Museu do Neo-Realismo

Museu em Vila Franca de Xira, Portugal

O Museu do Neo-Realismo[nota 1] é um museu português situado em Vila Franca de Xira e foi fundado em 1990, a partir da actividade do seu Centro de Documentação.

Museu do Neo-Realismo
Inauguração 1990 (31 anos)
Visitantes 2.000 (mensal)[1]
Diretor Raquel Henriques da Silva (2018 - presente)
Website www.museudoneorealismo.pt
Geografia
País Portugal Portugal
Cidade Vila Franca de Xira
Localidade Rua Alves Redol n.º 45

Possui um vasto conjunto de colecções, com destaque para os mais de trinta espólios doados, entre literários (de Alves Redol a Orlando da Costa), artísticos (de José Dias Coelho a Rui Filipe) e editoriais (da revista Vértice à Cosmos), arquivos documentais, acervos iconográficos e espólios (como folhetos e programas da Associação Feminista Portuguesa para a Paz).

Procura diversificar a sua riqueza patrimonial e museológica, obras de arte, bibliotecas particulares e uma biblioteca especializada.

No dia 20 de outubro de 2007, o Município de Vila Franca de Xira inaugurou o novo edifício do Museu do Neo-Realismo, projectado pelo arquiteto Alcino Soutinho, apresentando um conjunto bastante significativo de novas valências, nomeadamente amplos espaços para exposições temporárias de longa e curta duração (mais 1000m2), uma biblioteca temática e sala de audio-visuais, um auditório para cerca de 100 pessoas, uma cafetaria e uma livraria.

Novas exposições e uma série de actividades de divulgação e debate sobre a memória crítica do movimento neo-realista fazem parte dos objectivos programáticos desta nova fase do Museu do Neo-Realismo.

Autores presentesEditar

ColecçõesEditar

Espólios literáriosEditar

Espólios artísticosEditar

Referências

Notas

  1. Segundo o Acordo Ortográfico vigente, a grafia correta deste nome deveria ser Museu do Neorrealismo

Ligações externasEditar

  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.