Nasal bilabial surda

Nasal bilabial surda

A nasal bilabial surda é um tipo de som consonantal, usado em algumas línguas faladas. O símbolo no Alfabeto Fonético Internacional que representa esse som é ⟨m̥⟩, uma combinação da letra para o nasal bilabial sonoro e um diacrítico indicando ausência de voz. O símbolo X-SAMPA equivalente é

m_0.[1]

CaracterísticasEditar

  • Sua forma de articulação é oclusiva, ou seja, produzida pela obstrução do fluxo de ar no trato vocal. Como a consoante também é nasal, o fluxo de ar bloqueado é redirecionado pelo nariz.[1]
  • Seu local de articulação é bilabial, o que significa que está articulado com os dois lábios.[1]
  • Sua fonação é surda, o que significa que é produzida sem vibrações das cordas vocais.[1]
  • É uma consoante nasal, o que significa que o ar pode escapar pelo nariz, exclusivamente (plosivas nasais) ou adicionalmente pela boca.[1]
  • Como o som não é produzido com fluxo de ar sobre a língua, a dicotomia central-lateral não se aplica.[1]
  • O mecanismo da corrente de ar é pulmonar, o que significa que é articulado empurrando o ar apenas com os pulmões e o diafragma, como na maioria dos sons.[1]

OcorrênciaEditar

Lingua Palavra AFI Significado Notas
Birmanês[2] မှာ [m̥à] Notíciar
Yup'ik Alascano Central [3] pisteḿun [ˈpistəm̥un] Ao servente
Estoniano[4] lehm [ˈlehm̥] Vaca Alofone de /m/ no final de palavras depois de /t, s, h/.[4]
Francês prisme [pχis̪m̥] Prisma Alofone de /m/.
Hmong Hmoob [m̥ɔ̃ŋ] Hmong
Islandês hampur [ˈham̥pʏr] Cânhamo
Jalapa Mazatec[5] hma [m̥a] Preto Contrasta com um expresso e um bilabial nasal laringealizado.
Kildin Sami лēӎӎьк [lʲeːm̥ʲːk] Alça
Muscogee camhcá:ka [t͡ʃəm̥t͡ʃɑːɡə] Sino
Ucraniano[6] ритм [rɪt̪m̥] Rítimo Alofone de /m/ no final de palavras depois de consoantes surdas.[6]
Washo Mášdɨmmi [ˈm̥aʃdɨmmi] Ele está escondendo
Galês fy mhen [və m̥ɛn] Minha cabeça Ocorre como a mutação nasal de /p/.
Xumi Inferior[7] [Hm̥ɛ̃] Medici Contrasta com o expresso /m/.[7][8]
Superior[8]
Yi Hma [m̥a] Árvore Cuckoo

ReferênciasEditar

  1. a b c d e f g Maddieson; Ladefoged, Ian; Peter (1996). The Sounds of World's Languages. [S.l.: s.n.] 
  2. Ladefoged & Maddieson (1996), p. 111.
  3. Jacobson (1995), p. 3.
  4. a b Asu & Teras (2009), p. 368.
  5. Ladefoged & Maddieson (1996), p. 107.
  6. a b Danyenko & Vakulenko (1995), p. 6.
  7. a b Chirkova & Chen (2013), pp. 365, 367.
  8. a b Chirkova, Chen & Kocjančič Antolík (2013), pp. 382–383.