Abrir menu principal

Nuno Mindelis (Cabinda, 7 de Agosto de 1957) é um músico luso-brasileiro nascido em Angola. É um dos mais conceituados guitarristas de blues do Mundo.

CarreiraEditar

Apaixonou-se pela música desde criança por volta dos cinco anos. Aos nove anos já tocava em instrumentos confeccionados por ele. Durante sua infância ouviu grandes nomes do Blues. Em 1975, morando no Canadá, formou uma banda de blues, passando a tocar em jam e clubes locais. Um ano depois decidiu unir-se à família, vindo também morar no Brasil. Em 1990 lança seu primeiro disco, "Blues & Derivados", que é amplamente elogiado pela crítica.

Em 1992, lança seu segundo álbum, "Long Distance Blues", passando a tocar em festivais de blues. Em 1994, veio o reconhecimento internacional pela revista "Guitar Player" americana. Em 1998 a consagração definitiva: Nuno é eleito o melhor guitarrista de blues segundo o concurso mundial de aniversário de 30 anos da revista. Tal concurso premiou guitarristas em 11 categorias, e Mindelis foi o único músico que nasceu fora da América do Norte a aparecer na relação de vencedores.[1]

Já conhecido, foi brevemente entrevistado no programa do Jô na rede Globo de televisão, no dia 21 sexta-feira de maio de 2010, apresentando duas músicas ao vivo, uma no início do programa, sendo a outro no final. Logo após a entrevista no Programa do Jô, Nuno se apresentou no ViJazz & Blues Festival realizado em Viçosa - MG no dia 12 de junho de 2010 acompanhado de contra-baixo, teclado/órgão, bateria e um DJ, desembocando em um show denso e enérgico.

Em 2009, foi eleito pelo site "HeavyMetal Brasil" um dos 30 melhores guitarristas do país.[2] Em 2012, foi incluído na lista 70 mestres brasileiros da guitarra e do violão da revista Rolling Stone Brasil.[3] Escrevendo para o Yahoo!, Regis Tadeu publicou uma crítica positiva para o músico em 2012, chamando de "Um dos maiores representantes do blues da América do Sul (...) um compositor de mão cheia" e um "excelente guitarrista."[4]

Em 2018 foi considerado entre os maiores guitarristas do Brasil na lista do mesmo Regis Tadeu em seu blog no Youtube.

No mesmo ano toca para milhares de pessoas no Suwalki Blues Festival , sendo um dos headliners do referido festival , junto com Billy Gibbons (ZZ Top) Mavis Staples e Eric Burdon. O concerto rendeu um album ao vivo, o primeiro da carreira de mais de 40 anos.

DiscografiaEditar

  • Blues e Derivados (1989) em formato LP Vinil pelo selo Eldorado.
  • Long Distance Blues (1991) relançado em 1998 (sem consulta ou conhecimento do do autor) como Nuno Mindelis & The Cream Crackers.
  • Texas Bound (1996 ) com o apoio da Double trouble (banda de Stevie Ray Vaughan, Chris Layton Bateria + Tommy Shannon no baixo) e participações de Lou Ann Barton (backing vocals) , Steve James (dobro) , Paul Orta harmônica , Chris Higgs (piano acústico) , Riley Osbourn (Pianos / Hammond B3). Produção Nuno Mindelis / Eddie Stout / Derek O'Brien
  • Blues on the Outside (1999) Banda de apoio Double Trouble (SRV) ; curiosidade: fotos do encarte clicadas na Praça da Sé, marco zero da Capital SP.
  • Twelve Hours (2003)
  • Outros Nunos (2005) Participações de Zélia Duncan e Rappin Hood.
  • "Free Blues" (2010)
  • "Angels & Clowns (Feat. The Duke Robillard Band)" (2013)
  • Life At The Suwalki Festival / Poland (2018)

Referências

  1. folha.uol.com.br/ Mindelis é premiado pela "Guitar Player"
  2. HeavyMetalBrasil.Net Arquivado em 21 de outubro de 2011, no Wayback Machine. Os 30 melhores guitarristas do Brasil. Acessado em 11/02/2012.
  3. rollingstone.com.br
  4. Regis Tadeu (1 de fevereiro de 2012). «Regis Tadeu comenta a agenda de shows de fevereiro». Yahoo!. Consultado em 6 de fevereiro de 2017 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.