Abrir menu principal
Nijō Kanemoto
Daijō Daijin
Dados pessoais
Nascimento 1267
Morte 20 de setembro de 1334 (67 anos)
linkWP:PPO#Japão

Nijō Kanemoto ( 二条 兼基 1267 - 1334?), foi um Nobre do período Kamakura da História do Japão.

Vida e carreiraEditar

Foi filho de Nijō Yoshizane e depois da morte de seu pai foi adotado por seu irmão mai velho Nijō Morotada [1] foi o terceiro líder do Ramo Nijō (originário do Ramo Kujō do Clã Fujiwara).

Ingressou na Corte Imperial em 1277 durante o reinado do Imperador Go-Uda, sendo nomeado Chamberlain [2]. Em 1283 foi nomeado vice-governador da província de Harima.

Em 1287 é nomeado Sangi neste mesmo ano foi promovido a Chūnagon e designado Dainagon em 1288 no reinado do Imperador Fushimi .

Foi nomeado Naidaijin em 1291 e neste mesmo ano designado Udaijin até 1297 quando foi promovido a Sadaijin. Em 1298 foi nomeado tutor do Príncipe Imperial Tanehito (futuro Imperador Go-Fushimi) posteriormente sesshō (12981300) deGo-Fushimi e líder do clã Fujiwara.

Concomitantemente foi nomeado Daijō Daijin no período de 1299 a 1300. Em 1300 tornou-se kanpaku de Go-Fushimi (até sua abdicação em 1301) e do Imperador Go-Nijo até 1305 [1].

Em 1308 abandonou sua vida na Corte e se converteu em monge budista com o nome de Enkū vindo a falecer em 1317 .

Teve como filhos Nijō Michihira, Nijō Moromoto , entre outros.



Precedido por
Nijō Morotada
  -- 3º Líder dos Nijō Fujiwara
Sucedido por
Nijō Michihira
Precedido por
Tōin Kinmori
54º Daijō Daijin
(1299-1300)
Sucedido por
Tsuchimikado Sadazane
Precedido por
Takatsukasa Kanetada
72º Sadaijin
(1297-1299)
Sucedido por
Kujō Moronori
Precedido por
Takatsukasa Kanetada
115º Udaijin
(1291-1297)
Sucedido por
Kujō Moronori
Precedido por
Tōin Kinmori
86º Naidaijin
(1291)
Sucedido por
Tokudaiji Kintaka



Referências

  1. a b Susan Blakeley Klein, Allegories of desire: esoteric literary commentaries of medieval Japan (em inglês) Harvard University Asia Center for the Harvard-Yenching Institute, 2002 p.104
  2. Nakanoin Masatada no Musume, Wilfrid Whitehouse, Eizo Yanagisawa Lady Nijo's own story (em inglês) Tuttle, 1974 p. 233