Oliver Stuenkel

professor associado e pesquisador de relações internacionais

Oliver Stuenkel (Düsseldorf, 1982) é professor associado e pesquisador de relações internacionais.

Oliver Stuenkel
Oliver Stuenkel
Oliver Stuenkel em 2017 na Comissão de Relações Exteriores do Senado Nacional
Nome completo Oliver Della Costa Stuenkel[1]
Nascimento 1982 (42 anos)[2]
Düsseldorf[2]
Renânia do Norte-Vestfália
Residência São Paulo, SP
Brasil
Nacionalidade teuto-brasileiro
Alma mater Western Reserve Academy
Universidade de Valência
Universidade Harvard
Universidade de Duisburg-Essen
Ocupação professor associado
Página oficial
http://www.oliverstuenkel.com

Graduado pela Universidade de Valência, na Espanha, é mestre em Políticas Públicas pela Kennedy School of Government de Harvard University, onde foi McCloy Scholar, e doutor em Ciência Política pela Universidade de Duisburg-Essen, na Alemanha. Atualmente trabalha como professor adjunto de Relações Internacionais da Fundação Getulio Vargas, em São Paulo[3][4], responsável por coordenar a Escola de Ciência Sociais (CPDOC) da instituição. Sua pesquisa lida com geopolítica e potências emergentes, especificamente Brasil, Índia e China, analisando seus impactos sobre a governança global.

É autor dos livros IBSA: The rise of the Global South? (2014, Routledge)[5], The BRICS and the Future of Global Order (2015, Lexington)[6] e Post-Western World: How Emerging Power Are Remaking Global Order (2016, Polity)[7].

Entre suas outras publicações, pode-se citar: Rising Powers and the Future of Democracy Promotion (Third World Quarterly), The BRICS and the Future of R2P: Was Syria or Libya the Exception? (Global R2P), Emerging Powers and Status: The Case of the First BRICs Summit (Asian Perspective) e The Financial Crisis, Contested Legitimacy and the Genesis of intra-BRICS Cooperation (Global Governance). Stuenkel também é autor de Institutionalizing South – South Cooperation: Towards a New Paradigm?, apresentado para o High-Level Panel on the Post-2015 Development Agenda, das Nações Unidas.

Foi professor visitante na Universidade de São Paulo e na Escola de Estudos Internacionais da Universidade Jawaharlal Nehru (JNU), em Nova Deli. Fez parte da delegação brasileira nos encontros track II, em Nova Deli, Chongqing e Moscou em preparação para a quarta, a quinta e a sétima cúpula do grupo BRICS.

Além de sua pesquisa acadêmica, escreve artigos de opinião para jornais como o The New York Times, Global Times (China), Today's Zaman (Turquia), Mail & Guardian (África do Sul), Times of India, The Asian Age, The Hindu (Índia), El País, Folha de S.Paulo, Valor Econômico, O Globo e O Estado de S. Paulo. Comenta, com frequência, o cenário político internacional na Globonews, além de canais internacionais como BBC, CNN em Español e ZDF. Tem participação regular dos principais encontros geopolíticos do mundo, como o Munich Security Conference (MSC), que reúne Ministros da Defesa e das Relações Internacionais, bem como thought leaders.

Oliver é colunista do Estado de São Paulo, da revista Americas Quarterly e pesquisador não-residente no Carnegie Endowment for International Peace (CEIP) em Washington DC e no Instituto de Política Pública Global (GPPi) ​​em Berlim.

Ele também promove palestras e assessoria em risco geopolítico para lideranças empresariais e equipes de multinacionais. Em suas palestras, costuma abordar temas como o impacto da Guerra da Ucrânia na geopolítica regional e brasileira, bem como das cadeias de produção, eleições brasileiras e internacionais (norte-americana, europeias), a relação da China com a América Latina, e a disputa de poder tanto política quanto tecnológica entre EUA e China, os impactos na economia brasileira, possíveis crises, desafios e oportunidades econômicas.

Obras selecionadas

editar
  • IBAS: Ascensão do Sul Global? (2014)
  • BRICS e o Futuro da Ordem Global (2014)[8]
  • India-Brazil-South Africa Dialogue Forum (IBSA): The Rise of the Global South (2014)
  • Post-Western World: How Emerging Powers Are Remaking Global Order (2016)

Ver também

editar

Referências

  1. «Jan Oliver Stuenkel - Biblioteca Virtual da FAPESP». Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Consultado em 24 de maio de 2015. Arquivado do original em 26 de março de 2016 
  2. a b Viturino, Robson (3 junho 2011). «Época Negócios». Consultado em 24 de maio de 2015 
  3. Fellet, João (20 maio 2015). «Negócios com China reduzem influência dos EUA na América Latina - BBC Brasil». BBC Brasil. Consultado em 24 de maio de 2015 
  4. «China "ameaça" influência dos EUA na América Latina». Voz da América. 25 maio 2015. Consultado em 24 de maio de 2015 
  5. Stuenkel, Oliver. India-Brazil-South Africa dialogue forum (IBSA) : the rise of the global south. Abingdon, Oxon: [s.n.] OCLC 881560381 
  6. Stuenkel, Oliver,. The BRICS and the future of global order. Lanham, Maryland: [s.n.] OCLC 895301666 
  7. Stuenkel, Oliver,. Post-western world : how emerging powers are remaking global order. Cambridge, UK: [s.n.] OCLC 946770255 
  8. Mendonça, Heloísa (19 maio 2015). «Investimentos da China no Brasil: "Dinheiro chinês é chance única de integrar fisicamente América Latina" » Brasil » El País Brasil». Consultado em 24 de maio de 2015 

Ligações externas

editar