Abrir menu principal

North to Alaska

filme de 1960 dirigido por Henry Hathaway e John Wayne
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde janeiro de 2019). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
North to Alaska
No Brasil Fúria no Alasca[1][2][3]
Em Portugal A Terra das Mil Aventuras[4][5]
 Estados Unidos
1960 •  cor •  122 min 
Direção Henry Hathaway
John Wayne
(não creditado)
Produção Henry Hathaway
John Lee Mahin
Roteiro John Lee Mahin, Martin Rackin, Claude Binyon, John H. Kafka, Ben Hecht e Wendell Mayes
Elenco John Wayne, Stewart Granger, Ernie Kovacs, Fabian, Capucine, Mickey Shawghnessy, Karl Swenson
Gênero aventura
comédia
faroeste
Música Lionel Newman
Cinematografia Leon Shamroy
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

North to Alaska (bra: Fúria no Alasca; prt: A Terra das Mil Aventuras) é um filme estadunidense de 1960, dos gêneros aventura, comédia e faroeste, dirigido por Henry Hathaway, com roteiro de John Lee Mahin, Martin Rackin, Claude Binyon, John H. Kafka, Ben Hecht e Wendell Mayes baseado na peça Birthday Gift de Laszlo Fodor.[1] A trilha sonora é de Lionel Newman.

Índice

SinopseEditar

Em 1900, na região de Nome, no Alasca, onde ocorria uma corrida do ouro, os sócios Sam McCord e os irmãos George e Billy Pratt encontram uma fortuna em pepitas. George resolve então se casar e envia à Seattle Sam para buscar sua noiva francesa, que não via há três anos, enquanto ele e o irmão ficam para tomarem conta da mina. Ao chegar aquela cidade, Sam descobre que a mulher se casara. Vai a um prostíbulo de luxo e encontra outra francesa, Michelle "Angel" Bonnet. Sam propõe a Michelle levá-la para o Alasca a fim de "consolar" o amigo. A mulher aceita mas Sam não esperava que ele próprio se apaixonasse por Michelle e tivesse que disputá-la com os sócios. Outro problema são as trapaças de Frankie Canon, que arma um plano para lhes tomar a mina.

ElencoEditar

ProduçãoEditar

 
Nome em 1900

Esse foi o primeiro dos três filmes previstos do contrato de John Wayne com a 20th Century Fox. O Alasca havia se tornado um estado americano em 1959 e havia interesse do público pela região na época. O primeiro título escolhido para o filme era Trail of the Yukon,[6] e o diretor seria Richard Fleischer. Mas Fleischer não gostou do roteiro e temia que o filme fracassasse nas bilheterias. Sob pretexto de não querer no elenco a francesa Capucine, que ele sabia ser amante do agente e produtor Charles K. Feldman, acabou por ser substituído.[7] Spyros Skouras cortou o orçamento e Hathaway teve que diminuir as cenas em locação.[8]

A maior parte das filmagens foi em Point Mugu (Califórnia e não no Alasca, portanto).[9] A corrida de ouro de Nome não deve ser confundida com a mais famosa Klondike, no Rio Yukon (Canadá). Em Nome, a febre do ouro começou em 1899 quando Klondike já estava em decadência; muitos dos garimpeiros de Nome tinham vindo de lá. Em Nome o ouro estava nas areias das praias e os mineradores viajavam de barcas, como mostrado no filme. A mina do personagem de John Wayne fica no interior mas o local não é dito. Não havia cais para o desembarque, por causa das marés variáveis, conforme mostrado no filme. As cenas da "cabana da lua de mel" foram filmadas nas fontes térmicas próximas do vulcão da Montanhas Mammoth na Califórnia. O Monte Morrison aparece ao fundo de várias cenas.

Uma boa narrativa da vida nos campos de garimpeiros de Nome entre 1899 e 1901, é "Fool's Gold", um livro do proprietário de saloon Jed Johnson. Ele mantivera o notório Ophir Saloon.

  A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. a b «Fúria no Alasca». Brasil: CinePlayers. Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  2. «Fúria no Alasca». Brasil: AdoroCinema. Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  3. EWALD FILHO, Rubens (1975). Os filmes de hoje na TV. São Paulo (Brasil): Global. p. 86 
  4. «A Terra das Mil Aventuras». Portugal: CineCartaz. Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  5. «A Terra das Mil Aventuras». Portugal: SapoMag. Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  6. [1]
  7. Fleischer, Richard Just Tell Me When to Cry 1993 Carroll and Graf.
  8. p. 236 Davis, Ronald L. Duke: The Life and Image of John Wayne 2002 University of Oklahoma Press.
  9. p. 481 Roberts, Randy & Olson, James Stewart John Wayne: American 1997 University of Nebraska Press.
  Este artigo sobre um filme de faroeste é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.