Abrir menu principal
Nando Cunha
Nando em 2014, no 25º Prêmio da Música Brasileira
Nome completo Fernando Cunha dos Santos
Nascimento 19 de agosto de 1966 (53 anos)
São Gonçalo  Rio de Janeiro
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Ator

Fernando Cunha dos Santos, mais conhecido como Nando Cunha (Rio de Janeiro, 19 de agosto de 1966[1]), é um ator brasileiro.

BiografiaEditar

Nando Cunha, nome artístico de Fernando Cunha dos Santos, nasceu em São Gonçalo, em 19 de agosto de 1966, Mas foi criado desde pequeno na cidade do Rio de Janeiro. Fez o curso de Letras na Universidade Federal Fluminense e nesta época, em 1994, fundou um grupo de teatro e deu início a sua carreira artística. Estudou também Artes Cênicas, licenciatura em Teatro, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UniRio). No ano seguinte, em 1995, fez, no teatro, a peça Doidas Folias. Na sequência atuou em Forrobodó, Noel Rosa, o Feitiço da Vila, O Mundo é Grande, Manual de Sobrevivência para as Grandes Cidades, O Último Dia, Obrigado Cartola, Geraldo Pereira, Um Escurinho Brasileiro, Grande Otelo, Eta Moleque Bamba, Estatuto de Gafieira, Missa dos Quilombos, O Homem da Cabeça de Papelão e Assassinato no Motel.

CarreiraEditar

Na TV, atuou em 2007, na novela Desejo Proibido, quando ganhou fama vivendo o hilário Soldado Brasil. Em 2010, participou da microssérie Dalva e Herivelto: uma Canção de Amor, na qual interpretou o ator e humorista Grande Otelo. No mesmo ano, participou ainda do seriado Força-Tarefa e da novela Araguaia. Em 2012/2013, Nando entrou no elenco da novela Salve Jorge, de Glória Perez, na Globo. Na trama, ele interpreta Pescoço, que vive com Delzuíte (Solange Badim), é o padrasto de Lurdinha (Bruna Marquezine) e se envolve com Maria Vanúbia (Roberta Rodrigues).

Em 2015, estreia o programa Tomara que Caia, programa que mistura game e humor. O formato foi criado pela TV Globo e conta também com a participação dos atores Heloísa Périssé, Fabiana Karla, Marcelo Serrado, Eri Johnson, Daniele Valente, Ricardo Tozzi e Priscila Fantin. No mesmo ano, estreou um espetáculo chamado "Stand Up Samba", onde misturou piadas e cantava canções do gênero.[2]

FilmografiaEditar

TelevisãoEditar

Ano Título Personagem
1998 Escolinha do Barulho Johnny Bala
2005 Boa Noite Brasil
2006 Páginas da Vida Charles
A Grande Família Enfermeiro do hospício (ep: De Pasteleiro e Louco, Todo Mundo Tem um Pouco)
A Diarista Vendedor de produtos médicos (ep: Aquele do Raio-X)
2007 Tião (ep: Aquele do Engarrafamento)
Tião (ep: Sangue Bom Pra Burro)
Desejo Proibido Soldado Brasil
2008 Dicas de um Sedutor Gilson (ep: O Borogodó)
Casos e Acasos Entregador (ep: O Colchão, a Mala e a Balada)
Jofre (ep: O Beijo, a Foto e o Empréstimo)
Lauro (ep: As Testemunhas, o Hóspede e os Amantes)
Inspetor (ep: A Câmera-Escondida, o Chá de Bebê e o Porta-mala)
2010 Dalva e Herivelto: uma Canção de Amor Grande Otelo
Força Tarefa Samuca
Araguaia Bucéfalo Almeida (Palhaço Pimpinela)
2012 Salve Jorge José Pereira (Pescoço) [3]
2013 Divertics Vários Personagens
Chiquititas Policial (Participação Especial)
Super Chef Celebridades Ele Mesmo
2014 Geração Brasil Dante Ferreira [4]
Vai que Cola Detetive Xavier (ep: Dotadão do Méier)
2015 Tim Maia: Vale o Que Vier Manoel Jacinto Coelho
Os Suburbanos Dinda[5]
Tomara que Caia Ele mesmo
2018-2019 As Aventuras de Poliana Ciro Soares
2019 Bom Sucesso Mestre Batatinha[6]

CinemaEditar

Ano Título Personagem
2014 Lascados Caipira Cego[7]
Tim Maia Manuel Jacinto Coelho
2016 Apaixonados - O Filme Nico
2018 Telentrega Elias

Prêmios e indicaçõesEditar

Ano Prêmio Categoria Trabalho Resultado ref
2013 Prêmio Extra de Televisão Melhor Ator Coadjuvante Salve Jorge Indicado [8]
2017 Festival de Cinema de Gramado Melhor Ator “Telentrega” Venceu

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.