito de Tapiramutá. Elevado á categoria de município.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 4 distritos: Mundo Novo, Alto Bonito, Ibiaporã e Indaí.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Hino de Mundo NovoEditar

Letra: Dante de Lima Música: Alfredo Pinto Na cadência de tuas montanhas

No verde de tuas entranhas

Onde predomina o guiné

Sob o teu céu estrelado

Um descobridor afortunado

Depositou a sua fé

E no seio de teu prado

Implantou um Mundo Novo

Orgulho de um povo

Hospitaleiro e adorado

E hoje, tantos anos decorridos,

Continuamos urbanos e destemidos

E orgulhosos dos brios teus

Com o coração pulsando forte

Te amaremos até a morte

Assim apraz a Deus!

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 11 Set. 2017  Texto "infogr%E1ficos:-dados-gerais-do-munic%EDpio " ignorado (ajuda)
  3. «Censo Populacional 2017». Censo Populacional 2017. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 11 de setembro de 2017. Consultado em 11 de setembro de 2017  Texto "mundo-novo" ignorado (ajuda); Texto "infograficos:-informacoes-completas " ignorado (ajuda)
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 24 de agosto de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Fundada por José Carlos da Mota, segundo relatos da maioria da população.