Abrir menu principal
Trono da Atlântida
250px
Capa para Aquaman #14, iniciando o crossover Trono da Atlântida. Arte de Ivan Reis.
Editora(s) DC Comics
Lançada em Novembro de 2012
Terminou em Fevereiro de 2013
Primeira publicação Justice League (vol. 3) #15–17
Aquaman (vol. 7) #14–16
Gênero(s) Super-herói
Argumento Geoff Johns
Desenho Ivan Reis, Paul Pelletier
Personagens principais Batman, Superman, Mulher-Maravilha, Cyborg, Aquaman, Mera, Mestre dos Oceanos, Vulko, Dr. Stephen Shin, Dr. Silas Stone
Editora(s) lusófona(s) Panini Comics
Primeira edição Agosto de 2013 - Outubro de 2013
Primeira publicação Liga da Justiça (2ª Série) 14–16

"O Trono da Atlântida" (Throne of Atlantis no original) é um crossover de quadrinhos criado e publicado nos EUA pela DC Comics. O arco da história é constituído de seis edições publicadas nos títulos da Liga da Justiça (Justice League) e Aquaman.[1] O enredo foi escrito por Geoff Johns, com arte de Ivan Reis e Paul Pelletier

Na história, acreditando que Atlântida estava sob ataque, o Rei Orm declara guerra ao mundo da superfície. A fidelidade do Aquaman vê-se dividida entre seu irmão e a Liga da Justiça, este último fica bastante sobrecarregado quando a Costa Leste dos Estados Unidos é engolida pelo oceano e as tropas reais Atlantes marcham contra os habitantes da superfície.

A história foi adaptada em um filme de animação lançado em 2015, Liga da Justiça: Trono de Atlântida.[2]

No Brasil, a saga foi integralmente lançada pela editora Panini Comics entre agosto e outubro de 2013 na revista mensal da Liga da Justiça. A Panini também lançou um álbum de luxo, os famosos encadernados, em novembro de 2016 contemplando toda a saga.[3]

Índice

ResumoEditar

  Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Em 1820, no Oceano Atlântico, marinheiros capturam e matam o rei e a rainha da Atlântida. Os atlantes enfurecidos cercam e afundam o navio, Deixando os marinheiros se afogarem, um a um, até sobrar só o capitão. Os atlantes então o levaram para a orla e depois a pedido do capitão, o devolveram ao mar para afundar com seu navio. Nos dias atuais, na prisão de Belle Reve, Arraia Negra mata brutalmente um guarda que foi a sua cela interrogá-lo a juntar-se ao Esquadrão Suicida. Nos destroços de um navio antigo, Aquaman pergunta a seu irmão e atual rei da Atlântida, Mestre dos Oceanos, se ele tinha alguma coisa a ver com o ataque atlante a uma base militar norte americana ou as tentativas do Arraia para recuperar as relíquias do Rei Morto. Mestre dos Oceanos nega qualquer envolvimento. Mais tarde, alguém com o Cetro do Rei Morto vai para o fundo do Oceano Atlântico e libera criaturas devoradoras de carne de sua prisão.[4]

No Dorsal Mesoatlântico, um navio de guerra da Marinha é sabotado durante um teste de mísseis e eles acabam atacando a Atlântida. Em Metrópolis, Superman e Mulher-Maravilha que estavam em um encontro são obrigados a conter um porta-aviões e proteger todas de uma grande inundação, que apesar dos esforços da dupla teve muitas mortes. Boston também é atacada por uma onda gigantesca. Enquanto isso, Aquaman e Mera conversam com Batman sobre uma ameaça iminente para o mundo e são surpreendidos por uma onda gigantesca que se aproxima de Gotham. Aquaman percebe então que foi dado início aos planos de guerra Atlantes que ele mesmo escreveu com Orm e que Mestre dos Oceanos declarou guerra ao mundo da superfície.[5]

Gotham é inundada por uma onda gigantesca, e mesmo com os esforços de Aquaman, Mera e Batman em resgatar as vítimas, muitas pessoas acabam se afogando. Enquanto isso, em Metrópolis, Superman, Mulher-Maravilha e Lois Lane encontram o atlante Vulko que está a procura do Aquaman. No Batplano, Aquaman conversa sobre sua história em Atlântida para o Batman, quando a nave é atingida, os heróis escapam e Artur revela que o próximo alvo é o Dr. Stephen Shin. A Liga da Justiça se reúne na Torre de Vigilância, então Aquaman encontra-se com Vulko. Superman informa a Liga que o presidente declarou estado de emergência na Costa Leste e Cyborg detecta algo enorme na costa de Boston. Aquaman pede para o Cyborg proteger o biólogo Dr. Shin. Batman dá uma chance a Arthur de trazer Orm pacificamente. Em Boston, o Rei Orm recusa o pedido do Aquaman de voltar com ele, então surge a Liga da Justiça querendo levar por conta própria o Rei Orm sob custódia.[6]

Aquaman tenta persuadir Superman, Mulher-Maravilha e Batman para tentar convencer Orm a se render, mas o trio recusa, o que acaba em conflito. O trio percebe a relutância do Aquaman para lutar contra os Atlantes, então tentam capturar Orm. Durante a batalha, Orm usando o tridente captura e prende os três e Aquaman nas "Águas Negras". Após conseguir encontrar e proteger o Dr. Shin dos atlantes, Cyborg vai aos Laboratórios da STAR para que seu pai, o Dr. Silas Stone instale uma função ambiental que permita a ele agir debaixo d'água. Conectado a Rede, Cyborg convoca membros secundários da Liga da Justiça: Mulher Elementar, Arqueiro Verde, Raio Negro, Víxen, Shazam!, Gavião Negro, Zatanna, Fúria Dourada, Canário Negro e Nuclear para ajudar a conter o avanço das tropas atlantes.[7]

Na Torre de Vigilância da Liga da Justiça, Dr. Shin e Vulko assistem as notícias sobre a guerra. Enquanto isso, Aquaman usando seu tridente, se liberta e vai ajudar Batman, que se equipou com uma máscara respiratória. Os dois localizam e saem para salvar Superman e a Mulher-Maravilha. Enquanto isso, em Boston, os outros heróis começaram a lutar contra os Atlantes. Orm ordena que seus soldados coloquem detonadores para poder afundar a cidade. Após a cirurgia ter sido completada com sucesso, Victor une-se a Mera e descem no oceano para salvar a Liga da Justiça das criaturas devoradoras de carne e todos retornam à superfície. Enquanto isso, as criaturas do fosso chegam a Boston e atacam tanto seres humanos como atlantes, até o próprio Orm é confundido pelas criaturas. Cyborg recupera um arquivo de segurança dos militares dos EUA pra descobrir quem ativou os mísseis começando a guerra. Na Torre de Vigilância, Vulko ataca Shin, e culpa o biólogo por tudo que lhe aconteceu e pelo exílio que foi forçado após a partida de Arthur da Atlântida e em seguida ergue o cetro do Rei Morto.[8]

Na Torre de Vigilância, o Dr. Shin revela a Liga da Justiça que Vulko fugiu e foi ele que sabotou o navio militar e disparou os mísseis contra a Atlântida e quem começou essa guerra. Mera explica que Vulko busca vingança porque foi exilado depois que Arthur abdicou do trono. A Liga da Justiça une aos membros reservas e lutam contra os atlantes. Aquaman conseguem para o Mestre dos Oceanos forçando-o a abdicar do trono. Com a rendição de Orm, a guerra agora é contra as criaturas devoradoras de carne que foram libertas do fosso e estão incontroláveis. O antigo conselheiro real Vulko aparece e oferta o cetro do Rei Morto a Arthur e revela que estava por trás de tudo para que Arthur retornasse novamente ao trono da Atlântida. Usando o cetro, Aquaman consegue controlar as criaturas e os afugenta de volta para o fosso. Agora como Rei de Atlântida, Arthur ordena aos atlantes que voltem e levem Vulko para julgamento, e quanto a seu irmão Orm, o mesmo deve permanecer na superfície para ser julgado por seus crimes. Orm é preso em Belle Reve. Com o público perdendo a confiança em Aquaman, Amanda Waller nota que é a hora perfeita para recrutar supervilões para combater a Liga da Justiça.[9]

  Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

PublicaçãoEditar

A tabela a seguir contém a relação das edições originais que compõem o arco e também a revista na qual foi publicada no Brasil.

EUA - DC Comics Brasil - Panini Comics
Datas de publicação Título original Publicação Título no Brasil Histórias originais
28 Nov 2012 Jan 2013 Aquaman (volume 7) #14 Ago 2013 Liga da Justiça (2ª série) nº 14 Aquaman (volume 7) #14
26 dez 2012 Fev 2013 Justice League (volume 2) #15 Justice League (volume 2) #15
Aquaman (volume 7) #15 Set 2013 Liga da Justiça (2ª série) nº 15 Aquaman (volume 7) #15
23 Jan 2013 Mar 2013 Justice League (volume 2) #16 Justice League (volume 2) #16
30 Jan 2013 Aquaman (volume 7) #16 Aquaman (volume 7) #16
20 fev 2013 Abr 2013 Justice League (volume 2) #17 OUT 2013 Liga da Justiça (2ª série) n 16 Justice League (volume 2) #17

Em outras mídiasEditar

O filme de animação de 2015, Justice League: Throne of Atlantis foi vagamente inspirado no arco.

Referências

  1. «Aquaman, Justice League engage in watery war with Atlantis». USATODAY.COM 
  2. Siegel, Lucas (16 de julho de 2014). «JUSTICE LEAGUE: THRONE OF ATLANTIS Full Cast Revealed - Clone Wars Alums Face Off» (em inglês). Newsarama. Consultado em 10 de julho de 2017 
  3. Naliato, Samir (18 de novembro de 2016). «O Trono da Atlântida, saga da Liga da Justiça, ganha encadernado pela Panini». Universo HQ. Consultado em 10 de julho de 2017 
  4. Throne of Atlantis: Prologue — publicada originalmente nos EUA pela DC Comics em Aquaman #14. Janeiro de 2013.
  5. Throne of Atlantis: Part One — publicada originalmente nos EUA pela DC Comics em Justice League #15. Fevereiro de 2013.
  6. Throne of Atlantis: Part Two — publicada originalmente nos EUA pela DC Comics em Aquaman #15. Fevereiro de 2013.
  7. Throne of Atlantis, Chapter Three: Friends and Enemies — publicada originalmente nos EUA pela DC Comics em Justice League #16. Março de 2013.
  8. Throne of Atlantis: Part Four — publicada originalmente nos EUA pela DC Comics em Aquaman #16. Março de 2013.
  9. Throne of Atlantis: Chapter Five — publicada originalmente nos EUA pela DC Comics em Justice League #17. Abril de 2013.