Abrir menu principal
Nativa FM Cuiabá
Rádio Industrial de Várzea Grande Ltda.
País Brasil
Frequência(s) FM 90.1 MHz
Antigas frequências:
AM 1070 kHz (1982-2018)
Sede Várzea Grande, MT
Slogan A Nativa é muito mais!
Fundação 10 de dezembro de 2018 (11 meses)
Fundador Júlio Campos
Pertence a Grupo Futurista de Comunicação
Proprietário(s) Júlio Campos
Formato Comercial
Afiliações Nativa FM
Afiliações anteriores
Idioma Português
Prefixo ZYR 457
Prefixo(s) anterior(es) ZYI 427
Nome(s) anterior(es)
  • CBN Cuiabá (1995-1998)
  • Rádio Industrial (1982-1995; 1998-2018)
Emissoras irmãs
Cobertura Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá
Dados técnicos Potência: 20.1kw
Classe: A3
Página oficial nativacuiaba.com.br/aovivo/

Nativa FM Cuiabá é uma emissora de rádio brasileira sediada em Várzea Grande, cidade do estado de Mato Grosso. Opera no dial FM, na frequência 90.1 MHz, e é afiliada à Nativa FM. A emissora é originada da Rádio Industrial uma migrante do dial AM que operou na frequência 1070 kHz entre 1982 a 2018. Pertencente ao Grupo Futurista de Comunicação, do empresário e ex-governador mato-grossense Júlio Campos que controla a Jovem Pan FM Cuiabá e a TV Brasil Oeste.

HistóriaEditar

Por iniciativa do político e empresário Júlio Campos, a Rádio Industrial foi inaugurada na tarde do feriado de 21 de abril de 1982.[1] Desde sua inauguração até sua morte, em 2012, a rádio era administrada por Isabel Campos, esposa de Júlio Campos. Isabel continuou na direção mesmo em tratamento contra um câncer, comandando a rádio e as demais empresas do grupo diretamente de sua residência.[2]

Entre os anos de 1995 e 1998, foi a primeira afiliada da CBN na região de Cuiabá. Posteriormente, transmite a Jovem Pan (até 2008) e a Rádio Bandeirantes, esta última até o ano de 2017, quando é arrendada e passa a repetir a programação da Rádio Deus é Amor.

Na primeira semana de setembro de 2018, é anunciado que á radio vai migrar de AM 1070 para frequência FM 90,1 com a afiliação à rede Nativa FM. Foi a primeira vez que a rede de rádios que pertence a join venture formada por Grupo Bandeirantes e Grupo Camargo de Comunicação operou em Mato Grosso.[3] A Rede Nativa FM confirmou a data de estreia da afiliada em Cuiabá para o dia 1.º de dezembro de 2018, a estreia da Nativa FM de Cuiabá foi a partir das 18h00 (horário de Brasília, sendo 17h00 no horário da afiliada) durante a abertura do programa Arena Nativa do dia 1.º de dezembro. A partir desse horário a estação entrou em rede com a programação gerada a partir de São Paulo,[4] mas a estreia foi adiada para o dia 10 de dezembro.[5] A inauguração em conjunto com a rede será realizada às 18h.[6]

Referências

  1. «Parceiros». Mato Grosso Via Rádio. Consultado em 31 de agosto de 2018 
  2. Pulula da Silva (21 de janeiro de 2013). «Isabel Campos: "Eterna primeira dama de Mato Grosso"». Tribuna do Vale. Consultado em 29 de agosto de 2018 
  3. «tudoradio.com - Rádio News - Exclusivo: Rede da Nativa FM confirma estreias de duas afiliadas no Mato Grosso». tudoradio.com. Consultado em 6 de setembro de 2018 
  4. «tudoradio.com - Rádio News - Nativa FM de São Paulo confirma estreia em Cuiabá a partir de dezembro». tudoradio.com. Consultado em 21 de novembro de 2018 
  5. «tudoradio.com - Rádio News - Nativa FM informa nova data para estreia de afiliada em Cuiabá». tudoradio.com. Consultado em 21 de novembro de 2018 
  6. Daniel Starck (10 de dezembro de 2018). «Semana agitada: Costa do Sol FM, Nativa FM, Feliz FM e Rádio Jornal são as novidades do dial FM». Tudo Rádio. Consultado em 10 de dezembro de 2018