Nívea Maria
Nívea no lançamento da novela América em 2005.
Nome completo Nívea Maria Cândido Graieb
Outros nomes Nívea
Nascimento 7 de março de 1947 (72 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileira
Parentesco Glauce Graieb (irmã)
Cônjuge Renato Master (c. 1965–67)
Edson França (c. 1968–75)
Herval Rossano (c. 1976–2003)
Ocupação
Período de atividade 1964–presente
Prêmios
Página oficial
http://www.niveamaria.com.br/

Nívea Maria Cândido Graieb (São Paulo, 7 de março de 1947) é uma atriz brasileira, irmã da também atriz Glauce Graieb.

BiografiaEditar

Já trabalhava como modelo quando foi descoberta pelo diretor de televisão Walter Avancini e ganhou, aos 17 anos, seu primeiro papel em uma telenovela, em A Outra Face de Anita, levada ao ar pela extinta TV Excelsior, de São Paulo, em 1964.[1]

Nos mais de quarenta anos seguintes foi presença ininterrupta na televisão.[2] Participou de inúmeras telenovelas de sucesso, com personagens importantes, como Gabriela, A Moreninha (1975), Dona Xepa (1977), Maria, Maria (1978), Coração Alado (1980), a minissérie Anos Dourados (1986), Brega & Chique (1987), Meu Bem, Meu Mal (1990), Pedra sobre Pedra (1992), O Clone (2001),[3] a minissérie A Casa das Sete Mulheres, Celebridade (2003), O Profeta (2006), Desejo Proibido (2007) e Caminho das Índias (2009).

Em 2006 participou do reality show Dança dos Famosos, no programa Domingão do Faustão, da Rede Globo.

Em 2011, fez uma participação especial na novela de Gilberto Braga, Insensato Coração (2011).[4] No mesmo ano, esteve no elenco da telenovela Aquele Beijo, interpretando Regina Collaboro.[5][6]

Entre 2012 e 2013, esteve na novela Salve Jorge interpretando Isaurinha, a matriarca da família Alcântara Vieira.[7] No final de 2013, foi escalada para a série Doctor Pri, de Aguinaldo Silva[8]; porém a série foi adiada por tempo indeterminado. Interpretou a rígida e severa Governanta Zilda na nova novela das seis Além do Tempo de Elizabeth Jhin, sendo uma das principais personagens da trama. Em 2016, entra em Sol Nascente, substituindo Laura Cardoso, que saiu da trama devido a uma infecção urinária.

Vida pessoalEditar

É irmã mais nova da também atriz Glauce Graieb.

Nívea admitiu em entrevistas ter sido uma jovem rebelde, tanto que aos 18 anos saiu de casa contra a vontade dos pais e casou-se com o seu primeiro namorado, o ator Renato Master. Moraram juntos por dois anos, mas brigavam muito por causa de ciúmes. Após a separação, ficou morando sozinha, até que conheceu o também ator Edson França. Após poucos meses juntos e já grávida, casaram-se e tiveram dois filhos: Édson Graieb França, nascido em 1968 e Viviane Graieb França, nascida em 1975. O casal divorciou-se nesse mesmo ano, logo após o nascimento de sua filha, após sete anos de casados, por não estarem se entendendo mais.[9]

Após poucos meses, conheceu o diretor do núcleo de teledramaturgia da Rede Globo, Herval Rossano. Se casaram em 1976. Em 1980 nasceu a filha do casal, Vanessa Graieb Abreu. Se divorciaram em 2003, pois ele tinha sofrido problemas de saúde e queria ficar sozinho. Nivea entrou em depressão por não entender o motivo da separação, já que estavam juntos há décadas e o casamento ia bem, mas entendeu seus problemas pessoais e conseguiu ficar bem. O motivo real da separação ela soube depois: Foi o envolvimento de seu ex-marido com a atriz Mayara Magri, enquanto ainda era casado. Ambos casaram-se ficaram juntos até o seu falecimento. Após o divórcio, a atriz optou em permanecer solteira e dedicada integralmente a sua carreira artística.[10]

Possui dois netos: João Luiz, nascido em 8 de agosto de 2006, filho de Viviane e João Pedro, nascido em 2008. O menino é filho de Vanessa com o músico Guilherme Tettamanti, com quem sua filha morava junto desde 2000, e se casaram na igreja e no civil em 2007. Vanessa é psicóloga.[11]

Seu filho Édson não casou e nem foi pai, por opção, e mora com Nívea até hoje.[10]

A atriz vem apresentando mudanças na voz, que se tornou rouca e fina, o que chegou a gerar algumas especulações, mas que, segundo ela, é apenas uma laringite que a acompanha há alguns anos devido ao esforço vocal, mas que sempre está sendo tratada.[12][13]

FilmografiaEditar

TelevisãoEditar

Ano Título Papel
1964 A Outra Face de Anita Patrícia
Melodia Fatal Miriam
A Moça que Veio de Longe
1965 A Indomável Branca
O Preço de uma Vida Tula de Linhares
1969 Sangue do Meu Sangue Cíntia
A Cabana do Pai Tomás Elisa
1972 Uma Rosa com Amor Terezinha Petrone
O Primeiro Amor Helena
1973 O Semideus Sônia (Soninha)
Noites Brancas
1974 Caso Especial (ep. "Enquanto a Cegonha Não Vem")
Corrida do Ouro Wânia
1975 Gabriela Jerusa Bastos
A Moreninha Carolina
1976 O Feijão e o Sonho Maria Rosa
Duas Vidas Hebe
1977 Dona Xepa Rosália Soares da Costa
1978 Maria, Maria Maria Helena Alves / Maria Dusá
1980 Olhai os Lírios do Campo Olívia Miranda
Coração Alado Roberta Karany
1981 Terras do Sem-Fim Donana Magalhães
1983 Jogo da Vida Vanessa
1984 Livre para Voar Beatriz (Bia)
Padre Cícero Adélia
1986 Anos Dourados Beatriz Campos Dornelles
Caso Verdade
Mania de Querer Vanessa
1987 Brega & Chique Zilda
1988 Vida Nova Gema
1989 República D. Margarida Gusmão
1990 Gente Fina Joana Azevedo Paiva
Meu Bem, Meu Mal Berenice Marques Castro
1992 Pedra sobre Pedra Ximena Vilares
1993 Sonho Meu Elisa Vieira
1994 Você Decide Madá (ep. "Corações Partidos")
Tropicaliente Soledad
1995 Malhação Antônia
Explode Coração Alícia Lemos
1996 Você Decide (ep. "O Filho da Mãe")
A Vida Como Ela é... (ep. "Enciumada")
(ep. "Futura Sogra")
Você Decide (ep. "Sangue no Araguaia")
(ep. "Começar de Novo")
1997 A Justiceira Augusta
1998 Você Decide (ep. "Desencontro")
Mulher
A Comédia da Vida Privada Diana
Você Decide Lara (ep. "O Escândalo")
1999 Suave Veneno Emiliana Loureiro de Barros (Naná)
Vila Madalena Adélia
2000 Terra Nostra Gorgo Guitérrez
2001 O Clone Edna Albieri
2003 A Casa das Sete Mulheres D. Maria Gonçalves da Silva Ferreira
Brava Gente Ela mesma
Os Normais Ela mesma
Celebridade Corina Mello Diniz
2005 América Maria José Higino da Silva (Mazé)
2006 Dança dos Famosos 3 Ela mesma
O Profeta Maria Luíza Ribeiro de Souza (Lia)
2007 Desejo Proibido Magnólia Cardoso Palhares
2009 Caminho das Índias Kochi Meetha
2010 A Cura Margarida Bevilláqua
O Relógio da Aventura Inês
2011 Insensato Coração Carmem Pereira
Aquele Beijo Regina Collaboro
2012 Salve Jorge Isaura Alcântara Vieira (Isaurinha)
2015 Além do Tempo Zilda Marques
Zilda Ventura Santárem[14]
2016 Sol Nascente Mirtes Calderon Texeira (Mocinha)
2017 Segredos de Justiça Ana Amélia (ep. "Safadinha 22")
Tempo de Amar Henriqueta Ramos
2019 A Dona do Pedaço Evelina Ramirez[15]

CinemaEditar

Ano Título Papel
2017 Dona Flor e Seus Dois Maridos Dona Rozilda

TeatroEditar

  • 1987 - Um Piano à Luz da Lua, de Paulo César Coutinho

Direção: Cecil Thiré

  • 1989 - Na Sauna, de Nell Dunn, adaptação de Flávio Marinho

Direção: Bibi Ferreira

  • 1996 - As Lobas, de Griselda Gambaro, tradução e

adaptação de Marilu Saldanha Direção: Antonio Pedro

Direção: Miguel Falabella

  • 1999 - A Volta por Cima – de Edson O. Werneck, inspirada em Rosa de dos Aromas, de Emilio Carballido

Direção: Herval Rossano

  • 2014 - A Última Sessão[16]

Direção: Odilon Wagner

Prêmios e IndicaçõesEditar

Ano Premiação Categoria Nomeação Resultado
1965 Troféu Imprensa Melhor Revelação Feminina
Melodia Fatal
Indicada
2003 Prêmio Arte Qualidade Brasil - SP Melhor Atriz de Televisão
A Casa das Sete Mulheres
Indicada
Prêmio Arte Qualidade Brasil - RJ Melhor Atriz de Televisão Venceu
2004 Troféu APCA Melhor Atriz Venceu
Prêmio Contigo! de TV Melhor Atriz Coadjuvante Indicada
Troféu Super Cap de Ouro Melhor Atriz
Celebridade
Venceu
2005 Prêmio Arte Qualidade Brasil - SP Melhor Atriz Coadjuvante
América
Indicada
Prêmio Arte Qualidade Brasil - RJ Melhor Atriz Coadjuvante Indicada
2015 Prêmio Melhores e Piores - TV Press Melhor Atriz Coadjuvante
Além do Tempo
Venceu
2018 Festival Internacional de Cinema de Lapa Troféu Tropeiro
Homenagem
Venceu

Referências

  1. «Entrevista com a atriz Nívea Maria». ISTOÉ Gente. Consultado em 15 de setembro de 2011 
  2. «REPLAY Nívea Maria relembrou momentos marcantes da sua carreira». EGO. Consultado em 15 de setembro de 2011 
  3. «O Clone - Galeria de Personagens». Globo.com. Consultado em 29 de dezembro de 2011 
  4. «Nívea Maria faz chover dinheiro durante gravação em "Insensato Coração"». UOL. 6 de abril de 2011. Consultado em 15 de setembro de 2011 
  5. «Elenco de Aquele Beijo mistura novos talentos e nomes consagrados». Redação Rede Globo. 4 de outubro de 2011. Consultado em 10 de outubro de 2011 
  6. TV Press (15 de setembro de 2011). «Nívea Maria já está envolvida com nova personagem». Correio de Uberlândia. Consultado em 2 de setembro de 2011 
  7. Moreira, Ana Paula (29 de março de 2012). «Nívea Maria é escalada para Salve Jorge». O Fuxico Terra. Consultado em 4 de janeiro de 2013 
  8. Kogut, Patrícia (14 de novembro de 2013). «Nívea Maria fará o seriado 'Doctor Pri', de Aguinaldo Silva». O Globo. Consultado em 28 de abril de 2014 
  9. Costa, Carlos Lima (18 de março de 2008). «Nívea Maria vive sua paz». Caras. Consultado em 28 de abril de 2014 
  10. a b Caras Online (27 de abril de 2010). «Nívea Maria se renova no contato com a família». Caras. Consultado em 28 de abril de 2014 
  11. Castro, Natália (18 de julho de 2007). «Nívea Maria cai em lágrimas ao casar a filha Vanessa». Caras. Consultado em 28 de abril de 2014 
  12. Redação NaTelinha (4 de dezembro de 2011). «No ar em "Aquele Beijo", Nívea Maria enfrenta problema na laringe». NaTelinha. Consultado em 28 de abril de 2014. Arquivado do original em 7 de janeiro de 2012 
  13. «Voz de Nívea Maria muda e provoca preocupação». Fofoki. 9 de abril de 2011. Consultado em 28 de abril de 2014 
  14. Gshow (23 de maio de 2015). «Nívea Maria será Zilda, a leal governanta de Vitória, personagem de Irene Ravache, em "Além do Tempo"». Foi Dada a Largada. Consultado em 26 de maio de 2015 
  15. Patrícia Kogut (26 de outubro de 2018). «Nivea Maria será mãe de Juliana Paes na novela de Walcyr Carrasco». O Globo. Consultado em 26 de outubro de 2018 
  16. LAURA CARDOSO E NÍVEA MARIA INTEGRAM PEÇA COM ELENCO DE VETERANOS Consultado em 28 de janeiro de 2019

Ligações externasEditar

Precedida por:
Eliane Giardini
por O Clone
Troféu APCA de Melhor Atriz de Televisão
por A Casa das Sete Mulheres

2004
Sucedida por:
Renata Sorrah
por Senhora do Destino