Abrir menu principal
Nome de Nesut-biti em hieroglifos é
nswt&bity Ca1SPACECa2
Nome de Nesut-Biti de Tutemés II, em Deir Elbari

Nome de trono, igualmente chamado nome de nesute-biti ou mesmo prenome, era um dos vários nomes pelo qual era conhecido o faraó adotando-os quando subia ao trono. A palavra nesut-biti (representada pelo junco e pela abelha, ver ao lado) significa o senhor das duas terras, com a abelha fazendo referência ao Baixo Egito e o junco ao Alto Egito.

HistóriaEditar

Esse título surge em meados da II dinastia com os faraós Sened, Neferkaseker e Peribsen, tendo sido também usado pela III dinastia. Porém, foi só na IV dinastia que sua utilização se tornou habitual.

Senefuru, primeiro faraó da IV dinastia, preconizou o uso do cartucho rodeando o nome real e substituindo o então Nome de Hórus, muito utilizado àquela época como principal título do faraó.

No Império Médio, nas dinastias XI e XII, os faraós recebiam 4 títulos quando ascendiam ao trono, formando assim com o nome de nascimento 5 nomes reais. Eram eles: Nome de Hórus, Nome de Hórus de Ouro, Nome de Nebti, Nome de Nesut-biti e Nome de Sa-Ré. Porém a maneira mais oficial de representação era o Nome de Nesut-biti, sendo utilizado mais frequentemente nas listas reais.

ExemplosEditar

Nome de trono de Ramessés II
Hieroglifo
 
←N5     
N35→
Transliteração Wsr-Mȝˁ.t-Rˁ Stp-n-Rˁ
Transliteração (ASCII) wsr-mAat-ra stp.n-ra
Transcrição Usermaetré-Setepenré
Tradução "A justiça de é poderosa, o escolhido de Ré"
Nome de trono de Aquenáton
Hieroglifo
 
←N5  
 
  
N35→
Transliteração nfr ḫprw Rˁ wˁ n Rˁ
Transliteração (ASCII) nfr-xprw-ra wa-n-ra
Transcrição Neferkheperuré-Uaenré
Tradução "As manifestações de Ré são perfeitas, o único de Ré"

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre Egiptologia é um esboço relacionado ao Antigo Egito. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.