Abrir menu principal

Noites Negras de Azul

Noites Negras de Azul
Álbum de estúdio de UHF
Lançamento Junho de 1988
Reedição: 2008
Gravação Setembro de 1987 a maio de 1988, Estúdios Valentim de Carvalho, Paço de Arcos
Gênero(s) Rock
Duração 35:69 (LP)
Idioma(s) Português
Formato(s) LP, MC, CD, descarga digital
Editora(s) Edisom, AM.RA Discos
Produção António Manuel Ribeiro
Certificação Ouro
Cronologia de UHF
Ao Vivo em Almada - No Jogo da Noite
(1985)
Em Lugares Incertos
(1988)
Singles de Noites Negras de Azul
  1. "Na Tua Cama [1]"
  2. "Em Violência [2]"

Noites Negras de Azul é o nome do quinto álbum de estúdio da banda portuguesa de rock UHF. Editado em junho de 1988 e foi o primeiro registo do contrato com a Edisom. [3][4]

Noites Negras de Azul é um trabalho auto produzido por António Manuel Ribeiro. Trata-se do álbum mais "negro" dos UHF, com alguma influência da ala cinzenta do rock alternativo de Manchester, e marcado pela ressaca do sucesso vivido pelo líder da banda no boom do rock português, no início dos anos oitenta. Os textos das canções são uma retrospeção de estórias pessoais do autor, caso de "Nove Anos", "Quero Estoirar", "Na Tua Cama", "Sonhos na Estrada de Sintra" e "Íntimo (regresso do inferno)". [5]

A banda sofreu nova alteração com as saídas do baixista Fernando Delaere e do baterista Rui Beat Velez entrando, respetivamente, Xana Sin e Luís Espírito Santo. Renato Gomes, guitarrista e ex membro da banda, foi convidado para participar no tema "Sonhos na Estrada de Sintra". [6]

A canção "Na Tua Cama", primeiro single lançado,[1] foi estreada no dia 20 de abril de 1988 no Estádio da Luz perante 120 mil pessoas, numa atuação durante o intervalo do jogo da Taça dos Clubes Campeões Europeus que apôs o Benfica ao Steaua de Bucareste. Pela primeira vez, um artista lançava uma nova canção fora do espaço radiofónico ou televisivo privilegiando uma plateia de futebol. Tratou-se de um inovador golpe de marketing musical valorizado pela imprensa da época.[7] O single manteve a liderança no top de vendas durante várias semanas.[8] A canção teve a participação de Gil nas teclas e Luis San Payo na bateria.[1] O tema "Nove Anos" foi escrito de relance no dia em que José Afonso faleceu. Trata-se de um texto focado na vida do artista – viagem incerta, conquistas e falhanços – onde se incluí o aplauso, o esquecimento e muitas interrogações. Uma canção de reflexão para António M. Ribeiro.[9] Em julho, saiu para o mercado o segundo single "Em Violência", com o tema "Completamente Infiel" no lado B. [2]

A capa do álbum é uma reprodução do painel da pintora Teresa Dias Coelho.[7] Na edição de vinil podemos contemplar uma fotografia de Luís de Vasconcelos tirada no Santuário da Nossa Senhora do Cabo Espichel, onde a banda realizou uma sessão fotográfica. [10]

Noites Negras de Azul atingiu a quarta posição no top nacional de vendas, sendo galardoado com disco de ouro.[8] Para a digressão os UHF convidaram Rui Beat Velez, passando o palco a ser ocupado em simultâneo com dois bateristas. [11]

Na celebração dos vinte anos do lançamento do disco, Noites Negras de Azul foi reeditado em disco compacto em 2008 pela AM.RA Discos. [12]

Lista de faixasEditar

O álbum de vinil (LP) é composto por oito faixas em versão padrão. António Manuel Ribeiro é compositor em todas elas.

Lado A
N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "Nove Anos"  António M. Ribeiro 4:00
2. "Completamente Infiel"  António M. Ribeiro 4:42
3. "Quero Estoirar; E Uma Oração"  António M. Ribeiro 5:17
4. "Noites Negras de Azul"  António M. Ribeiro 5:08
Lado B
N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "Na Tua Cama"  António M. Ribeiro 4:37
2. "Em Violência"  António M. Ribeiro 3:15
3. "Sonhos na Estrada de Sintra"  António M. Ribeiro 6:18
4. "Íntimo (regresso do inferno)"  António M. Ribeiro 3:32
Duração total:
35:69


Balada rock com sonoridade acústica e um dos maiores sucessos da banda. A canção revela uma estória pessoal de António Manuel Ribeiro. [13]

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

Membros da bandaEditar

Convidados


Referências

  1. a b c d e «Na Tua Cama (single)». Discogs. Consultado em 16 de maio de 2014 
  2. a b «Em Violência (single)». Spirit Of Rock. Consultado em 17 de março de 2016 
  3. «Noites Negras de Azul (LP)». Discogs. Consultado em 19 de março de 2015 
  4. a b c d e «Noites Negras de Azul-Registo sonoro». Bibliotecas Municipais do Porto. Consultado em 8 de outubro de 2014 
  5. «Noites Negras de Azul-UHF». Disco Digital. 23 de setembro de 2008. Consultado em 7 de outubro de 2014 
  6. a b «UHF-Biografia». Música Portuguesa Anos 80-Sapo. Consultado em 7 de outubro de 2014. Arquivado do original em 10 de junho de 2007 
  7. a b Ribeiro, António (2014). Por Detrás do Pano. Avenida da Liberdade 166 1º andar 1250-166 Lisboa: Chiado Editora. p. 77. ISBN 978-989-51-2692-7 
  8. a b Ribeiro, António (2014). Por Detrás do Pano. Avenida da Liberdade 166 1º andar 1250-166 Lisboa: Chiado Editora. p. 81. ISBN 978-989-51-2692-7 
  9. Ribeiro, António (2014). Por Detrás do Pano. Avenida da Liberdade 166 1º andar 1250-166 Lisboa: Chiado Editora. p. 82. ISBN 978-989-51-2692-7 
  10. Roberto Dores (7 de setembro de 2010). «UHF cantam contra abandono do santuário do Cabo Espichel». Diário de Notícias. Consultado em 19 de março de 2015. Arquivado do original em 2 de abril de 2015 
  11. Ribeiro, António (2014). Por Detrás do Pano. Avenida da Liberdade 166 1º andar 1250-166 Lisboa: Chiado Editora. p. 336. ISBN 978-989-51-2692-7 
  12. «Noites Negras de Azul (CD)». Discogs. Consultado em 16 de maio de 2014 
  13. Ribeiro, António (2005). Cavalos de Corrida–A Poética dos UHF. Quinta da Graça, Bela Vista, 1950-219 Lisboa: Setecaminhos. p. 87. ISBN 989-602-073-6 

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar