Abrir menu principal

Nuno Caetano Álvares Pereira de Melo, 6.º Duque de Cadaval

Disambig grey.svg Nota: Se procura outros significados, veja Nuno Caetano Álvares Pereira de Melo.
Nuno Caetano Álvares Pereira de Melo, 6.º Duque de Cadaval
Nascimento 7 de abril de 1799
Lisboa
Morte 14 de fevereiro de 1838 (38 anos)
Cidadania Portugal
Ocupação político

Nuno Caetano Álvares Pereira de Melo (Lisboa, 7 de Abril de 1799Paris, 14 de Fevereiro de 1837), 8.º marquês de Ferreira, 9.º conde de Tentúgal e 6.º duque de Cadaval, foi um alto aristocrata e um dos principais políticos miguelistas que, entre outras funções, foi Ministro Assistente ao Despacho, o ministro a quem cabia chefiar o governo, num dos executivos de D. Miguel I de Portugal.

BiografiaEditar

Ao ver que as tropas miguelistas, estacionadas em Lisboa, não conseguiam suster as forças militares do general duque da Terceira, vendo já perdida a sua causa, retirou-se para Elvas, onde se conservou até ser assinada a convenção de Évora-Monte, fruto da vitória liberal.

A 6 de Outubro de 1834 partiu exilado para Inglaterra, e passou depois a Paris, onde morreu.

Dados GenealógicosEditar

D. Nuno Caetano Álvares Pereira de Melo era filho primogénito de D. Miguel Caetano Álvares Pereira de Melo, 5.º duque de Cadaval e de Marie Madaleine de Montmorency-Luxembourg, uma descendente da alta aristocracia francesa.

Casou-se com D. Maria Domingas Francisca de Bragança de Sousa e Ligne no dia 1 de Agosto de 1820, dia em que esta completou 19 anos. Estes eram parentes já que D. Maria Domingas, filha do 2º Duque de Lafões era, pelo lado materno, bisneta do 2º Duque de Cadaval.

Tiveram:

Ligações externasEditar