Abrir menu principal
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita referências, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2017). Ajude a inserir fontes confiáveis e independentes. Material controverso que esteja sem fontes deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Nervosa
Nervosa (Fernanda Lira e Prika Amaral) no Headbangers Open Air em 2015.
Informação geral
Origem
País  Brasil
Gênero(s)
Período em atividade 2010—atualmente
Gravadora(s) Napalm Records
Integrantes Fernanda Lira
Prika Amaral
Luana Dametto
Ex-integrantes Fernanda Terra
Pitchu Ferraz
Karen Ramos
Jully Lee
Página oficial nervosaofficial.com

Nervosa é um power trio brasileiro de thrash metal, formado em São Paulo. A atual formação consiste em Fernanda Lira (baixo e vocal), Prika Amaral (guitarra e backing vocals) e Luana Dametto (bateria).

CarreiraEditar

 
A vocalista Fernanda Lira.

A banda foi formada pela vocalista e guitarrista Prika Amaral, pela guitarrista Karem Ramos e pela baterista Fernanda Terra, em 2010. Um ano mais tarde, Fernanda Lira entrou na banda, como baixista, enquanto Karen Ramos se retirou do grupo. Ramos morava fora de São Paulo e não poderia, portanto, comparecer aos ensaios. As integrantes restantes até pensaram em colocar uma substituta para ela, porém descartaram a possibilidade e decidiram continuar como um trio.[1]

Em 2012, a banda lançou a primeira Demo Time of Death, que foi produzida no estúdio Mr. Som, de propriedade de Pompeu e Heros, ambos integrantes da banda Korzus, e foi produzido um videoclipe para a canção Masked Betrayer. A baterista Fernanda Terra deixou a banda, pouco tempo depois, e foi substituída por Jully Lee,[2] que mais tarde também saiu e foi substituída por Pitchu Ferraz. Em maio de 2012, a banda assinou um contrato com a gravadora austríaca Napalm Records.[3]

 
A guitarrista Prika Amaral.

A banda passou 2013 gravando seu álbum de estreia, que foi produzido por Marcello Pompeu, vocalista da banda de thrash metal Korzus. Com isso, a banda conseguiu fazer diversos shows no Brasil, como artistas de abertura para bandas como Exodus, Artillery, Exumer e Raven. Victim of Yourself, primeiro álbum de estúdio da banda, foi lançado em 7 de março de 2014. Este foi seguido por uma extensa turnê pela América do Sul. No verão de 2015, Nervosa fez seus primeiros shows na Europa, como suporte para o Hirax e tocou no Summer-Breeze-Festival.[4]

As gravações do segundo álbum começaram em janeiro de 2016. Para isso, a banda viajou para os Estados Unidos.[5] O álbum contou com a produção, mixagem e masterização de Andy Classen. Na primavera de 2016, a banda fez seus primeiros shows nos EUA, antes do segundo álbum de estúdio, batizado como Agony, que foi lançado em 4 de junho de 2016 (2016-06-04), um mês depois. No outono de 2016, a banda embarcou em uma turnê européia com Destruction, Flotsam and Jetsam e Enforcer.[6] Na ocasião, a banda Jenner, da Sérvia, também formada só por mulheres, abriu um show do Nervosa, em Belgrado.[7] Pouco depois, contudo, ocorreu a saída da baterista Pitchu Ferraz da banda e a entrada temporária da baterista canadense Samantha Landa.[8]

Após vários meses sem uma baterista fixa, em março de 2017, a banda anuncia a entrada de Luana Dametto como a nova baterista.[9] A entrada de Luana fez com que a banda adotasse elementos de death metal a partir do terceiro álbum, Downfall of Mankind, lançado em 2018.[10]

ReconhecimentoEditar

A maior parte das letras da banda se focam em problemas sociais do Brasil, como corrupção e política.[11] As principais influências citadas pela banda foram Suicidal Tendencies, Sepultura,[12] Slayer e Exodus, entre outros.[13]

Em pouco tempo de carreira, Nervosa já foi comparada a bandas clássicas do thrash metal. Reinhold Reither, escritor da revista austríaca Onlinemagazin, comparou o álbum de estreia da banda, com os primeiros álbuns do Kreator (Pleasure to Kill) Destruction (Infernal Overkill).[14] Além disso, foram feitas comparações com bandas como Slayer, Sepultura,[15] Exodus e Suicidal Angels.[16]

Ainda em 2019, o Nervosa foi escolhido como sendo o primeiro grupo brasileiro a ser escalado para a edição do trigésimo aniversário do Wacken Open Air, o maior festival de heavy metal do planeta, a se realizar em 2020.[17][18]

MembrosEditar

AtuaisEditar

AntigosEditar

  • Karen Ramos - guitarra (2010-11)[2]
  • Fernanda Terra – bateria (2010-2012)
  • Jully Lee – bateria (2012-13)[2]
  • Pitchu Ferraz – bateria (2013-2016)[8]

Integrantes da banda ao longo do tempoEditar

 

Participação em FestivaisEditar

  • 2012 - Viçosa Metal Fest 2012 (6ª edição) - Viçosa - MG
  • 2012 - Heavy Fest (8ª edição) - Conselheiro Lafaiete - MG
  • 2012 - Stay Heavy Metal Stars (6ª edição)[19] - São Paulo - SP
  • 2012 - Rock Metal Fest[20]
  • 2012 - Rock Na Vitrine[12][21] - São Paulo - SP
  • 2012 - Roça ‘n’ Roll
  • 2012 - Rock Nas Alturas (3ª edição)
  • 2012 - Cultural Rockachu
  • 2013 - Tio Remi 8 anos de Rock - Igrejinha - RS
  • 2014 - Mega Metal Fest - Vila Velha - ES
  • 2016 - Summer-Breeze-Festival
  • 2017 - Leyendas del Rock XII Festival - Espanha
  • 2017 - Rock al Parque - Colombia
  • 2017 - Altavozfest - Colombia
  • 2017 - Festimetal "Santa Catarina" - México
  • 2017 - Headbanger Fest - Rio de Janeiro - RJ
  • 2017 - Cardápio Underground - Bragança Paulista - SP

DiscografiaEditar