Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde setembro de 2013). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

custolu

Nuno Barrroso
Informação geral
Nome completo Nuno Barroso
Nascimento 23/03/1977
Origem Lisboa
País Portugal Portugal
Gênero(s) Pop-rock
Instrumento(s) Vocal, Guitarra, piano
Período em atividade 1997 - actualidade
Gravadora(s) MCA, Vidisco

Nuno Barroso é um cantor, autor-compositor e músico português.

Índice

BiografiaEditar

Foi fundador dos Além Mar com quem gravou os álbuns "Além Mar" e "Viver". "Deixa-me Olhar" permaneceu mais de 5 meses em Nº1 no Airplay das Rádios Nacionais e o álbum tornou-se um grande suecesso. Outros sucessos foram "Cidade" ou "Já Não Há Mais Baladas".

Em 2001 participa no disco de duetos de José Cid. No ano seguinte é editado "Hei-de Voltar".

Compõe para outros artistas como Adelaide Ferreira, Rita Guerra e Beto, José Cid, Nuno Guerreiro, entre outros.

Em 2005 lança o álbum "A Vida Dá Muitas Voltas" onde assume a produção e composição das letras e das músicas das 12 canções. Temas como "Poeta Solitário", "Só tu podes ser", "Eterno Abrigo", "Janela do Mundo" ou "A Vida da muitas Voltas" que surge na banda sonora da telenovela "Mistura Fina" da TVI.[1]

Os Além Mar regressam em 2007 é lançam o álbum "Acreditar".

Escreve a canção "Mais um dia" para José Cid, genérico de uma das novelas da TVI, venceu o prémio de melhor música de telenovela de 2009 na primeira gala de troféus de TV da revista TV7 Dias.

Em 2009 reaparece a solo com a apresentação de um disco de duetos [2] em que mostra a sua grande versatilidade como compositor e cantor, abrangendo vários estilos musicais desde o Jazz, o Rock, as baladas ou o Fado.

Como convidados deste disco aparecem José Cid, Nuno Guerreiro (Ala dos Namorados), Nuno Norte, Inês Santos, Pedro Barroso, o norueguês Stigy, Zoey Jones, Rafa Bocero, Filipe Gonçalves, Lara Afonso, Anabela e Jorge Vadio.[1]

Colaborou com a banda luso-alemã Os Atlânticos no tema "Voltar" com que participaram no "Tontalente des Düsseldorfer Festival 2011".

O disco "Musica Mundi" contém peças de piano compostas por Nuno Barroso, tais como o single "Amanhecer em Jerusálem", a trilogia sobre escalas pentatónicas chinesas chamada "Muralha da China", "Ibéria" sobre as origens da música do nosso país e a peça "Guerreiro árabe-saladino" sobre música árabe.

DiscografiaEditar

  • Mistério sem Fim (CD, 2001)
  • Hei de Voltar (CD, NZ/Zona Música, 2002)
  • A Vida Dá Muitas Voltas (CD, Espacial, 2005)
  • Revolucion de la Luna
  • Revolucion del Amor
  • Música Mundi (CD, Ovação, 2012)
  • Coração Rebelde (CD, 2014)
  • Duetos (CD, 2018)

Referências

Ligações externasEditar