Abrir menu principal
Território da dinastia Qing na China em 1820, com o Noroeste Exterior da China dentro de suas fronteiras

Noroeste Exterior da China (em chinês: 外 西北; pinyin: wài xī běi) é um termo usado para descrever os territórios cedidos pela de China Qing para o Império Russo na Convenção de Pequim, pelo Tratado de Fronteira Noroeste Sino-Russo, pelo Tratado de São Petersburgo (1881), e outros Tratados Desiguais. Os territórios são partes antigas do extremo oeste de Xinjiang e norte da Mongólia Exterior. Historicamente, o Noroeste Exterior da China fez parte de Dzungaria mas foi obtida pelos Manchus após a derrota dos dzungares no século XVIII.

Após a dissolução da União Soviética, os territórios são separados e governados pelos quatro sucessores da União Soviética: Cazaquistão, Quirguistão, Tadjiquistão e Rússia.

Ver tambémEditar