Abrir menu principal

Odette Toulemonde

filme de 2006 dirigido por Éric-Emmanuel Schmitt
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde abril de 2011).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde março de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde janeiro de 2018).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde janeiro de 2018).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.


Odette Toulemonde
Catherine Frot signant une dédicace en 2012.jpg
País França
Lançamento 2006, 25 de outubro de 2007
Diretor(a) Éric-Emmanuel Schmitt
Gênero filme de comédia
filme dramático
Duração 101 minutos

Odette Toulemonde é um filme francês, uma comédia realizada por Éric-Emmanuel Schmitt, que estreou em 2007 com a actriz Catherine Frot e o actor Albert Dupontel.

SinopseEditar

Odette trabalha como vendedora no departamento de cosmética de uma loja em Charleroi, na Bélgica. É uma jovem viúva de quarenta anos e com um salário miserável, sem perspectiva de um futuro melhor. Mãe de dois adolescentes lunáticos, Odette vive uma vida cruel. O seu único deleite é a leitura dos romances do seu autor preferido Balthazar Balsan,que ela idolatra, e as músicas de Joséphine Baker.

Por sua parte, casado e pai de uma criança, Balthazar Balsan tem tudo o que a sociedade industrial pode oferecer como o sucesso comercial e o dinheiro, mas mesmo assim Balsan é infeliz, inseguro de si mesmo e do seu talento, o que o torna vulnerável às críticas. Depois da publicação do seu último livro que foi muito criticado pela imprensa, Balthazar Balsan recebeu uma carta de Odette, sua admiradora, que lhe fala sobre a sua vida medíocre, sobre toda a felicidade que os seus livros trouxeram à sua vida e sobre o imenso amor que ela sente por ele.

Daí, Balthazar Balsan vai à procura de Odette para com ela encontrar o caminho da felicidade.

  A Wikipédia tem o
 
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada. Foi sugerido que adicionasse esta.