Abrir menu principal
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde agosto de 2010)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.

O Núcleo Rural Vargem Bonita é uma comunidade da região administrativa do Park Way, no Distrito Federal. A comunidade é dividida em chácaras de produção agrícola e lotes residenciais.

Possui um pequeno posto de saúde, uma escola pública, poucos lugares para lazer e o comércio é praticamente inexistente.

Tem importante atuação na agricultura/abastecimento de alimentos para o Distrito Federal.

AgriculturaEditar

A comunidade faz parte do cinturão verde criado por agricultores nipo-brasileiros, denominado de Cinturão Verde de Brasília, esse cinturão foi criado com o objetivo de suprir as necessidades da população do Distrito Federal, pois em 1957, quando a futura capital do Brasil estava sendo construída, o solo da região era muito ácido, o que apresentava uma dificuldade extra para a produção de alimentos, que até então eram trazidos de outras regiões.[1] Foi então que o presidente Juscelino Kubitschek teve a ideia de "importar" famílias japonesas para a região, foi então que o diretor da Novacap, Israel Pinheiro, convidou as primeira famílias para a região. De acordo com a Federação das Associações Nipo-Brasileiras do Centro-Oeste, as principais colônias estão no Riacho Fundo, Incra e Vargem Bonita. Mas há também agricultores nikkeis nas áreas rurais de Taguatinga e Planaltina.[2] Sendo que só a região de Vargem Bonita é responsável por 40% do abastecimento do mercado do Distrito Federal e das 67 chácaras do local, 43 ainda pertencem aos colonos japoneses e seus descendentes.[1] Além do hortifruti, oferece a legítima culinária japonesa e também atividades culturais do Japão como o grupo de dança e percussão Ryukyu Koku Matsuri Daiko. Duas atividades que já faz parte do calendário da região é a festa japonina no mês de julho e o festival gastronômico em outubro. A produção anual de hortifruti é de 12 mil toneladas.[3]

Referências

  1. a b «Curiosidades - Imigração Japonesa - Governo do Estado de São Paulo». saopaulo.sp.gov.br. Consultado em 17 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 21 de abril de 2012 
  2. «Centenário da imigração japonesa - NOTÍCIAS - Brasília 'importou' japoneses para impulsionar agricultura». g1.globo.com. Consultado em 17 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 1 de maio de 2008 
  3. Administração Regional do Park Way. «Administração Regional do Park Way». Administração Regional do Park Way. Consultado em 29 de janeiro de 2016 
  Este artigo sobre geografia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.