Abrir menu principal

"Neke davne zvezde" ("Algumas estrelas distantes") foi a canção da Jugoslávia no Festival Eurovisão da Canção 1961 que teve lugar em Cannes.

Iugoslávia "Neke davne zvezde"
Festival Eurovisão da Canção 1961
País
Artista(s)
Língua
Sérvio
Compositor(es)
Jože Privšek
Letrista(s)
Miroslav Antić
Performance das finais
Resultado da final
8.º
Pontos da final
9
"Ne pali svetla u sumrak" (1962) ►

A referida canção foi interpretada em sérvio por Ljiljana Petrović. Foi a primeira canção da Jugoslávia no Festival Eurovisão da Canção. Foi a quinta canção a ser interpretada na noite do festival, a seguir à canção da Finlândia "Valoa ikkunassa", cantada por Laila Kinnunen e antes da canção dos Países Baixos "Wat een dag", interpretada por Greetje Kauffeld. Terminou a competição em oitavo lugar, tendo recebido um total de 9 pontos. No ano seguinte, em 1962,a Jugoslávia foi representada pela canção "Ne pali svetla u sumrak", interpretada por Lola Novaković.

AutoresEditar

AUTORES
Letrista: Miroslav Antić
Compositor: Jože Privšek
Orquestrador: Jože Privšek

LetraEditar

A canção é uma balada, na qual Petrović canta que se lembra de um seu antigo amante e que ainda se sente apaixonada, dizendo nomeadamente "Eu sei que ainda sou tua"

Referências e ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.