O Grande Silêncio (documentário)

filme de 2005 dirigido por Philip Gröning

O Grande Silêncio (em alemão: Die große Stille) é um documentário de 2005 dirigido por Philip Gröning. Uma co-produção internacional entre França, Suíça e Alemanha, é um retrato íntimo da vida cotidiana dos monges cartuxos da Grande Chartreuse, um mosteiro no alto dos Alpes franceses (Montanhas Chartreuse).

O Grande Silêncio
França
Alemanha
Suíça
162 min. min 
Direção Philip Gröning
Produção Philip Gröning
Música Monges da Grande Chartreuse
Distribuição Zeitgeist Filmes
Estreia 4 de setembro de 2005 (Veneza)
30 de novembro de 2005 (Alemanha)
20 de dezembro de 2006 (França)
Idioma francês

latim

ProduçãoEditar

A ideia do filme foi proposta aos monges em 1984, mas os cartuxos disseram que queriam tempo para pensar nisso. Eles responderam a Gröning 16 anos depois para dizer que estavam dispostos a permitir que ele gravasse o filme se ele ainda estivesse interessado. Gröning então veio morar sozinho no mosteiro, onde normalmente não eram permitidos visitantes, por um total de seis meses em 2002 e 2003. Ele filmou e gravou por conta própria, sem usar luz artificial.

Gröning passou dois anos e meio editando o filme. O corte final não contém comentários falados nem efeitos sonoros adicionados. Consiste em imagens e sons que retratam o ritmo da vida monástica, com intertítulos ocasionais exibindo seleções da Sagrada Escritura.[1]

RecepçãoEditar

O filme teve uma recepção geralmente laudatória, com 89% dos críticos no Rotten Tomatoes respondendo com críticas positivas na seção T-metric e uma classificação "certified fresh".[2] O Escritório de Cinema e Radiodifusão da Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos listou Into Great Silence como um dos dez melhores filmes de 2007.[3] Os próprios monges cartuxos adoraram o filme.[1]

PrêmiosEditar

  • Prêmio Especial do Júri no Festival de Sundance 2006.
  • European Film Awards 2006, Documentário - Prix Arte
  • Prêmio Bavarian Film de melhor documentário nesta sexta-feira, 13 de Janeiro de 2006
  • Prêmio de Cinema da Associação Alemã de Críticos de Cinema, melhor documentário de 2006
  • Film Award German Camera, melhor câmera em um documentário de 2006
  • Prêmio do Júri do Filme para o melhor documentário no concurso do festival internacional de São Paulo/Rio de Janeiro
  • Prêmio Internacional Ennio Flaiano de Pescara na Itália para melhor câmera e melhor filme

ReferênciasEditar

  1. a b Steven D. Greydanus. Into Great Silence. Written for Catholic World Report. Retrieved 6 July 2010.
  2. Into Great Silence. Rotten Tomatoes.
  3. Ten Best List for the Year 2007. United States Conference of Catholic Bishops' Office for Film and Broadcasting.

Ligações externasEditar