Abrir menu principal
Nação Rubro-Negra
Cores Vermelho e preto

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Nação Rubro-Negra foi uma escola de samba da cidade do Rio de Janeiro, que existiu durante a década de 90, e reunia torcedores do Flamengo no Carnaval.[1]

Índice

HistóriaEditar

A Nação Rubro-Negra não era uma torcida organizada, como no caso da Gaviões da Fiel,[1] nem era ligada a uma torcida em específico,[1] apenas era uma agremiação carnavalesca voltada para os torcedores do Flamengo.[1]

Após herdar a vaga da Mocidade de Vasconcelos, estreou no Grupo D em 1997, com o enredo "Sou Nação 2004, um Rio de integração", terminando em 11º lugar entre 12 escolas.[2]

Com o rebaixamento, chegou a ser relacionada para o desfile seguinte, mas nunca mais desfilou, sendo extinta. Entretanto houve boatos sobre uma possível volta, o que na verdade, pegaria o CNPJ da Império da Praça Seca, para usar o nome fantasia de Império Rubro-Negro.[1]

CarnavaisEditar

Nação Rubro-Negra
Ano Colocação Grupo Enredo Ref.
1997 11°lugar D Sou Nação 2004, um Rio de integração [2]

Ver tambémEditar

  • Nação Rubro-Negra

Referências

  1. a b c d e Carnavalesco.com.br (28 de junho de 2013). «Império da Praça Seca pode se transformar em Império Rubro Negro». Consultado em 30 de junho de 2013. Cópia arquivada em 8 de julho de 2013  Nota:Apesar de o título da fonte referir-se como uma mudança de nome, é evidente tratar-se de uma nova escola. A informação dada pelo ex-presidente, e atual vice-presidente da AESCRJ de que houve apenas mudança não pode ser automaticamente validade por ser ele uma fonte primária e não independente.
  2. a b Galeria do Samba. «CARNAVAL DE 1996 - RESULTADO»