Murex pecten

espécie de molusco

Murex pecten (nomeada, em inglês, Venus comb Murex; na tradução para o português, "Murex pente de Vênus")[2] é uma espécie de molusco gastrópode marinho do gênero Murex, pertencente à família Muricidae. Foi classificada por John Lightfoot em 1786.[1] É nativa do Indo-Pacífico e do Pacífico Ocidental.[3]

Como ler uma infocaixa de taxonomiaMurex pecten
Cinco vistas da concha de M. pecten, de espécime vindo das Filipinas.
Cinco vistas da concha de M. pecten, de espécime vindo das Filipinas.
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Mollusca
Classe: Gastropoda
Ordem: Caenogastropoda
clade Hypsogastropoda
clade Neogastropoda
Superfamília: Muricoidea
Família: Muricidae
Género: Murex
Linnaeus, 1758[1]
Espécie: M. pecten
Nome binomial
Murex pecten
Lightfoot, 1786[1]
Distribuição geográfica
A região do Indo-Pacífico e Pacífico Ocidental (no mapa) é o habitat da espécie M. pecten.
Sinónimos
Murex histrix Roding, 1798
Aranea gracilis Perry, 1810
Aranea triremis Perry, 1811
Haustellum nobile Schumacher, 1817
Murex tenuispina Lamarck, 1822
Murex duplicatus Mörch, 1852
(WoRMS)[1]

Descrição da conchaEditar

Concha de até 19 centímetros de comprimento, de coloração branca, ou amarelada, a salmão,[4] apresentando espiral moderadamente alta e canal sifonal fino e destacado; com relevo de estrias espirais profundas sobre sua superfície, cruzadas por espessamentos (varizes) onde se destacam cerca de dezesseis espinhos longos e um menor número de outros, mais curtos, intercalados; os maiores direcionados para a frente e ultrapassando o topo da espiral. Columela lisa e branca. Lábio externo circular e dotado de pequenas marcas castanhas.[5][6] Abertura dotada de opérculo córneo, de coloração castanha.[4]

Habitat, distribuição geográfica e usoEditar

Murex pecten ocorre em águas de profundidade rasa, podendo chegar a até mais de 300 metros, e áreas de fundo arenoso-lodoso do oceano Pacífico e Índico; no oeste da África (incluindo Madagáscar e ilhas Mascarenhas) até o leste da Melanésia; no norte até o Japão e no sul até a Austrália (Queensland) e Nova Caledónia. É coletada para alimentação e colecionismo.[7] Sendo uma das espécies favoritas dos colecionadores,[8] esta concha, por sua fragilidade, é dificilmente obtida em perfeitas condições, com seus espinhos inteiros.[9]

Ligações externasEditar

Referências

  1. a b c d «Murex pecten» (em inglês). World Register of Marine Species. 1 páginas. Consultado em 12 de maio de 2017 
  2. ABBOTT, R. Tucker; DANCE, S. Peter (1982). Compendium of Seashells. A color Guide to More than 4.200 of the World's Marine Shells (em inglês). New York: E. P. Dutton. p. 129. 412 páginas. ISBN 0-525-93269-0 
  3. LINDNER, Gert (1983). Moluscos y Caracoles de los Mares del Mundo (em espanhol). Barcelona, Espanha: Omega. p. 164. 256 páginas. ISBN 84-282-0308-3 
  4. a b «Murex (Murex) pecten pecten» (em inglês). Hardy's Internet Guide to Marine Gastropods. 1 páginas. Consultado em 12 de maio de 2017. Arquivado do original em 11 de agosto de 2021 
  5. OLIVER, A. P. H.; NICHOLLS, James (1975). The Country Life Guide to Shells of the World (em inglês). England: The Hamlyn Publishing Group. p. 156. 320 páginas. ISBN 0-600-34397-9 
  6. Shadowshador (28 de dezembro de 2014). «Venus comb murex (Murex pecten (em inglês). Flickr. 1 páginas. Consultado em 12 de junho de 2017 
  7. «Murex pecten Lightfoot, 1786» (em inglês). SeaLifeBase. 1 páginas. Consultado em 12 de maio de 2017 
  8. WYE, Kenneth R. (1989). The Mitchell Beazley Pocket Guide to Shells of the World (em inglês). London: Mitchell Beazley Publishers. p. 22. 192 páginas. ISBN 0-85533-738-9 
  9. SILVA, José António; MONTALVERNE, Gil (1980). Iniciação à Colecção de Conchas. Colecção Habitat. Lisboa, Portugal / Livraria Martins Fontes, Brasil: Editorial Presença. p. 64. 110 páginas 
  Este artigo sobre gastrópodes, integrado no Projeto Invertebrados é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.