Abrir menu principal
Observatório Paranal
Aerial view of the ESO Very Large Telescope (VLT).jpg
Características
Código IAU
309Visualizar e editar dados no Wikidata
Operador
Tipo
Observatório astronómico (en)Visualizar e editar dados no Wikidata
Telescópio(s)
VLT Survey Telescope (en), VISTA, Very Large TelescopeVisualizar e editar dados no Wikidata
Altitude
2 635 mVisualizar e editar dados no Wikidata
Endereço
Coordenadas
Website
Plataforma principal do Observatório Paranal, onde estão as quatro unidades do VLT.

O Observatório Paranal é um conjunto de telescópios localizados no topo do Cerro Paranal, deserto do Atacama, no Chile. É mantido pelo Observatório Europeu do Sul. O conjunto de telescópios é o mais produtivo complexo astronômico do mundo, cujos dados são amplamente utilizados em artigos científicos. Uma característica notável do Observatório Paranal é que todos os telescópios podem funcionar de forma integrada, com todos os dados sendo unidos numa única base de dados, o que amplia radicalmente sua resolução.[1]

Os quatro maiores telescópios têm espelhos de 8,2 metros de diâmetro cada um, utilizados para observação de luz visível e infravermelho. Neste observatório está também o telescópio VISTA, o maior telescópio de rastreamento do mundo, com espelho de 4,1 metros de diâmetro. O observatório abriga ainda o VST, também o maior telescópio de rastreamento, mas a luz visível.[1][2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b Marco Túlio Pires (3 de fevereiro de 2012). «Por dentro do Observatório do Paranal, lar dos maiores telescópios do mundo». Veja. Consultado em 13 de fevereiro de 2014 
  2. «Paranal Telescopes» (em inglês). Observatório Europeu do Sul. Consultado em 13 de fevereiro de 2014 

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Observatório Paranal
  Este artigo sobre astronomia é um esboço relacionado ao Projeto Astronomia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.