Nota: Este artigo é sobre um álbum musical. Para telejornal da CNN, veja CNN Novo Dia.

Novo Dia é o quarto álbum de estúdio da banda de rock cristão Rebanhão, lançado em setembro de 1988 pela gravadora PolyGram, com produção musical do músico Paulo Debétio. Junto a Semeador e Pé na Estrada, foram os únicos discos da banda que não foram remasterizados e lançados em CD.[1][2]

Novo Dia
Novo Dia
Álbum de estúdio de Rebanhão
Lançamento 13 de setembro de 1988 (1988-09-13)
Gênero(s)
Duração 37:21
Idioma(s) Português
Formato(s) Vinil
Gravadora(s) PolyGram
Produção Paulo Debétio
Arranjos Rebanhão e Júlio César Teixeira
Cronologia de Rebanhão
Semeador
(1986)
Princípio
(1990)

Lançado em setembro de 1988, durante um show no Canecão,[3] o projeto marca o amadurecimento musical da banda. Foi um de seus trabalhos mais notáveis, considerado por muitos como um dos clássicos do rock cristão nacional. A maioria dos vocais no disco são do vocalista e guitarrista Carlinhos Felix, embora Pedro Braconnot tenha assinado algumas faixas e Marotta cante em "Entre eu e Você".[4] Pela primeira e única vez na banda, o grupo gravou uma versão, "Jesus é Amor", tradução de "Jesus is Love", escrita por Lionel Richie.

Em 2015, foi considerado, por vários historiadores, músicos e jornalistas, como o 30º maior álbum da música cristã brasileira, em uma publicação dirigida pelo portal Super Gospel.[5][6] Em 2019, foi eleito o 35º melhor álbum da década de 1980 em lista publicada pelo mesmo veiculo.[7]

Antecedentes

editar

Semeador, lançado em 1986, ficou caracterizado como um projeto de transição, sobretudo pelas mudanças de formação. Como um quarteto consolidado, o Rebanhão lidava com uma agenda significativa e exposição inédita além do segmento evangélico.[8] Mas a banda também lidou com perdas: o fundador e ex-vocalista Janires morreu num acidente automobilístico em janeiro de 1988, o que impactou os integrantes do grupo. Dando continuidade ao contrato com o selo Evangélico da PolyGram, a banda entrou em estúdio naquele ano para a produção de Novo Dia.[6]

Gravação

editar

O álbum foi gravado em 1988 com produção musical de Paulo Debétio, músico e compositor que assinou a produção de vários discos da época de artistas do cenário da MPB, do samba e do sertanejo. Uma das influências do produtor foi a gravação da versão "Jesus é Amor", canção de Lionel Richie que foi versionada por Paulinho Rezende. Além disso, o Rebanhão também resolveu regravar "Nele Você Pode Confiar", da banda Comunidade S8 e gravar "Primeiro Amor", de Aurélio Rocha. O restante do álbum é autoral.[9]

O projeto foi dedicado em homenagem a Janires e também ao compositor Sérgio Pimenta, da banda Vencedores por Cristo, que morreu de câncer. Pimenta escreveu "Viajar", gravada pelo Rebanhão no álbum anterior.[10]

Lançamento e recepção

editar
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
O Propagador      [11]
Super Gospel      [7]

Novo Dia foi lançado em 13 de setembro de 1988 pela gravadora PolyGram, com show no Canecão, com lotação máxima do público.[3][12] A apresentação se tornou um marco inédito na história do segmento evangélico. "Jesus é Amor" recebeu uma versão em videoclipe, que se tornou o primeiro clipe da banda e um dos primeiros do cenário cristão.[9]

O álbum também recebeu avaliações favoráveis da crítica. O guia discográfico do O Propagador atribuiu uma cotação de 4,5 estrelas de 5, com o argumento de que "'Razão' é o claro exemplo de que o grupo poderia sobreviver sem Janires tendo Pedro Braconnot como compositor".[11] Em texto para o Super Gospel, Tiago Abreu afirmou que "um álbum que contém canções como 'Primeiro Amor', 'Razão' e 'Nele Você Pode Confiar' nada mais pode ser considerado abaixo de clássico. Certamente, um dos melhores álbuns cristãos nacionais da década de 1980".[9]

Algumas faixas do disco foram relançadas na coletânea Grandes Momentos, lançada em 1994 pela Warner Music Brasil.[13] Anos depois, a música "Primeiro Amor" foi regravada por vários artistas, como o próprio vocalista Carlinhos Felix em carreira solo,[14] e Aline Barros.[15] "Nele Você Pode Confiar" recebeu cover de Paulo César Baruk e Lito Atalaia.[16]

Faixas

editar

A seguir lista-se as faixas, compositores e durações de cada canção de Novo Dia, segundo o encarte do disco.[17]

Lado A
N.º TítuloCompositor(es)Vocais Duração
1. "Jesus é Amor" (Jesus is love)Lionel Richie / Vs. Paulinho RezendeCarlinhos Felix 4:39
2. "Firme os Pés"  Lucas RibeiroCarlinhos Felix 4:07
3. "Você Precisa de Deus"  Carlinhos FelixCarlinhos Felix 3:57
4. "Entre eu e Você"  Carlinhos Felix e Lucas RibeiroPaulo Marotta 2:58
5. "Contemplar"  Pedro BraconnotPedro Braconnot 2:54
Lado B
N.º TítuloCompositor(es)Vocais Duração
1. "Novo Dia"  Carlinhos FelixCarlinhos Felix 3:26
2. "Razão"  Pedro BraconnotPedro Braconnot 3:20
3. "Primeiro Amor"  Aurélio RochaCarlinhos Felix 5:10
4. "Nada Mais a Temer"  Pedro BraconnotPedro Braconnot 3:12
5. "Nele Você Pode Confiar"  Ricardo Costa NevesCarlinhos Felix 3:33

Ficha técnica

editar

A seguir estão listados os músicos e técnicos envolvidos na produção de Novo Dia:[17]

Banda
Músicos convidados
  • Barney - percussão
  • Zé Nogueira - sax soprano em "Você Precisa de Deus"
  • Ion Muniz - sax soprano e flauta em "Nada Mais a Temer" e "Nele Você Pode Confiar"
  • Carla - vocal de apoio
  • Branca - vocal de apoio
  • Jussara - vocal de apoio
  • Jurema - vocal de apoio
Equipe técnica
  • Paulo Debétio - produção musical
  • Túlio César Teixeira - coordenação musical, arranjo e regência em "Jesus É Amor"
  • Maria Helena - coordenação de produção
  • Zani Silva - direção executiva
  • Ary Carvalhaes - técnico de gravação
  • João Moreira - técnico de gravação
  • Jairo Gualberto - técnico de gravação
  • Luiz Cláudio Coutinho - técnico de gravação
  • João Moreira - mixagem
  • Charles - auxiliar de gravação
  • Barroso - auxiliar de gravação
  • Carlos Adriano - montagem
  • José Antônio - corte

Reconhecimento

editar
Publicação Reconhecimento Ano Posição
Super Gospel 100 maiores álbuns da música cristã brasileira[5][6] 2015 30
Super Gospel 100 melhores álbuns dos anos 1980[7] 2019 35

Referências

  1. «Discografia». Rebanhão. Consultado em 14 de setembro de 2012 
  2. «Discografia». Arquivo Gospel. Consultado em 14 de setembro de 2012. Arquivado do original em 12 de julho de 2016 
  3. a b «Profano ou sacro, muito som rolando». O Globo: 29. 5 de setembro de 1988  Página visitada em 26 de setembro de 2015.
  4. «Rock cristão: alguns dos principais discos nacionais do gênero». Whiplash.net. Consultado em 3 de outubro de 2013 
  5. a b «Sites cristãos produzem lista dos 100 maiores álbuns nacionais». Super Gospel. Consultado em 2 de setembro de 2015 
  6. a b c «Os 100 maiores álbuns nacionais da música cristã». O Propagador. Consultado em 2 de setembro de 2015. Arquivado do original em 1 de setembro de 2015 
  7. a b c «100 melhores álbuns dos anos 1980». Super Gospel. Consultado em 27 de agosto de 2019. Cópia arquivada em 23 de novembro de 2022 
  8. Aramis Millarch (5 de abril de 1987). «Messianismo musical com muito marketing». Estado do Paraná. Consultado em 7 de dezembro de 2013 
  9. a b c «CD Novo Dia (Rebanhão) - Análise». Super Gospel. Consultado em 8 de abril de 2014 
  10. «Dados artísticos». Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Consultado em 7 de dezembro de 2013 
  11. a b «Rebanhão - discografia e obra». O Propagador. Consultado em 8 de março de 2015. Arquivado do original em 2 de abril de 2015 
  12. «Rebanhão». Jornal do Brasil -Caderno Domingo,Ano 13, nº 645-Republicado pela biblioteca Nacional-Hemeroteca Digital Brasileira. 11 de setembro de 1988. Consultado em 1 de janeiro de 2019 
  13. «Grandes Momentos». Arquivo Gospel. Consultado em 14 de setembro de 2012. Arquivado do original em 4 de outubro de 2013 
  14. «Discografia». Carlinhos Félix. Consultado em 13 de outubro de 2012 
  15. Jhonata Cardoso. «CD Fruto de Amor (Aline Barros) -Análise». Super Gospel. Consultado em 21 de março de 2012 
  16. «CD Graça ao Vivo (Paulo César Baruk) - Análise». Super Gospel. Consultado em 30 de julho de 2016 
  17. a b (1988) Créditos do álbum Novo Dia por Rebanhão. PolyGram.
  Este artigo sobre um álbum de Rebanhão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.