Mutational meltdown

O termo mutational meltdown (fusão de mutação) refere-se ao processo com o qual uma pequena população acumula mutações prejudiciais à saúde provocando o declínio da população, que pode conduzir a uma maior acumulação de mutações nocivas, fenómeno denominado de depressão endogâmica. Uma população que se encontra nestas circunstâncias está condicionada a uma espiral descendente e extinguir-se-á se tal fenómeno se prolongar por muito tempo. Normalmente as mutações deletérias são simplesmente subtraídas pela seleção, mas durante este processo o número de indivíduos que sofre de morte prematura é tão significativo em proporção com total da população que a taxa de mortalidade excede a da natalidade.

BibliografiaEditar

  • W. Gabriel, M. Lynch, and R. Burger (1993). Muller's Ratchet and mutational meltdowns. Evolution 47:1744-1757.
  • M. Lynch, R. Burger, D. Butcher, and W. Gabriel (1993). The mutational meltdown in asexual populations. J. Hered. 84:339-344.
  • M. Lynch and W. Gabriel (1990). Mutation load and the survival of small populations. Evolution 44:1725-1737.
  • M. Lynch, J. Conery, and R. Burger (1995) Mutational meltdowns in sexual populations. Evolution 49:1067-1080.