Abrir menu principal
Mutsu
Mutsu33903u.tif
Carreira Japão
Operador Marinha Imperial Japonesa
Fabricante Arsenal Naval de Yokosuka, Yokosuka
Homônimo Província de Mutsu
Batimento de quilha 1 de junho de 1918
Lançamento 31 de maio de 1920
Comissionamento 24 de outubro de 1921
Fatalidade Explodiu em 8 de junho de 1943
Estado Naufragado
Características gerais
Tipo de navio Couraçado
Classe Nagato
Deslocamento 32 720 t (padrão, 1921)
39 050 t (padrão, 1943)
Maquinário 21 caldeiras e 4 turbinas (1921)
10 caldeira (1943)
Comprimento 215,8 m (1921)
224,94 m (1943)
Boca 28.96 m (1921)
34,6 m (1943)
Calado 9 m (1921)
9,46 m (1943)
Propulsão 4 hélices
Velocidade 26,5 nós (49,1 km/h) (1921)
25,28 nós (46,82 km/h) (1943)
Autonomia 1921:
5 500 milhas náuticas à 16 nós
(10 200 km à 30 km/h)


1943:
8 650 milhas náuticas à 16 nós
(16 020 km à 30 km/h)
Blindagem 1921:
Cinturão: 100 a 305 mm
Convés: 69 a 75 mm
Torres de artilharia: 190 a 356 mm
Barbetas: 305 mm
Torre de comando: 369 mm


1943:
Cinturão: 100 a 305 mm
Convés:38 a 100 mm
Torres de artilharia: 190 a 508 mm
Barbetas: 510mm
Armamento 1921:
8 canhões de 410 mm
20 canhões de 140 mm
4 armas antiaéreas de 76 mm
8 tubos de torpedo de 533 mm


1943:
8 canhões de 410 mm
18 canhões de 140 mm
8 armas antiaéreas de 127 mm
20 armas antiaéreas de 25 mm
Aeronaves 3 hidroaviões (1943)
Tripulação 1333 (1921)
1475 (1943)

O Mutsu (陸奥?) foi um navio couraçado operado pela Marinha Imperial Japonesa e construído pelos estaleiros do Arsenal Naval de Yokosuka, a segunda e última embarcação da Classe Nagato. Nomeado em homenagem à Província de Mutsu, sua construção começou em junho de 1918 e foi comissionado na frota em outubro de 1921. Ele foi utilizado para carregar suprimentos em setembro de 1923 para os sobreviventes do Grande Terremoto de Kantō. O Mutsu foi modernizado entre 1934 e 1936 com melhoramentos em sua blindagem, armamento e maquinário, tendo sua superestrutura reconstruída no estilo mastro pagode.

O Mutsu esteve presente na Batalha de Midway e na Batalha das Ilhas Salomão em 1942, porém não participou ativamente, passando a maior parte do primeiro ano da Guerra do Pacífico realizando exercícios de treinamento. O navio retornou para o Japão no começo de 1943. Um de seus depósitos de munição explodiu em junho enquanto a embarcação estava ancorada em um porto, causando seu naufrágio e a morte de 1121 pessoas. A Marinha Imperial conduziu uma investigação superficial sobre e concluiu que um tripulante descontente tinha sido o responsável. Os sobreviventes foram dispersados em uma tentativa de ocultar o naufrágio pelo bem da moral japonesa. Boa parte dos destroços foram recuperados após a guerra e muitos artefatos estão atualmente em exposição no Japão.

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mutsu (couraçado)
  Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.