Abrir menu principal


Santa Catarina do Monte Sinai
A Santa Catarina do Monte Sinai e outros navios portugueses
Carreira   Bandeira da marinha que serviu
Construção Cochim, Índia
Lançamento 1512
Patrono Catarina de Alexandria
Período de serviço 1512 - 1520
Características gerais
Deslocamento 800 toneis
Comprimento 38 m
Boca 13 m

A Santa Catarina do Monte Sinai foi uma nau ao serviço da Marinha Portuguesa no século XVI. Foi um dos mais poderosos navios de guerra do seu tempo.

HistóriaEditar

Foi construída em Cochim, no Estado Português da Índia, e lançada ao mar em 1512.

Serviu na Carreira da Índia até 1520, ano em que foi escolhida para nau-capitânia da armada que conduziu à Itália a Infanta D. Beatriz - filha de Manuel I de Portugal - que iria casar com Carlos III de Saboia.

Em 1524 foi escolhida para capitânia da armada que iria conduziu Vasco da Gama à Índia, como seu vice-rei.

No oceano Índico participou em operações navais, entre as quais se destacou o ataque a Mombaça (1528), quando serviu de capitânia a D. Nuno da Cunha, tendo a cidade sido arrasada pelo fogo da artilharia portuguesa na ocasião.

A nau encontra-se representada numa pintura atribuída a Joachim Patinir, no século XVI.

CaracterísticasEditar

Nau do tipo carraca, estava armada com 140 peças de artilharia, em sua maioria de pequeno calibre, distribuídos em seis pontes.

BibliografiaEditar

  • GOMES, Telmo, Navios Portugueses - Séculos XIV a XIX, Edições Inapa, 1995.