Ogul Caimis

Ogul Caimis (em mongol médio: ᠥᠭᠦᠯ ᠺᠠᠢᠮᠢᠱ; romaniz.: Oγul Qaimiš; em mongol: Огул Каймиш) foi a principal esposa do grão-cã Guiuque Cã (r. 1246–1248) e reinou como regente no Império Mongol após a morte de seu marido em 1248. Descendia dos merquites, mas H. H. Howorth acreditou que fosse uma oirate.[1] Em seu tempo, recebeu uma embaixada dos dominicanos André de Longjumeau, seu irmão Guido ou Guilherme, e João de Carcassona, que foram enviados à corte mongol pelo rei Luís IX (r. 1226–1270).[2] Ao falecer em 1251, foi sucedida por Mangu Cã, um dos netos de Gêngis Cã (r. 1206–1227).[3]

Ogul Caimis
Regente do Império Mongol
Reinado 1248-1251
Antecessor(a) Guiuque Cã (como )
Sucessor(a) Mangu Cã (como )
 
Morte 1251
Pai Oguedai Cã

Referências

  1. Grousset 1970, p. 272.
  2. Grousset 1970, p. 272-273.
  3. Grousset 1970, p. 275.

BibliografiaEditar

  • Grousset, René (1970). The Empire of the Steppes. A History of Central Asia. Nova Brunsvique, Nova Jérsei: Imprensa da Universidade Rutgers