Abrir menu principal

"N'avoue jamais" ("Nunca admita") foi a canção que representou a França no Festival Eurovisão da Canção 1965 que teve lugar em Nápoles em 20 de março desse ano.

França "N'avoue jamais"
Festival Eurovisão da Canção 1965
País
Artista(s)
Língua
Francês
Compositor(es)
Françoise Dorin
Letrista(s)
Performance das finais
Resultado da semifinal
------
Pontos da semifinal
------
Resultado da final
3.º
Pontos da final
22
◄ "Le chant de Mallory" (1964)   
"Chez nous" (1966) ►

A referida canção foi interpretada em francês por Guy Mardel. Foi a décima-primeira canção a ser interpretada na noite do evento, a seguir à canção sueca "Absent Friend, interpretada por Ingvar Wixell e antes da canção portuguesa "Sol de Inverno, cantada por Simone de Oliveira. Terminou a competição em terceiro lugar (entre 18 concorrentes), tendo recebido um total de 22 pontos. No ano seguinte, a França, em Festival Eurovisão da Canção 1966 fez-se representar com a canção "Chez nous", interpretada por Dominique Walter.

Índice

AutoresEditar

AUTORES
Letrista: Guy Mardel
Compositor: Françoise Dorin
Orquestrador: Franck Pourcel

LetraEditar

A canção é cantada como aviso às jovens mulheres, com Mardel aconselhando-as a nunca admitirem os seus sentimentos aos seus amantes. Ele entende que "você tem de gerar dúvida para colher amor" - por outras palavras, a mulher poderá receber amor se não mostrar abertamente que ama.

Outras VersõesEditar

Outras versões
* "Jamás, jamás" (castelhano)
* "Non dire mai" (italiano)

Fontes e Ligações externasEditar