Abrir menu principal
Olavo Oliveira
Senador pelo  Ceará
Período 1946-1955
Deputado federal pelo  Ceará
Período 1935-1937
Deputado estadual no Ceará
Período 1925-1928
Dados pessoais
Nascimento 13 de junho de 1893
Granja, CE
Morte 28 de dezembro de 1966 (73 anos)
Cônjuge Maria José de Oliveira
Profissão professor, advogado, jurista

Olavo Oliveira (Granja, 13 de junho de 1893 -[onde?], 28 de dezembro de 1966) foi um professor, escritor, advogado e político brasileiro, com atuação no estado do Ceará, onde foi senador.[1][2]

Atuação políticaEditar

Exerceu o mandato de deputado estadual de 1925 a 1928; deputado federal de 1935 a 1937, e iniciou o mandato de deputado federal em 1946, mas foi eleito senador, exercendo de 1946 a 1955.[3]

Obras publicadasEditar

Relação de obras de literatura jurídica:[4]

  • O delito de matar
  • Alegações na justiça
  • Concurso de delitos
  • Ação penal e suas modalidades
  • Pela união nacional
  • Um caso inédito de responsabilidade criminal
  • A tragédia do Acarape
  • Intensificação de peculato
  • O júri na Terceira República

Referências

  1. CAVALCANTE, Leonardo Pildas de Menezes. História de Coreaú - 1702-2002. Fortaleza/Sobral. Expressão gráfica e editora ltda, 2003. página 482. ISBN 85-7563-028-8
  2. BRASIL. Dados Biográficos dos Senadores do Ceará 1826 a 2000. (série dados biográficos dos senadores por Estado, volume .12). Brasília: Senado Federal/ secretaria de documentação e informação. 2000
  3. Dados na página do Senado Federal [1]. Acesso em 21/07/2015
  4. Dicionário Histórico-Biográfico Brasileiro, pós 1930. 2ª edição. volume IV. Rio de Janeiro; editora da FGV/CPDOC, 2001, páginas 4172/3. ISBN 85-225-0344-3