Abrir menu principal
Museu do Quai Branly
Tipo museu de arte, museu nacional
Inauguração 2006 (13 anos)
Visitantes 952 000, 1 188 114
Website oficial
Geografia
Coordenadas 48° 51' 39" N 2° 17' 51" E
Localidade 7.º arrondissement de Paris
Localização 7.º arrondissement de Paris
País França

O museu do quai Branly (em francês, musée du quai Branly) ou Museu das Artes e Civilizações da África, Ásia, Oceania e Américas, está situado no quai Branly, 7° arrondissement de Paris.

Projeto ambicioso executado por Jacques Chirac e realizado por Jean Nouvel, foi inaugurado em 20 de junho de 2006.

O museu tem uma área de 40.600 e conta com um acervo de 300.000 obras, das quais 3500 em exposição. Até fevereiro de 2009, o museu havia recebido mais de 4.000.000 visitantes.

Museu do quai Branly visto do primeiro andar da Torre Eiffel.

O acervo do museu constituiu-se a partir de antigas coleções de etnologia do Museu do Homem e do Museu Nacional de Artes da África e da Oceania. As obras são divididas em grandes zonas continentais (África, Ásia, Oceania e Américas). Além da exposição permanente, o museu promove dez exposições temporárias por ano.

A biblioteca possui importante documentação etnográfica, contando com os arquivos de Georges Condominas, Jacques Kerchache e outros.

Desde 2005, o museu publica a revista de antropologia e museologia Gradhiva, fundada por Michel Leiris e Jean Jamin em 1986, dedicada à pesquisa contemporânea em etnologia, história da antropologia, aos arquivos de grandes etnólogos, às estéticas não ocidentais e, atualmente, também às coleções do próprio museu.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um museu é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.