Abrir menu principal

O Desenvolvimento do Capitalismo na Rússia

O Desenvolvimento do Capitalismo na Rússia é uma obra econômica escrita por Lenin quando estava exilado na Sibéria. Foi publicado em 1899 sob o pseudônimo de "Vladimir Ilyin".[1][2] Estabeleceu sua reputação como um importante teórico marxista.

Índice

ConteúdoEditar

Lenin atacou a reivindicação Populista (Narodnik) de que a Rússia poderia evitar a fase do capitalismo e que a comuna rural poderia servir de base para o comunismo. Em vez disso, argumentava que as comunas rurais já haviam sido aniquiladas pelo capitalismo e as estatísticas mostraram até que o feudalismo já estava morrendo na Rússia.[1] Lenin observou o crescimento de um mercado nacional de bens na Rússia substituindo os mercados locais, a tendência do crescimento de culturas de rendimento em vez de depender da agricultura de subsistência e um crescimento da propriedade individual em detrimento da propriedade comunal.[3] Observou também o crescimento da divisão de classes entre os camponeses com uma divisão crescente entre uma burguesia rural de terra e um proletariado rural sem-terra, em sua maioria, recrutado de um campesinato médio decrescente. Viu uma comunidade de interesse entre o proletariado rural e urbano e a possibilidade de uma aliança operária camponesa contra os representantes do capital.[4]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b Paul Le Blanc (2008) Revolution, Democracy, Socialism: Selected Writings of Lenin. Pluto Press, Londres: 83
  2. Roberts, David D. (2006). The Totalitarian Experiment in Twentieth-century Europe: Understanding the Poverty of Great Politics (em inglês). Nova Iorque e Londres: Taylor & Francis. p. 118. ISBN 0-415-19278-1 
  3. Christopher Read (2005) Lenin. Londres, Routledge: 39-40
  4. Paul Le Blanc (2008) Revolution, Democracy, Socialism: Selected Writings of Lenin. Pluto Press, Londres: 83-113

Ligações externasEditar