NIO 333 Racing

(Redirecionado de NIO Formula E Team)

A NIO 333 Racing[1] foi uma equipe chinesa de automobilismo que atualmente compete no Campeonato de Fórmula E da FIA, uma categoria de corridas para monopostos elétricos.

NIO 333 Racing
NIO 333 Racing
Informações gerais
Base Oxford, Oxfordshire, Reino Unido (até 2022)
Silverstone, Northamptonshire, Reino Unido (a partir de 2022)
Pessoal notável Martin Leach
Gerry Hughes
Adrián Campos
Christian Silk
Vincent Wang
Alex Hui
Russell O'Hagan
Steven Lu
Yu Liu
Categoria(s) Fórmula E
Nome anterior ERT Formula E Team
Pilotos
Motor NextEV TCR, NextEV, NextEV NIO e NIO 333
Chassis Spark SRT01-e, Spark SRT05e e Spark Gen3
Pneu Michelin e Hankook
Fórmula E
Estreia EPrix de Pequim de 2014
Corridas concluídas 116
Campeã de equipes 0
Campeã de pilotos 1 (2014–15)
Vitórias 2
Pódios 6
Pontos 352
Pole Positions 2
Volta mais rápida 3
Última corrida ePrix de Londres de 2023
Posição no último campeonato (2022–23) 9° lugar (42 pontos)

A equipe, anteriormente conhecida como China Racing Formula E Team, NEXTEV TCR Formula E Team, NextEV NIO Formula E Team, NIO Formula E Team e NIO 333 FE Team,[2] foi fundada como equipe de Fórmula E em 2014[3] e era sediada em Pequim. A equipe participou no Campeonato de Fórmula E da FIA desde a sua temporada inaugural, em 2014, e venceu o campeonato de pilotos na primeira temporada de Fórmula E com o piloto brasileiro Nelson Piquet Jr..[4] Em outubro de 2023, a equipe foi rebatizada para ERT Formula E Team.[5]

História

editar

A origem da equipe remonta a criação da A1 Team China, que foi fundada em 2004 na cidade de Pequim por Liu Yu com a autorização do Ministro do Esporte da República Popular da China, para participar da A1 Grand Prix. Werner Gillis e Liu Yu eram os chefes da equipe na época. Posteriormente, a equipe também competiu na Superleague Fórmula e no Campeonato Mundial de GT1 da FIA. A equipe apoiou pilotos chineses como Ma Qing Hua, Cheng Cong Fu e Ho-Pin Tung, e também organizou corridas em Pequim, Xangai, Chengdu, Zhuhai e Ordos. As missões de corrida foram realizadas por várias equipes, como a Team Astromega ou a Selleslagh Racing Team.[3]

 
Os dois carros da China Racing no ePrix de Punta del Este de 2014.

Em 27 de fevereiro de 2013, a China Racing Formula E Team foi apresentada como a segunda equipe do recém-fundado Campeonato de Fórmula E da FIA (atrás apenas do projeto da Drayson Racing, que posteriormente foi transformada na Trulli Formula E Team) a anunciar seu envolvimento na Fórmula E, em março de 2013.[6][7] Contratando os pilotos Nelson Piquet Jr. e Ho-Pin Tung para disputar a temporada inaugural da nova categoria.[8] Enquanto Piquet disputou a temporada inteira, Tung foi substituído por Antonio García, depois por Charles Pic e Oliver Turvey. Em 2015, durante a temporada, o nome e a marca "China Racing" foram extintos. Para o ePrix de Long Beach, a equipe introduziu mudanças radicais em sua pintura, removendo o vermelho e o amarelo que haviam sido anteriormente associados à equipe e substituindo-os pela marca NEXTEV.[9] A mudança foi finalizada na rodada seguinte em Mônaco, onde a equipe inscreveu-se como NEXTEV TCR Formula E Team em vez de China Racing.[10]

Piquet conquistou o título do Campeonato de Piloto com vitórias em Long Beach e Moscou e três outros pódios.[4][11] Entretanto, apesar de Piquet ter vencido o campeonato, a NEXTEV TCR terminou apenas em quarto lugar no Campeonato de Equipes, já que seus companheiros somaram apenas 8 pontos, com a equipe marcando 152 pontos no total.

A NEXTEV TCR optou por desenvolver seu próprio trem de força para a segunda temporada sob o nome NEXTEV TCR FormulaE 001 e começou a testá-lo no verão de 2015. A equipe também confirmou Piquet, que assinou um contrato de vários anos.[12] Turvey, que havia estreado pela equipe no último ePrix antes da pré-temporada foi posteriormente confirmado como companheiro de equipe de Piquet na temporada.[13] Em 2016, a NEXTEV adquiriu toda a equipe, que, na época, ainda era parcialmente propriedade da Team China Racing (daí a parte "TCR" em seu nome).[14] O trem de força provou ser muito pesado e pouco confiável, fazendo com que a equipe terminasse a temporada com apenas 19 pontos em nono e último lugar no Campeonato de Equipes.

 
Nelson Piquet Jr no ePrix de Berlim de 2017.

Para a temporada de 2016–17, a equipe altera seu nome para NextEV NIO Formula E Team, devido a introdução da nova marca NEXTEV Nio. Competindo novamente com Piquet e Turvey, o veículo com o trem de força fortemente revisado chamado NextEV 700R. A equipe terminou em sexto no campeonato, com 59 pontos, mas os pilotos não conquistaram nenhuma vitória ou pódios. No final da temporada, Piquet deixou o time e mudou-se para a Panasonic Jaguar Racing.

Na quarta temporada, a equipe muda seu nome para NIO Formula E Team, em razão da marca "NextEV" estar lentamente desaparecendo, com a marca NextEV permanecendo apenas no nome do trem de força. A equipe continuou com Turvey e anunciou Luca Filippi, piloto estreante na Fórmula E, como sua dupla de piloto para o NextEV NIO 003. O piloto chinês Ma Qing Hua substituiu Filippi no ePrix de Paris e Turvey no ePrix de Nova Iorque. A NIO ficou em oitavo lugar no Campeonato de Equipes no final da temporada, com 47 pontos.

 
Oliver Turvey no ePrix de Marraquexe de 2019.

Para a temporada 2018–19, a marca "NextEV" foi removido do trem de força, que foi designado de Nio Sport 004, mas o nome "NextEV" estampado no permaneceu no carro. A equipe continuou com Turvey, que teve Tom Dillmann como seu novo companheiro de equipe. A NIO teve de longe os desempenhos mais fracos de todas as equipes e terminou a temporada com sete pontos, o décimo primeiro e o último lugar na classificação do Campeonato de Equipes.

Em julho de 2019, foi divulgado que a Nio havia vendido a participação majoritária em sua equipe de Fórmula E para a Lisheng Sports e a Gusto Engineering, empresas da China e Hong Kong, respectivamente.[15][16] Em 10 de setembro de 2019, foi revelada a lista definitiva de inscritos para a temporada de 2019–20, na qual a equipe foi listada sob o nome NIO 333 FE Team.[17][18][19] Essa operação NIO 333 foi executada pela holding Brilliant in Excellence (BIE) no Reino Unido,[18][20] com a Lisheng Racing Co. Ltd., uma empresa chinesa que promove eventos de corrida de automobilismo sediada em Xangai e, que, é afiliada a BIE por meio de acionistas, licenciando sua sub-marca "333 Racing" — equipe de corridas de carros de turismo chineses de propriedade da Lisheng — para essa nova equipe.[21][22] Porém, a Nio permaneceu ligada a equipe como patrocinadora, com o novo nome da equipe ainda incluindo a marca da fabricante chinês de veículos elétricos.[23][24]

A equipe não utilizou seus próprios trens de força no campeonato de 2019–20 e, em vez disso, adquiriu e reformulou trens de força usados pela equipe GEOX Dragon na temporada anterior.[25] A Nio, no entanto, manteve seu status de fabricante devido este trem de força ter sido homologado com seu nome pela FIA no final de agosto.[22] Ma Qing Hua se juntou à equipe de forma permanente, correndo ao lado de Turvey.[22][25] Entretanto, Qing Hua não pôde participar do ePrix de Berlim de 2020 devido às restrições de viagens chinesas e foi substituído por Daniel Abt.[26][27]

A equipe passa a fabricar seus próprios trens de força para a temporada de 2020–21. Tom Blomqvist juntou-se a NIO 333 como parceiro de Turvey.[28] Em fevereiro de 2021, Adam Carroll foi anunciado como piloto reserva.[29] A equipe marcou pontos pela primeira vez desde o ePrix de Nova Iorque de 2019, após Turvey garantir dois pontos na etapa dupla do ePrix de Daria. Blomqvist alcançou o mesmo feito na rodada dupla seguinte do ePrix de Roma.

A NIO 333 mudou de uma base original em Oxford para uma em Silverstone em setembro de 2021. A equipe de bandeira chinesa operava em duas instalações no Reino Unido, utilizando tanto a oficina do seu antecessor NEXTEV em Donington Park — onde todas as equipas de Fórmula E estavam localizadas no início do campeonato — como também o seu próprio centro de inovação em Oxford.[30] Para a temporada de 2021–22, Turvey renovou seu contrato com a equipe, enquanto Blomqvist se retirou e foi substituído pelo piloto de Fórmula 2 da Carlin e ex-membro da Williams Driver Academy, Dan Ticktum.[31]

 
Sérgio Sette Câmara no ePrix de Berlim de 2023.

A equipe continuou como fabricante na era Gen3 da Fórmula E que iniciou na temporada de 2022–23, com a NIO 333 construindo seus trens de força com o auxílio de vários fornecedores terceirizados, incluindo caixas de câmbio da Xtrac.[19][32] Nesta temporada, a equipe também passou a competir na Fórmula E sob o nome NIO 333 Racing.[1] Com a permanência de Ticktum e a saída de Turvey, a NIO 333 contratou Sérgio Sette Câmara para forma sua dupla de pilotos para a disputa da temporada.[33][34] A equipe alcançou sua melhor posição na classificação final do Campeonato de Equipes, ficando na nona posição com 42 pontos.

Antes dos testes de pré-temporada, em 20 de outubro de 2023, foi anunciado que a equipe havia sido transformada na ERT Formula E Team para a temporada de 2023–24, após receber novos investimentos e mudar de marca para "Electric Racing Technology" (ERT), porém os novos investidores inicialmente não querem ser nomeados publicamente. Com isso, a Nio encerrou sua participação na Fórmula E.[19][35][36]

Resultados

editar

(legenda) (resultados em negrito indicam pole position; resultados em itálico indicam volta mais rápida)

Ano Nome Chassi Trem de força Pneu N.° Piloto 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 Pontos Class.
2014–15   China Racing Formula E Team
  NEXTEV TCR Formula E Team
Spark SRT01-e SRT01-e[nota 1] M PEQ PUT PDE BNA MIA LBH MON BER MSC LON 152
88   Ho-Pin Tung 16 11 11
  Antonio García 11 19
  Charles Pic 17 16 8 15*
  Oliver Turvey 9 9
99   Nelson Piquet Jr. 8 Ret 2 3 5 1 3 4 1 5 7
2015–16   NEXTEV TCR Formula E Team Spark SRT01-e NextEV TCR FormulaE 001 M PEQ PUT PDE BNA MEX LBH PAR BER LON 19
1   Nelson Piquet Jr. 15† 8 15† 12 13 Ret Ret 13 12 9
88   Oliver Turvey 6 Ret 12 9 11 12 13 12 15† 10
2016–17   NextEV NIO Formula E Team Spark SRT01-e NextEV FormulaE 002 M HKG MAR BNA MEX MON PAR BER NIQ MTR 59
3   Nelson Piquet Jr. 11 16 5 9 4 7 12 12 11 16 13 16
88   Oliver Turvey 8 7 9 Ret 13 12 10 9 6 14 15 17
2017–18   NIO Formula E Team Spark SRT01-e NextEV NIO Sport 003 M HKG MAR SAN MEX PDE ROM PAR BER ZUR NIQ 47
16   Oliver Turvey 16 6 Ret 14 2 7 12 9 5 9 NL
  Ma Qing Hua 13
68 17
  Luca Filippi 10 Ret 16 12 14 13 13* 17 Ret 15 Ret
2018–19   NIO Formula E Team Spark SRT05e NIO Sport 004 M DAR MAR SAN MEX HKG SNY ROM PAR MON BER SUI NIQ 7 11°
8   Tom Dillmann 14 17 Ret 15 12 12 15 Ret 14 19 15 Ret 14
16   Oliver Turvey 13 16 8 12 9 11 13 14 Ret 18 16 10 13
2019–20   NIO 333 FE Team Spark SRT05e NIO FE-005[nota 2] M DAR SAN MEX MAR BER BER BER 0 12°
3   Oliver Turvey 15 DSQ 11 13 21 16 18 16 22 19 21
33   Ma Qing Hua 20 19 16 Ret 23
  Daniel Abt 18 16 15 18 Ret 20
2020–21   NIO 333 FE Team Spark SRT05e NIO 333 FE 001[nota 3] M DAR ROM VAL MON PUE NIO LON BER 19 12°
8   Oliver Turvey 10 6 DNS 14 NC 8 19 11 Ret Ret Ret 15 14 19 19
88   Tom Blomqvist 18 18 10 8 NC 17 14 13 Ret 16 21 NC 19 NC 10
2021–22   NIO 333 FE Team Spark SRT05e NIO 333 FE 001[nota 3] M DAR MEX ROM MON BER JAC MAR NIO LON SEU 7 10°
3   Oliver Turvey 19 18 14 17 7 14 16 17 12 17 15 16 15 14 Ret 15
33   Dan Ticktum 18 19 18 18 10 12 19 19 20 18 17 12 17 Ret Ret Ret
2022–23   NIO 333 FE Team Spark SRT05e NIO 333 FE ER9[nota 3] H MEX DAR HAI CCB SPL BER MON JAC PRT ROM LON 42
3   Sérgio Sette Câmara 16 15 17 5 12 16 16 15 14 17 DNS 16 8 16 DSQ 13
33   Dan Ticktum 17 14 10 Ret 6 17 Ret 10 6 13 11 13 13 9 7 9
2023–24: ERT Formula E Team
Notas

† – O piloto não terminou o ePrix, mas foi classificado por ter completado 90% da corrida.
G – Volta mais rápida na fase de grupos da classificação.

Notas e referências

Notas

  1. Na temporada inaugural, todas as equipes receberam um trem de força idêntico da McLaren.
  2. O trem de força é um Penske EV-3 usado pela GEOX Dragon na temporada de 2018–19 que foi reformulado.[22]
  3. a b c O trem de força foi fabricado pela própria NIO 333, e não pela NIO, uma empresa fabricante de automóveis que patrocina a equipe.[37][38][39]

Referências

  1. a b «SEASON 9 FORMULA E GRID: Every Driver And Team Racing In 2022/23» (em inglês). Consultado em 3 de janeiro de 2023 
  2. «Full Formula E team names revealed ahead of season opener». FIA Formula E. 10 de setembro de 2019. Consultado em 10 de setembro de 2019 
  3. a b «About - NEXTEV TCR» (em inglês). Consultado em 10 de fevereiro de 2017. Arquivado do original em 20 de agosto de 2016 
  4. a b «NIO - NEXTEV TCR wins the Drivers Title in the first Formula E Championship ever». www.nio.io (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2018 
  5. «Equipe de Sette Câmara na F-E passa a se chamar ERT». motorsport.uol.com.br. 20 de outubro de 2023. Consultado em 24 de outubro de 2023 
  6. «China Racing joins all-electric Formula E». China Daily (em inglês). 1 de março de 2013. Consultado em 6 de setembro de 2019. Cópia arquivada em 18 de novembro de 2021 
  7. Norman Fischer (27 de agosto de 2013). «Formel E: Die Chinesen kommen». Motorsport-Total.com. Consultado em 1 de setembro de 2019 
  8. «Nelson Piquet Jr and Ho-Pin Tung sign with China Racing». Motorsport.com (em inglês). 21 de agosto de 2014. Consultado em 6 de setembro de 2019. Cópia arquivada em 18 de novembro de 2021 
  9. Biesbrouck, Tim (3 de abril de 2015). «Radical new livery design for NextEV Team China Racing». Electric Autosport. Consultado em 4 de setembro de 2019. Arquivado do original em 18 de abril de 2021 
  10. «MONACO E-PRIX - Official Entry List» (PDF). FIA Formula E. Consultado em 23 de agosto de 2019. Cópia arquivada (PDF) em 18 de novembro de 2021 
  11. Smith, Sam (28 de junho de 2015). «London ePrix: Piquet takes title, Bird wins as Sarrazin is penalised». Motorsport.com (em inglês). Consultado em 6 de setembro de 2019. Cópia arquivada em 5 de dezembro de 2021 
  12. Smith, Sam (março de 2023). «Exclusive: New NEXTEV TCR Formula E powertrain package runs». Motorsport.com (em inglês). Consultado em 6 de setembro de 2019 
  13. Elizalde, Pablo (14 de setembro de 2015). «Turvey confirmed at NEXTEV TCR for second Formula E season». Motorsport.com (em inglês). Consultado em 6 de setembro de 2019. Cópia arquivada em 18 de novembro de 2021 
  14. Smith, Sam (1 de fevereiro de 2016). «NEXTEV set to acquire whole Formula E team». Motorsport.com (em inglês). Consultado em 6 de setembro de 2019 [ligação inativa] 
  15. Smith, Sam (29 de julho de 2019). «REVEALED: NIO Shake-Up Hastens New Team Structure». e-racing365.com. Consultado em 11 de setembro de 2019. Cópia arquivada em 2 de agosto de 2019 
  16. «EV startup NIO sold its Formula e racing team». 6 de agosto de 2019. Consultado em 2 de janeiro de 2021. Cópia arquivada em 22 de abril de 2021 
  17. «Full Formula E team names revealed ahead of season opener». FIA Formula E. 10 de setembro de 2019. Consultado em 11 de setembro de 2019. Cópia arquivada em 19 de dezembro de 2021 
  18. a b Smith, Sam (26 de setembro de 2019). «New-Look NIO 333 Team's Plans Revealed». e-racing365. Consultado em 10 de outubro de 2019 
  19. a b c Smith, Sam. «Nio name disappears from Formula E for 2024». The Race. Consultado em 20 de outubro de 2023 
  20. «NIO 333 FE Team unveils FE-005 livery for 2019/20 season at Valencia test». e-racing365. 15 de outubro de 2019. Consultado em 15 de outubro de 2019 
  21. «NIO 333 FE Team unveils FE-005 livery for 2019/20 season at Valencia test». motorsport.tech. 15 de outubro de 2019. Consultado em 15 de outubro de 2019 
  22. a b c d Smith, Sam (15 de outubro de 2019). «New NIO 333 Car Breaks Cover». e-racing365. Consultado em 15 de outubro de 2019 
  23. Smith, Sam (29 de julho de 2019). «REVEALED: NIO Shake-Up Hastens New Team Structure». e-racing365.com. Consultado em 1 de setembro de 2019 
  24. «EV startup NIO sold its Formula E racing team». theverge.com. 6 de agosto de 2019. Consultado em 1 de setembro de 2019 
  25. a b Smith, Sam (10 de outubro de 2019). «Ma to Make Formula E Return with NIO 333». e-racing365. Consultado em 10 de outubro de 2019 
  26. «Abt to contest Berlin rounds with NIO 333 after Audi dismissal». GPToday.net (em inglês). 1 de julho de 2020. Consultado em 3 de julho de 2020 
  27. «Abt assina com NIO e retorna à Fórmula E após escândalo de 'dublê virtual'». Grande Prêmio. Consultado em 1 de julho de 2020 
  28. «NIO sign Ex-Andretti, Jaguar driver Blomqvist». Formula E Zone (em inglês). 23 de novembro de 2020. Consultado em 23 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2020 
  29. «Adam Carroll Joins NIO 333 FE Team as Reserve Driver for 2021». NIO 333 FE Team. 18 de fevereiro de 2021. Consultado em 14 de abril de 2021. Arquivado do original em 15 de abril de 2021 
  30. «NIO 333 Formula E team to move to new base in Silverstone». motorsport.com (em inglês). 1 de julho de 2021. Consultado em 25 de outubro de 2023 
  31. «Formula 2 race winner Dan Ticktum will move to Formula E in 2022 with NIO 333». Autosport (em inglês). 25 de novembro de 2021. Consultado em 25 de outubro de 2023 
  32. «Can't wait to see the #NIO333FE ER9 Gen3 car in action?». Twitter. 5 de outubro de 2022. Consultado em 15 de outubro de 2022 
  33. «Ticktum set for Season 9 return with NIO 333». ABB Formula E. 11 de outubro de 2022. Consultado em 24 de outubro de 2023 
  34. «Sergio Sette Camara joins NIO 333 for Season 9». FIA Formula E (em inglês). Consultado em 24 de outubro de 2023 
  35. Collantine, Keith (20 de outubro de 2023). «NIO Formula E team rebrands as Electric Racing Technology for 2024 season». RaceFans (em inglês). Consultado em 24 de outubro de 2023 
  36. Golding, Nick (20 de outubro de 2023). «ERT release new look following successful rebrand». Motorsport Week (em inglês). Consultado em 24 de outubro de 2023 
  37. «NIO 333 and Oliver Turvey eye progress with new powertrain after 'impressive' test». Fórmula E (em inglês). Consultado em 29 de outubro de 2020 
  38. Smith, Sam (24 de novembro de 2020). «Blomqvist secures fresh Formula E chance for 2021». The Race. Consultado em 26 de novembro de 2020 
  39. «NIO sign Ex-Andretti, Jaguar driver Blomqvist». Formula E Zone (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2020 

Ligações externas

editar
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre NIO 333 Racing