Abrir menu principal
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes está sujeito a remoção.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Oleg Makarov
Nascimento 6 de janeiro de 1933
Udomlia, URSS
Morte 28 de maio de 2003 (70 anos)
Moscou, Rússia
Nacionalidade União das Repúblicas Socialistas Soviéticas soviético
Carreira espacial
Cosmonauta da URSS
Seleção 1968
Missões Soyuz 12, Soyuz 27, Soyuz T-3

Oleg Grigorievich Makarov (em russo: Олег Григорьевич Макаров ; Udomlia, 6 de janeiro de 1933Moscou, 28 de maio de 2003) foi um cosmonauta russo.

Formado em engenharia em 1957, começou a trabalhar no escritório de design espacial de Sergei Korolev, chefe do programa espacial soviético, ajudando no desenvolvimento na nave Vostok. Em 1966 ele foi selecionado para o treinamento de cosmonautas.

Primeiramente ele trabalhou no programa lunar, que pretendia colocar um soviético na Lua, e estava treinando com Aleksei Leonov para um voo circulunar. Entretanto, após o sucesso da Apollo 8, o voo foi cancelado.

Seu primeiro voo espacial foi na Soyuz 12 em 1973, um voo de teste para verificar as mudanças feitas na nave Soyuz após o desastre fatal da Soyuz 11. Seu segundo voo foi na Soyuz 18a, abortada logo após o lançamento, com uma aterrissagem de emergência no noroeste da China.

Com o seu terceiro lançamento na Soyuz 27, ele voou até à estação espacial Salyut 6, e aterrissou cinco dias depois com a nave Soyuz 26. Sua última missão foi a Soyuz T-3, na qual muitos reparos à Salyut 6 foram feitos. Ele também esteve dos grupos de apoio das missões Soyuz 17 e Soyuz T-2. No total ele passou 20 dias, 17 horas e 44 minutos no espaço.

Após seu último voo espacial continuou a trabalhar para o Energia, participando do programa da estação espacial Mir e do desenvolvimento do ônibus espacial Buran.

Entre outras condecorações, recebeu o título de Herói da União Soviética duas vezes, e a Ordem de Lenin quatro vezes.

Makarov morreu em 2003 de um ataque cardíaco.

Ver tambémEditar