Abrir menu principal

Narayana (hindi नारायण) ou Narayan é um importante nome sânscrito para Vixnu e, atualmente, um nome hindú comum.

O nome Narayana ou Narayna também pode significar o homem original, Purusha. Os Puranas apresentam visões divergentes de Narayana. No Kumara Purana, é identificado com Brama e Krishna e também é considerado parte de Krishna.

No Mahabharata, Krishna é frequentemente chamado de Narayana, enquanto Arjuna de Nara.[1] O épico identifica ambos com múltiplos 'Krishnas' ou encarnacões parciais, dentre as primeiras encarnações de Vixnu, identificando sua forma mística como Nara-Narayana.[2] Seguidores de Swaminarayan acreditam que Narayana manifestou-se como Swaminarayan.[3]

EtimologiaEditar

O nome Narayana é composto de Nara (humano, homem) e Ayana (eterno, sem fim).

A tradição associa o componente nara a um outro significado de "água", indicando a característica de tudo permear e fazendo analogia a um oceano infinito, onde o movimento incessante de nascimento, vida e morte do cosmo ocorre. Narayana, de acordo com essa etimologia, é aquilo que se move nas águas infinitas e é também a própria água. Essa associação íntima entre Narayana e água explica sua frequente caracterização na arte hindu como estando sentado em um oceano. Outra tradução de Narayana é "O homem supremo, base de todos os homens".

Em uma outra interpretação, o termo Nara significa "humano" e Ayana equipara-se a "direção, objetivo". Daí, Narayana refere-se à "direção do homem". Nara relaciona-se à moska, já que ambos podem ser traçados, enquanto suas origens, ao elemento água.

VariaçõesEditar

  • Narayna
  • Narayanasamy
  • Narayanaswamy
  • Narayan
  • Narayanan
  • Narine
  • Narayanaswami
  • Narain
  • Naraiana

Usos religiososEditar

  • Narayana é um outro nome para Vixnu e aparece como o nome de número 254 no Sahasranama Vixnu.
  • O livro, Sri Ramanuja, His Life, Religion, and Philosophy, diz que Narayana significa "Aquele que é o lugar dos conflitos, isto é: a fonte, o suporte e a base de dissolução de todas as almas, bem como da matéria inerte."
  • Om Namo NārāyaNāya é um dos mantras mais famosos proferidos pelos hindus. Juntamente com Om Namah Shivāya e com o mantra Gayatri são considerados os mais sagrados.
  • Quando realizando Puja (ritual hindu), pronuncia-se os 108 nomes de Narayana.

Usos não religiososEditar

  • Há uma música chamada "Narayan", do grupo The Prodigy, no álbum The Fat of the Land, com o trecho "Om Namah Narayana". A música foi composta e cantada juntamente com Crispian Mills, vocalista e líder da banda inglesa de rock psicodélico Kula Shaker, que também tem uma versão da música chamada "Song of love/Narayana" em seu álbum Strange Folk.
  • No videogame Grand Theft Auto 2, Narayana é o nome de uma vizinhança ocupada por uma gangue Hare Krishna.
  • No videogame Myst III: Exile, a era final para onde o jogador viaja é chamada Narayan. Consiste em um oceano infinito, com árvores que emergem da superfície.
  • Narayana é citada na música intitulada Lemuria, do álbum de nome homônimo, da banda sueca de metal sinfônico, Therion.

ReferênciasEditar

  1. Vaisnavism Saivism and Minor Religious Systems, Ramkrishna Gopal Bhandarkar. Published by Asian Educational Services, p.46.
  2. Hiltebeitel, Alf (1990). The ritual of battle: Krishna in the Mahābhārata. Albany, N.Y: State University of New York Press. ISBN 0-7914-0249-5  p61
  3. «Lord Narayan manifested himself as Lord Swaminarayan». Consultado em 22 de abril de 2009. Arquivado do original em 20 de abril de 2008