Olga Blinder

Olga Blinder (Assunção, 21 de dezembro de 1921 - 19 de julho de 2008) foi uma pintora, gravurista e escultora paraguaia, fundadora do Grupo Arte Nova, foi a artista mais proeminente dos anos setenta no Paraguai.[1]

Olga Blinder
Olga Blinder em 2007
Nascimento 1 de janeiro de 1921
Assunção, Paraguai
Morte 19 de julho de 2008
Nacionalidade paraguaia

BiografiaEditar

Nasceu em uma família judia em Assunção. Nos anos 1939-1943, estudou engenharia e pedagogia na Faculdade de Filosofia da Universidade Nacional. Seu professor era o artista brasileiro Livio Abramo. Durante trinta anos como professora, ela ensinou a arte. Em 2006, recebeu um doutorado honorário da Universidade Nacional de Assunção.[2]

Carreira artísticaEditar

Sua carreira artística começou em 1951, na exposição do El Ateneo Paraguai. Em 1952, seu trabalho foi exibido no Centro Cultural Paraguaio-Americano. Em 1954, fundou o Grupo Arte Nova, o movimento artístico que visa introduzir alterações no cenário da arte paraguaia e a rejeição da ideia de academicismo.[3]

Ela fundou e dirigiu vários institutos culturais: Taller de expresión infantil (TEI), Instituto para el desarrollo armónico de la personalidad (IDAP) e o Instituto Superior de Arte (ISA)

O Instituto Superior de Arte agora faz parte do Departamento de Arquitetura da Universidade Nacional de Assunção. Em 1972 ela criou em conjunto com a primeira coleção de arte contemporânea de Carlos Colombino, que agora faz parte do Museo del Barro.[4]

Participou de várias exposições internacionais na Venezuela, Argentina, Holanda, Japão, Espanha, Portugal, Chile, Colômbia, EUA e Uruguai.

Vida privadaEditar

Em 1943, ela se casou com o Dr. Isaac Schvartzman, com quem teve três filhos: Susana Silva (1944), Carlos Eduardo (1946-1955) e Jorge Bernardo (1948).

PublicaçõesEditar

Ela escreveu livros e artigos sobre educação e as artes.

  • Arte actual en el Paraguay (1900-1995);
  • La educación paraguaya (1945-1991);
  • Historia de la educación en América Latina;
  • Inteligencia, juego y TV, con otros autores (1982);
  • El juego, los juguetes y el niño;
  • Trabajos sobre museos y educación artística (1994);
  • En la frontera de un arte nuevo guaraní (1987-1988).

Referências

  1. Olga Blinder - Portal Guaraní
  2. Biografia de Olga Blinder
  3. The Cambridge History of Latin America
  4. Olga Blinder - Portal Guaraní

http://www.biografiasyvidas.com/biografia/b/blinder.htm http://www.portalguarani.com/45_olga_blinder.html https://books.google.com.py/books?id=3NiCQFfSGIkC&pg=PA434&lpg=PA434&dq=Olga+Blinder&source=bl&ots=Jn6EpkNbsx&sig=TqDketNoXcDPB9rhnVGPYcVc1HM&hl=en&ei=RobRSYe2GYzglQec0uyJBw&sa=X&oi=book_result&ct=result&redir_esc=y#v=onepage&q=Olga%20Blinder&f=false http://www.biografiasyvidas.com/biografia/b/blinder.htm http://www.portalguarani.com/45_olga_blinder.html