Norma Blum

Norma Blum
Nome completo Norma de Lacerda Blum
Nascimento 11 de outubro de 1939 (80 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade brasileira
Ocupação
Atividade 1954–presente
Cônjuge Milton Moraes (c. 1961; div. 1970)
Zé Rodrix (c. 1974; div. 1980)
IMDb: (inglês)

Norma de Lacerda Blum (Rio de Janeiro, 11 de outubro de 1939) é uma atriz, apresentadora e escritora brasileira. Atua também como terapeuta holística.

CarreiraEditar

Aos doze anos, Norma Blum ingressou na TV Tupi, dando aulas de inglês como assistente de seu pai, o professor Robert Blum. Em 1954, passou a integrar o quadro fixo de atores da TV Tupi, tendo participado da maioria dos programas da época, como o Teatro de Comédia, comandado por Maurício Sherman, o Grande Teatro Tupi, dirigido por Sérgio Britto e Fernando Torres e o Teatrinho Trol, de Fábio Sabag. Na TV Tupi, esteve também no elenco de telenovelas, como A Canção de Bernadete, no papel de Nossa Senhora de Lourdes. Além da TV Tupi, a atriz passou pela TV Excelsior, TV Rio e TV Continental.

Em 1964 foi convidada a participar do elenco de estreia da Rede Globo. Em seu primeiro trabalho na emissora, participou do programa Romance na Tarde, onde fazia a apresentação de filmes e realizava entrevistas com atores e cantores. Participou ainda dos especiais de Dercy Gonçalves e de telenovelas, como A Gata de Vison, em 1968. Ao lado de Hilton Gomes, comandou a apresentação do Festival Internacional da Canção de 1968 e o de 1969.

Em 1975 retornou à TV Globo para atuar em Pluft, o Fantasminha. No mesmo ano, Norma protagonizou a telenovela Senhora, escrita por Gilberto Braga e dirigida por Herval Rossano. Esteve no elenco de muitas telenovelas da Rede Globo que se seguiram, como Bravo!, em 1975; Vejo a Lua no Céu, em 1976; Marina em 1980; Elas por Elas, em 1982; Sinhá Moça, em 1986, Bambolê, em 1987 e Lua Cheia de Amor em 1990, entre outras. Mas, com certeza, seus personagens mais marcantes foram a doce e corajosa Malvina, de Escrava Isaura, em 1976, e a cruel governanta Frau Herta, de Ciranda de Pedra, em 1981.

A atriz também participou do elenco de muitos episódios do Caso Verdade e de minisséries, como Anos Rebeldes, em 1992. Voltou às telenovelas em agosto de 2001, em a Pícara Sonhadora, uma produção do SBT.

Participou ainda de Celebridade, em 2003; A Escrava Isaura, em 2004; Floribella, em 2005; e Malhação em 2007. Retornou em 2011 ao horário nobre na novela de Gilberto Braga Insensato Coração da Rede Globo.

Em dezembro de 2010, foi agraciada com a comenda da Ordem do Ipiranga pelo Governo do Estado de São Paulo.[1]

FilmografiaEditar

Televisão[2]Editar

Ano Título Personagem Notas
1955 Nossa Cidade Emily [3]
Bailes de Carnaval Apresentadora [3] 1955-1960
1956 Noite de Gala Apresentadora [3] 1956-1959
1957 A Canção de Bernadette Nossa Senhora de Lourdes [3]
A Pequena Sereia Pequena Sereia [3]
1958 Grande Teatro Tupi Vários Personagens[3] 1958-1962
Turandot Su-hir [3]
A Bruxinha que Era Boa Bruxinha Boa [3]
O Preço do Erro [3]
1959 O Príncipe Pássaro Menina Olga [3]
1960 O Colar das Vontades Rainha [3]
O Barba Azul Helena [3]
1961 O Pintor e a Florista Florista [3]
O Dono da Bola Eva
1962 Os Três Cisnes Princesa Sirene [3]
O Príncipe e o Mendigo Princesa [3]
O Sino da Capela Menina [3]
Dona Felicidade Felicidade [3]
A Esposa de Marco Pólo Esposa de Marco Pólo [3]
1963 A Bela e a Fera Bela [3]
O Lago dos Cisnes Princesa Odete [3]
A Escrava da Judeia Princesa Neferere [3]
1964 O Acusador [3]
1965 Romance na Tarde Apresentadora [3]
Ilusões Perdidas [3]
1966 Os Irmãos Corsos Isabella
1967 O Homem Proibido Pamela Abbott
Dercy de Verdade Vários Personagens 1967-1968
1968 Festival Internacional da Canção Apresentadora
A Gata de Vison
1969 A Última Valsa Clara de Olemberg
Festival Internacional da Canção Apresentadora
1975 Pluft, o Fantasminha Maribel
Senhora Aurélia Camargo
Bravo! Elvira Participação especial
1976 Vejo a Lua no Céu Suzana
Escrava Isaura Malvina Fontoura
1980 Marina Sônia
1981 Ciranda de Pedra Frau Herta
1982 Caso Verdade Nadir Episódio: "O Menino do Olho Azul"
Episódio: "Um Peixe Fora D'água"
Elas por Elas Marieta
Caso Verdade Episódio: "A Caçadora de Vampiros"
1983 Maçã do Amor Condessa Lílian[4]
1984 Caso Verdade Episódio: "Renúncia"
Episódio: "Blumenau, Tudo Azul"
Episódio: "Não Roubarás"
1985 Episódio: "Os Gêmeos"
Episódio: "Vivendo e Aprendendo"
1986 Sinhá Moça Nina Teixeira
1987 Bambolê Carmem
1988 A Praça da Alegria
1989 Cortina de Vidro Clarisse
1990 Lua Cheia de Amor Maria Cecília
1992 Anos Rebeldes Valquíria Galvão
Você Decide Episódio: "Na Marca do Pênalti"
1993 Retrato de Mulher Freira 1 episódio
2001 Pícara Sonhadora Leonor Lucchini
2003 Celebridade Hercília Prudente da Costa
2004 A Escrava Isaura Gertrudes Almeida
2005 Floribella Corina Bittencourt Temporada 1
2006 Alta Estação Dona Sofia Participação especial
2007 Malhação Dionísia Pimenta Temporada 1415
2009 Tudo Novo de Novo Dona Luci Episódio: "Evasões"
Cama de Gato Irmã Andréia
2011 Insensato Coração Olga Brandão
2012 As Brasileiras Glédis Episódio: "A Culpada de BH"
Carrossel Ruth Soares Participação especial
2013 Joia Rara Mama Francesca Baldo
Malhação Casa Cheia Freira Temporada 21
2015 Além do Tempo Irmã Lúcia (1ª fase) / Matilde (2ª fase)

FilmesEditar

Ano Título Personagem
1956 Sai de Baixo A Mocinha
1960 Cala a boca, Etelvina A Mocinha
Minervina vem aí Nini
1961 O Dono da Bola Eva
Mulheres e Milhões Namorada [5]
1962 Assassinato em Copacabana Lalá
Sócio de Alcova Secretária
1964 O beijo Dália
1968 As Sete Faces de Um Cafajeste Lilian
Vidas Estranhas Marina
1976 O casamento Glorinha
1982 Amor de Perversão Sílvia[6]
1984 Jeitosa, um Assunto Muito Particular Dona Rosa[7]
1987 Sonhos de menina-moça Clarisse [8]
Vera [9] Isolda
2014 Operação Orquídea[10] Adélia Junqueira
2017 Entre Amores Malva

TeatroEditar

  • 2003 - O despertar dos anjos, de Gabriel Veiga Castellani
  • 2000/ 2001 - E a Vida Continua, de Chico Xavier
  • 1996 a 1998 - Francisco e Clara
  • 1989 / 1989 a 1992 - Além da vida, de Chico Xavier
  • 1989 - Tutti buona gente
  • 1988 - Os amores de Casanova
  • 1982 / 1983 - Adorável Júlia, de Somerset Maugham
  • 1981 / 1982 - A bomba de Elizabeth, de Álvaro Valle
  • 1976 / 1077 / 1078 - Cinderela do petróleo, de João Bethencourt
  • 1966 - As inocentes do Leblon, de Barillet e Gredy
  • 1965 - Electra, de Sófocles
  • 1964 - Weekend, de Noel Coward
  • 1964 - A quinta cabeça, de Marcel Aymé
  • 1962 /1963 - A terceira pessoa, de Andrew Rosenthal
  • 1962 - Oscar, de Claude Magnier
  • 1962 - Você pode ser pai, de Alexandre Bisson e Vast Ricouard
  • 1959 - Nossa cidade, de Thornton Wilder

Referências

  1. «DECRETO Nº 56.506». Portal da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. 9 de dezembro de 2010. Consultado em 12 de março de 2018 
  2. «Trajetória de Norma Blum». Memória Globo. Consultado em 19 de abril de 2018 
  3. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x Muitas Vidas: Vida e Carreira de Norma Blum, de Norma Blum. Ed. Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2009, p. 581-602.
  4. Nilson Xavier. «Teledramaturgia - Maçã do Amor». Consultado em 5 de abril de 2018 
  5. «Mulheres e Milhões». Cinemateca Brasileira. Consultado em 19 de abril de 2018 
  6. «Amor de Perversão». Cinemateca Brasileira. Consultado em 8 de dezembro de 2016 
  7. «Jeitosa, um Assunto Particular». Cinemateca Brasileira. Consultado em 8 de dezembro de 2016 
  8. «Sonhos de Menina Moça». e-Pipoca. Consultado em 8 de dezembro de 2016. Arquivado do original em 20 de dezembro de 2016 
  9. Cinemateca Brasileira, Vera [em linha]
  10. http://matilhacultural.com.br/

Ligações externasEditar