Abrir menu principal

Nova Europa

município brasileiro do estado de São Paulo
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Nova Europa (desambiguação).

Nova Europa é um município brasileiro do interior do estado de São Paulo, Região Sudeste do país. Sua área territorial é de 160,87 km² e sua população, conforme estatísticas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) era de 11 013 habitantes em 2018.[5]

Município de Nova Europa
Bandeira de Nova Europa
Brasão de Nova Europa
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 30 de dezembro
Fundação 1907 (111–112 anos)
Gentílico nova-europense
Prefeito(a) Luizão (PTB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Nova Europa
Localização de Nova Europa em São Paulo
Nova Europa está localizado em: Brasil
Nova Europa
Localização de Nova Europa no Brasil
21° 46' 40" S 48° 33' 39" O21° 46' 40" S 48° 33' 39" O
Unidade federativa São Paulo
Região intermediária

Araraquara IBGE/2017[1]

Região imediata

Araraquara IBGE/2017[1]

Municípios limítrofes Gavião Peixoto, Boa Esperança do Sul, Ibitinga, Tabatinga, Matão e Araraquara
Distância até a capital Não disponível
Características geográficas
Área 160,876 km² [2]
População 11,013 hab. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sp/nova-europa/panorama
Densidade 0,07 hab./km²
Altitude 490 m
Clima tropical Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,791 alto PNUD/2000[3]
PIB R$ 255,450 mil IBGE/2013[4]
PIB per capita R$ 25,272 10 IBGE/2013[4]

Índice

HistóricoEditar

As origens do povoamento do Cambuy remontam ao século XIX, quando em 1815, foi concedida uma sesmaria, nos sertões de Araraquara, ao Coronel Joaquim José Pinto de Moraes Leme. Contudo, a colonização iniciou somente em 1906, quando o Governo do Estado adquiriu do Desembargador Bernardo Avelino Gavião Peixoto, um herdeiro do antigo sesmeiro, parte das terras para instalação dos núcleos coloniais de Nova Europa, Nova Paulicéia, e Gavião Peixoto.

Para atrair imigrantes, foram criados nesses núcleos vários incentivos tais como isenção de pagamento antecipado para aquisição de lotes, e longos prazos de pagamento. A Estrada de Ferro de Dourado fazia em Ribeirão Bonito, conexão com a Companhia Paulista de Estradas de Ferro, uniu estes núcleos em 1908, levando ao rápido escoamento da produção agrícola local. O núcleo de Nova Europa foi assim denominado em homenagem aos imigrantes europeus, se destacou devido à alta produção de café, arroz, algodão, milho, e outros cereais.

Formação AdministrativaEditar

Em divisão de 1911, não figura o Distrito de Nova Europa. O distrito foi criado com a denominação Nova Europa, por Lei Estadual nº 1409, de 30 de dezembro de 1913, no Município de Ibitinga. Nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de I-IX-1920, Nova Europa ainda figura como Distrito de Município de Ibitinga.

A Lei Estadual nº 2085, de 18 de dezembro de 1925, transferia o Distrito de Nova Europa do Município de Ibitinga para o de Tabatinga.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o Distrito de Nova Europa figura no Município de Tabatinga. Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, Nova Europa é Distrito judiciário e pertence ao Município de Tabatinga, do termo e comarca de Ibitinga. No quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31-III-1938, o Distrito de Nova Europa permanece no Município de Tabatinga, assim figurando no quadro fixado pelo Decreto Estadual n.º 9775,de 30-XI-1938, para 1939-1943.

Em virtude do Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30-XI-1944, que fixou o quadro territorial para vigorar em 1945-1948, o Distrito de Nova Europa figura igualmente no Município de Tabatinga, assim como no texto fixado pela Lei nº 233, de 24-XII-1948 para 1949-1953.

Nova Europa foi elevado à categoria de município, por Lei estadual nº 2456, de 30 de dezembro de 1953, com a denominação de Nova Europa, desmembrado de Tabatinga. Ficava constituído do Distrito Sede. A sua instalação se verificou no dia 01 de janeiro de 1955. Figurando no quadro territorial para vigorar respectivamente, no período de 1954-1958, o município e figura com o Distrito Sede.

Em divisão territorial datada de 01-VII-1960, o município ficava constituído do Distrito Sede Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.


ComunicaçõesEditar

A cidade era atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP)[6], que construiu a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica[7], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[8] para suas operações de telefonia fixa.

AdministraçãoEditar

 Ver artigo principal: Lista de prefeitos de Nova Europa

ReligiãoEditar

Igreja CatólicaEditar

O município pertence à Diocese de São Carlos.

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 24 de abril de 2018 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2013». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2013 [ligação inativa]
  5. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Estimativa 2016
  6. «Área de atuação da Telesp em São Paulo». Página Oficial da Telesp (arquivada) 
  7. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  8. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre municípios do estado de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.