Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: ""Luiz Carlos Porto"" redireciona para este artigo. Para o político, veja Luís Carlos Porto.
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde junho de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
O Peso
Informação geral
Origem Rio de Janeiro-RJ
País Brasil
Gênero(s)
Período em atividade 1974 - ??
1984 - 1986
Gravadora(s) Philips, selo Polydor
Integrantes
  • Luiz Carlos Porto
  • Gabriel O'Meara
  • Constant Papineau
  • Carlos Scart
  • Carlos Graça
  • Geraldo Darbilly

O Peso foi um grupo de rock brasileiro, formado na cidade do Rio de Janeiro, nos anos 70.[1]

Índice

HistóriaEditar

Em 1972, os cearenses Luiz Carlos Porto (vocalista) e seu parceiro Antônio Fernando foram, do Ceará, para o Rio de Janeiro. Com a música "O Pente", a dupla participou da sétima edição do Festival Internacional da Canção. Após o evento, a dupla se dissolveu, e Luiz Carlos manteve contatos com diversos músicos da cidade. Dois anos depois, quando retornou ao Rio, o vocalista fundou o grupo O Peso, junto com Gabriel O'Meara (guitarra), Constant Papineau (piano), Carlos Scart (baixo) e Geraldo Darbilly (bateria).

A banda inicia o ano de 1975 se apresentando no Hollywood Rock, pioneiro festival de rock realizado no Rio de Janeiro, evento que foi registrado no documentário Ritmo Alucinante. No mesmo ano a banda assinou contrato com a gravadora Philips e lançou o LP Em Busca do Tempo Perdido, no qual mesclava elementos do blues e do rock e o compacto "Sou Louco por Você" / "Me Chama de Amor", pelo selo Polydor.

No final dos anos 70, o grupo encerrou as atividades. Em 1984, com a revitalização do rock no Brasil, o grupo retornou às atividades, apenas com Luiz Carlos da formação original. Nesse período, o grupo apenas fez shows tocando seu antigo repertório e não lançou novos discos.

Em 1986, depois de um show em Fortaleza, o vocalista Porto terminou se envolvendo em um acidente grave de moto, tendo que conviver com esquizofrenia e sendo obrigado a deixar os palcos. A banda parou as atividades no mesmo ano do acontecido.[2]

Em 26 de agosto de 2005, Darliby, Scart e Papineau se reencontraram após 30 anos da gravação de "Em Busca do Tempo Perdido". O retorno da banda para alguns shows foi pensada, porém o problema de saúde do vocalista continua impossibilitando a volta do grupo.[2]

DiscografiaEditar

EstúdioEditar

Ao VivoEditar

CompactosEditar

  • 1975 - "Sou Louco por Você" / "Me Chama de Amor"

Referências

  1. Gabriel Nunes (13 de julho de 2016). «13 "heróis desconhecidos" do rock nacional - O Peso - "Não Sei de Nada" (1974)». Rolling Stone Brasil. Consultado em 16 de junho de 2017 
  2. a b Mairon Machado (n.d.). «O Peso - Uma das melhores bandas brasileiras de todos os tempos!». Barbieri. Consultado em 19 de dezembro de 2018