Abrir menu principal
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes está sujeito a remoção.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

"Non, à jamais sans toi" ("Não, sempre sem ti") foi a canção que representou a Suíça no Festival Eurovisão da Canção 1965 que se realizou em 21 de março de 1965, em Nápoles. Foi interpretada em francês pela cantora grega Yovanna (nome verdadeiro: Ioanna Fassou Kalpaxi). Foi a 18.ª e última canção a ser interpretada na noite do festival, a seguir à canção jugoslava "Čežnja"., interpretadaor Vice Vukov. A canção suíça terminou a competição em oitavo lugar, recebendo um total de 8 pontos. No ano seguinte, em 1966, a Suíça foi representada por Madeleine Pascal que interpretou o tema "Ne vois-tu pas?".

Suíça "Non, à jamais sans toi"
Festival Eurovisão da Canção 1965
País
Artista(s)
Língua
Francês
Compositor(es)
Bob Calfati
Letrista(s)
Jean Charles
Performance das finais
Resultado da semifinal
------
Pontos da semifinal
------
Resultado da final
8.º
Pontos da final
8
◄ "I miei pensieri" (1964)   
"Ne vois-tu pas?" (1966) ►

Autores da cançãoEditar

AUTORES
Letrista: Jean Charles
Compositor: Bob Calfati
Orquestrador: Mario Robbiani

LetraEditar

A canção é uma despedida ao seu amante. Ela considera que todo o tempo passado com ele foi uma pura perda de tempo e chega à conclusão que o melhor é que ele desapareça da vida dela. Daí o título "Não, sempre sem ti".

Ligações externasEditar

  A Wikipédia possui o
Portal da Música


  Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.