Abrir menu principal

Museu de Alberto Sampaio

museu em Guimarães, Portugal
Museu de Alberto Sampaio
Fachada Principal
Tipo Museu de arte
Inauguração 1928[1]
Diretor Isabel Maria Fernandes
Website Site oficial
Geografia
Localidade Rua Alfredo Guimarães,
Oliveira do Castelo (União das Freguesias de Oliveira, São Paio e São Sebastião),
Guimarães[1]

O Museu de Alberto Sampaio é um museu português, dependente do Instituto dos Museus e da Conservação. Encontra-se instalado nos edifícios anexos à Igreja de Nossa Senhora da Oliveira, formando o conjunto da antiga Colegiada de Guimarães,[2] classificado como Monumento Nacional desde 1910[3] e Património Mundial da Humanidade desde 2001.[4] Está localizado na antiga freguesia de Oliveira do Castelo, atualmente inserida na União das Freguesias de Oliveira, São Paio e São Sebastião, na cidade e concelho de Guimarães, distrito de Braga.[3]

O EdifícioEditar

 
Claustro do museu

O museu ocupa várias construções anexas à Igreja de Nossa Senhora da Oliveira, que antigamente serviam a colegiada. São elas a antiga casa do cabido de finais do século XVIII, o claustro e a sala do capítulo, ambos do século XIII, a capela funerária de São Brás de 1419 e a casa do priorado do século XV.[2]

 
Fachada da extensão do museu

O claustro, com os seus arcos de volta perfeita apoiados em capitéis vegetalistas e o portal da sala do capítulo, ambos fortemente influenciados pela arte moçárabe[3] são as construções de maior interesse arquitetónico e também as mais icónicas da instituição.[2]

Em 2012, no âmbito da Capital Europeia da Cultura, celebrada em Guimarães foi reabilitado o antigo posto de saúde da Praça de Santiago como extensão do museu.[5] O novo espaço foi inaugurado no dia 26 de junho de 2014.[6]

HistóriaEditar

Foi criado em 1928,[2] devido à necessidade de expor os bens das instituições religiosas extintas da região e em especial os bens da antiga colegiada de Guimarães.[2] Abriu ao público em 1931.[2]

O patrono da instituição é Alberto Sampaio,[2] ilustre historiador vimaranense do século XIX.

ColeçõesEditar

O acervo do museu é constituido principalmente por arte sacra, nas áreas da ourivesaria, pintura, escultura, têxteis e cerâmica. Inclui mais de 2000 objetos inventariados, com importantes peças do dos séculos XIV, XV, e XVI.[7] Doze deles estão classificados como bens de interesse nacional pelo Ministério da Cultura.[8]

Coleções do Museu de Alberto Sampaio
Pentecostes, autor desconhecido, 1540 - 1550
Jessé, João Garcia de Toledo, 1387 - 1393
Tríptico da Natividade, oficina de Avinhão, 1376 - 1425
Loudel de D. João I, usado na Batalha de Aljubarrota, 1375

Ver tambémEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Museu de Alberto Sampaio

Referências

  1. a b «Museu de Alberto Sampaio». Consultado em 28 de fevereiro de 2014 [ligação inativa]
  2. a b c d e f g «Museu de Alberto Sampaio». Consultado em 28 de fevereiro de 2014 
  3. a b c SIPA. «Igreja e Colegiada de Guimarães / Igreja de Nossa Senhora da Oliveira / Museu Alberto Sampaio». Consultado em 28 de fevereiro de 2014 
  4. IGESPAR. «Património Mundial em Portugal». Consultado em 28 de fevereiro de 2014 
  5. Silva, Samuel (fevereiro de 2014). «Extensão do Museu de Alberto Sampaio em Guimarães abre em Julho». Público. Consultado em 28 de fevereiro de 2014 
  6. «Edifício que acolhe extensão do Museu Alberto Sampaio inaugurado sábado». Guimarães TV. Julho de 2014. Consultado em 25 de julho de 2014 
  7. «MatrizNet». Consultado em 1 de março de 2014 
  8. Ministério da Cultura (18 de julho de 2006). «Decreto n.º 19/2006». Consultado em 1 de março de 2014 [ligação inativa]

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.