Abrir menu principal

Nélia Paula

Nélia Paula (Niterói, 26 de outubro de 1930 - Rio de Janeiro, 8 de setembro de 2002)
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2009). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Nélia Paula
Nome completo Nélia Faria
Nascimento 26 de outubro de 1930
Buenos Aires, Argentina
Nacionalidade argentina
brasileira
Morte 8 de setembro de 2002 (71 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Brasil
Ocupação
Atividade 1947—2002

Nélia Faria (Buenos Aires,[1] 26 de outubro de 1930Rio de Janeiro, 8 de setembro de 2002), mais conhecida como Nélia Paula, foi uma atriz, modelo e vedete nascida na Argentina radicada no Brasil.

BiografiaEditar

O nome verdadeiro de Nélia Paula é Nélia Faria. Ela nasceu na Argentina, no ano de 1930, mas ainda era bem pequenina, quando mudou-se com a família para a cidade de Niterói, no Rio de Janeiro.[2]

Nélia Paula viveu por 50 anos sozinha, num apartamento no bairro de Copacabana, no Rio. Mas depois, sentiu-se insegura e queixava-se de que não tinha trabalho e foi morar no Retiro dos Artistas, em Jacarepaguá, onde morou por quase oito anos.[2]

Nélia Paula foi vítima de ataque cardíaco fulminante, em 08 de setembro de 2002, no Retiro dos Artistas. Estava com 71 anos.[3]

CarreiraEditar

Começou sua vida artística como modelo. Atuou em teatro e em televisão. No teatro atuou principalmente no teatro de revista, o teatro rebolado.

No teatro rebolado fez muito sucesso, pois era dona de belas pernas. Trabalhou nas companhias de Carlos Machado, de Walter Pinto e fez dupla com Renata Fronzi, em muitos espetáculos. Trabalhou também no Teatro Jardel, em Copacabana.[2]

Depois Nélia Paula passou para a televisão. Esteve na Rede Globo por vários anos. Fez novelas e programas humorísticos. Como humorísticos, salientou-se no “Chico City” e na Escolinha do Professor Raimundo.[2][4] Nas novelas, fez: Partido Alto, Guerra dos Sexos, e Roque Santeiro, na Globo. Esse foi seu maior momento, na televisão. Mas esteve também na TV Manchete, onde participou da novela: Carmem.[2]

Em teatro fez as peças: “Gaiola das Loucas”, “Mandrágora” e “ Alô Dolly”, com Bibi Ferreira.[2]

Telenovelas e minissériesEditar

Referências

  1. «Nasceram em outros países» (html). Almanaque Folha. Consultado em 16 de agosto de 2016 
  2. a b c d e f «NÉLIA PAULA». Pró-TV. Consultado em 16 de agosto de 2016 
  3. «Morre a atriz Nélia Paula, de 72 anos». IG. Consultado em 16 de agosto de 2016 
  4. «Nélia Paula». FilmesNoCinema.com.br. Consultado em 16 de agosto de 2016 
  5. «Dramaturgia > Novelas > Selva de Pedra (2a versão)» (html). Memória Globo. Consultado em 16 de agosto de 2016 

Ligações externasEditar