Nathy Peluso

cantora , compositora e produtora Argentina

Natalia Beatriz Dora Peluso (Luján, 12 de janeiro de 1995), mais conhecida pelo seu nome artístico Nathy Peluso, é uma cantora, compositora e produtora argentina.[1][2]

Nathy Peluso
Nathy Peluso
Peluso em 2018
Nome completo Natalia Beatriz Dora Peluso
Nascimento 12 de janeiro de 1995 (29 anos)
Luján, Buenos Aires, Argentina
Nacionalidade Argentina
Alma mater Universidade Rey Juan Carlos
Ocupação
  • Cantora
  • compositora
  • produtora
Carreira musical
Período musical 2017-presente
Gênero(s)
Gravadora(s) Sony Music
Página oficial
nathypeluso.com

Início de vida editar

Peluso nasceu em 1995 na Argentina. Ela nasceu em Luján, no interior da província de Buenos Aires, mas foi criada no bairro de Saavedra, na Região Norte da Capital Federal argentina. Enquanto crescia, ela ouvia uma variedade de artistas como Ella Fitzgerald e Ray Charles, assim como os representantes da música popular sul-americana como João Gilberto, Ray Barretto e Atahualpa Yupanqui. Em 2005, ela imigrou para a Espanha com sua família. Primeiramente, ela residiu em Alicante. Aos 16 anos, ela começou a se apresentar em hotéis e restaurantes em Torrevieja, principalmente com canções clássicas de Frank Sinatra, Etta James e Nina Simone. Quando adolescente, ela começou a publicar covers em seu canal no YouTube. Pouco tempo depois, ela se mudou para Múrcia, onde entrou na universidade local da cidade para estudar Comunicação Audiovisual. Após sair do programa de graduação, ela se mudou para Madrid para estudar Belas Artes na Universidade Rey Juan Carlos. Ela se especializou em Pedagogia de Artes Visuais e Dança. Enquanto estudava, trabalhou na indústria hoteleira como garçonete na VIPS e na Domino's Pizza, entre outras.

Carreira editar

2017-2019: Esmeralda e La Sandunguera editar

Em outubro de 2017, Peluso lançou, de forma independente, uma mixtape de sete faixas intitulada Esmeralda. A mixtape despertou o interesse de muitos críticos musicais e revistas independentes como Mondo Sonoro e Rockdelux.[3] Após lançar o single "Corashe" em novembro de 2017[4], em abril de 2018, ela lançou o seu primeiro EP, La Sandunguera, com a Everlasting Records, que gerou os singles "La Sandunguera" e "Estoy Triste". No mesmo mês, iniciou a sua primeira turnê como artista principal, a La Sandunguera Tour, que lhe possibilitou a se apresentar em países da Europa, América do Sul e América do Norte. Ela foi indicada ao Premios a la Musica Independiente em Canção do Ano e Melhor Vídeo Musical por "La Sandunguera".[5] Em 2019, ela lançou o seu livro de estréia, "Deja Que te Combata", uma compilação de seus pensamentos, reflexões, histórias e projetos passados e futuros.[6] No mesmo ano, ela continuou promovendo-se através de novos lançamentos como "Natikillah" e participações em grandes festivais como Primavera Sound.[7] Ela também fez parceria com a Samsung para fazer parte de sua campanha Somos Smart Girl ao lado de Blanca Suárez, Sandra Barneda e Carolina Marín.[8] Em dezembro de 2019, Peluso assinou um contrato com a Sony Music Espanha. Seu primeiro lançamento com a gravadora foi o single "Copa Glasé", uma homenagem às canções natalinas de Nina Simone e às big bands de jazz.

2020-presente: Calambre editar

Em 2020, ela chamou a atenção do público após a concorrente do Operación Triunfo Anaju cantar "La Sandunguera" em horário nobre para continuar participando do reality.[9] Depois disso, Peluso foi convidada para o programa no Dia Internacional da Mulher para apresentar o single "Business Woman", definido como um hino feminista.[10] Durante o ápice da pandemia de COVID-19, Peluso lançou uma colaboração com o cantor Rels B intitulada "No Se Perdona", que obteve um ótimo desempenho comercial. Outro single, "Buenos Aires", foi lançado um pouco tempo depois.[11] A canção foi aclamada pela crítica por sua mensagem e som e recebeu uma indicação ao Grammy Latino em Melhor Canção Alternativa. Nathy também foi indicada ao Prêmios Gardel e ao Grammy Latino na categoria de Melhor Novo Artista.[12] Em setembro, ela lançou "Sana Sana" como o terceiro single de seu primeiro álbum.[13] Antes de lançar o álbum, sua apresentação de "Sana Sana" na plataforma musical alemã Colors "que apresenta talentos excepcionais de todo o mundo" foi viral no Twitter, alcançando cerca de doze milhões de visualizações.[14] Em outubro, foi lançado o seu álbum de estreia intitulado Calambre.[15] O álbum contém canções de diversos estilos como hip hop, trap, R&B, reggaeton, salsa e tango.[16][17] Em novembro, ela se apresentou na 21ª cerimônia do Grammy Latino, interpretando a canção "Buenos Aires" ao lado de Fito Paéz.[18] No dia 27 do mesmo mês, ela se juntou ao produtor musical argentino Bizarrap em seu projeto musical Music Sessions.[19] A música alcançou o 1º lugar na lista nacional e o 4º na lista geral da Billboard Hot 100 Argentina, sendo a primeira entrada da cantora na parada.[20]

Discografia editar

Álbuns de estúdio editar

Álbum Detalhes Melhores posições
ESP

[21]

Calambre 5
"—" denota títulos que não entraram nas paradas ou não foram lançados no país.

Mixtape editar

Álbum Detalhes
Esmeralda

EP editar

Álbum Detalhes Melhores posições
ESP

[22]

La Sandunguera 28
"—" denota títulos que não entraram nas paradas ou não foram lançados no país.

Singles editar

Canção Ano Melhores posições Álbum
ARG

[23]

ESP

[24]

EUA

[25]

"Corashe" 2017 Adicionado à nenhum álbum
"La Sandunguera" 2018 La Sandunguera
"Estoy Triste"
"Natikillah" 2019 Adicionado à nenhum álbum
"Copa Glasé"
"Business Woman" 2020 Calambre
"No Se Perdona" (com Rels B) 64 Adicionado à nenhum álbum
"Buenos Aires" Calambre
"Sana Sana"
"Nathy Peluso: Bzrp Music Sessions Vol. 36" (com Bizarrap) 4 11 [a] Adicionado à nenhum álbum
"—" denota títulos que não entraram nas paradas ou não foram lançados no país.

Prêmios e indicações editar

Ano Prêmio Categoria Trabalho indicado Resultado
2019 Premios a la Musica Independiente Canción del Año "La Sandunguera" Indicada
Mejor Videoclip Indicada
Latin Alternative Music Conference Discovery Artist Ela mesma Venceu
2020 Prêmios Gardel Mejor Nuevo Artista Indicada
Grammy Latino Indicada
Mejor Canción Alternativa "Buenos Aires" Indicada
Premios Yo Te Corono Mejor Artista Latina del 2020 Ela mesma Pendente
Latin Music Official Italian Awards Best Latin New Artist Pendente
Premios Filo News Música Pendente

Turnês editar

Notas

  1. "Nathy Peluso: Bzrp Music Sessions Vol. 36" não entrou na Billboard Hot 100, mas alcançou a 118ª posição da Billboard Global Excl. U.S..[26]

Referências

  1. «Nathy Peluso: la argentina que es un fenómeno del trap español». www.lanacion.com.ar (em espanhol). Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  2. CMTV. «CMTV – Biografía de Nathy Peluso». CMTV (em espanhol). Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  3. «Nathy Peluso: "A mí se me etiqueta como trap y me la suda un poco"». MondoSonoro (em espanhol). 1 de setembro de 2007. Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  4. «Nathy Peluso, "la 'fuckin' jefa": "Soy un poco drama queen, me gustan la ironía, la pasión y la exageración"». ELMUNDO (em espanhol). 6 de fevereiro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  5. «Mala Rodríguez:». La Vanguardia (em espanhol). 1 de maio de 2018. Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  6. «Reseña del libro "Deja que te combata" de Nathy Peluso (2019)». MondoSonoro (em espanhol). 2 de julho de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  7. EFE (1 de junho de 2018). «Nathy Peluso llama al empoderamiento de las mujeres desde el Primavera Sound». ElDiario.es (em espanhol). Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  8. «Blanca Suárez, Sandra Barneda, Nathy Peluso y Carolina Marín son las nuevas SmartGirl de Samsung». PR Noticias (em espanhol). 2 de maio de 2019. Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  9. Yotele, Redacción (1 de fevereiro de 2020). «Nía cantará un tema de Beyoncé y Anajú se atreverá con Nathy Peluso en la gala 5 de 'OT 2020'». elperiodico (em espanhol). Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  10. vertele.eldiario.es (5 de março de 2020). «'OT 2020' recibe en su Gala 8 a Nathy Peluso y Dora como artistas invitadas». vertele (em espanhol). Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  11. CMTV. «Nathy Peluso lanza "Buenos Aires", canción y video que retrata el espejismo vivido durante el confinamiento.». CMTV (em espanhol). Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  12. Jamele, Agustín (2 de setembro de 2020). «El trap argentino se impone en los Latin Grammy». Perfil.com (em espanhol). Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  13. «Nathy Peluso estrenó "Sana sana", explosiva y con mucha actitud». Todo Noticias (em espanhol). 2 de setembro de 2019. Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  14. «Nathy Peluso participa del ciclo de COLORS y estrena nuevo disco». Filo News (em espanhol). Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  15. «Nathy Peluso: "PORFIN CALAMBRE IS OUT. Para el goce de mi gente Porque si no hago música me muero!!!!"». Billboard (em espanhol). 2 de outubro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  16. «First Stream Latin: New Music From Llane, Nathy Peluso, Arcangel & More». Billboard. 2 de outubro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  17. «Nathy Peluso, crítica de su disco Calambre en Mondo Sonoro (2020)». MondoSonoro (em espanhol). 5 de outubro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  18. «Latin Grammy 2020: Fito Páez y Nathy Peluso, protagonistas de la ceremonia». www.lanacion.com.ar (em espanhol). 19 de novembro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  19. «Bizarrap llevó el hip hop de los 90' a su Music Session #36 de la mano de Nathy Peluso». Billboard (em espanhol). 30 de novembro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  20. «"Dakiti" llegó al N° 1 del Billboard Argentina Hot 100». Billboard (em espanhol). 1 de dezembro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  21. Peak positions in Spain:
  22. Peak positions in Spain:
  23. «2020-12-11». Billboard (em espanhol). Consultado em 12 de dezembro de 2020 
  24. Peak positions in Spain:
  25. «Billboard Global Excl. US Chart». Billboard. Consultado em 22 de dezembro de 2020 
  26. «Billboard Global Excl. U.S.» (em inglês). Billboard. 19 de dezembro de 2020. Consultado em 22 de dezembro de 2020