Abrir menu principal
Um obá do Benim do século XVII

O obá do Benim é atualmente o chefe tradicional do povo edo e historicamente foi o obá (rei) do Reino do Benim,[1] também chamado Império Edo, com a capital na Cidade do Benim (na atual Nigéria), de 1180 até 1897. O antigo território dos edos está atualmente integrado na Nigéria e portanto não corresponde à atual República do Benim, anteriormente também conhecida como Daomé).

Índice

Fim do Reino do BenimEditar

 Ver artigo principal: Reino do Benim

Em 1897, a Expedição punitiva Britânica saqueou a Cidade de Benim tomou controle da área exilou o obá Ovonramwen, que morreu no exílio em Calabar em 1914.

 
Placa de bronze do século XVI que representam a entrada para o Palácio do obá do Benim. Foto tirada no Museu Britânico de Londres.

Segundo a tradição oral, a primeira dinastia ou Reino do Benim, foi o Oggi-Suo ou dinastia Ogiso. A segunda dinastia 'obá' foi fundada por Oranyan (também conhecido como Oranmiyan), um príncipe do reino Yoruba de Ife nos dias atuais Nigéria. O filho dele, Eweka I tornou-se o primeiro obá. O atual e 40º obá, Ewuare II, foi coroado Obá do Benim a 20 de Outubro de 2016.[2]


 
Escultura Yoruba, cabeça de bronze, Ife, Nigéria, século XII

Durante o reinado do obá Oduduwa como Alaafin de Oyo, Eweka tornou-se o obá em Ile Ibinu. obá Ewedo, um antepassado do obá Ewaka I, mudou o nome da cidade de Ile Ibinu para Ubini, que o português, na sua própria língua, o corrompeu ao Benim ou Bini. Em 1440, obá Ewuare [1], também conhecido como 'O Grande Ewuare' chegou ao poder e transformou a cidade-estado em um império. Por volta de 1470, ele nomeou o novo estado Edo.

Durante os séculos XIV e XV, o poder do obá do Benim estava no seu apogeu e diferentes monarcas da dinastia controlavam significativas extensões de terra na África. Durante esta época, requintada arte de bronze naturalista foi criada para valorizar e encarnar o poder do obá. A arte muitas vezes representava os antepassados para estabelecer a legitimidade. Formalmente, só se permitiu que obás do Benim possuíssem as famosas cabeças de bronze do Benim.

Lista dos obás do Império do Benim (1180-presente)Editar

Pré-Império - obás do Benim (1180-1440)Editar

obás do Império do Benim (1440-1897)Editar

Pós-Império - obás do Benim (1914-Presente)Editar


Referências

  1. Silva, Alberto da Costa e (21 de agosto de 2014). A manilha e o libambo: A África e a escravidão, de 1500 a 1700. [S.l.]: Nova Fronteira. ISBN 9788520939499 
  2. a b Olaitan, Oluwatoba. «New Benin king crowned as Ewuare II». Tribune Online. Tribune Online. Consultado em 18 November 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

NotasEditar

Enciclopédia Britânica [1] Ewuare the Great

Ligações externasEditar