Om Yun-chol

(Redirecionado de Om Yun-Chol)
Om Yun-chol
halterofilismo
Nascimento 18 de novembro de 1991 (28 anos)
Hamgyong Norte, Coreia do Norte
Nacionalidade Coreia do Norte norte-coreana
Compleição Peso: 56 kg Altura: 1,52 m
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Londres 2012 –56 kg
Prata Rio de Janeiro 2016 –56 kg

Om Yun-chol (Hamgyong Norte, 18 de novembro de 1991)[1][2] é um halterofilista da Coreia do Norte.

CarreiraEditar

Londres 2012Editar

Om competiu em halterofilismo nos Jogos Olímpicos de 2012 e ficara apenas em sexto na prova do arranque (125 kg), na categoria até 56 kg; o chinês Wu Jingbiao levantara 133 kg e o turco Khalil El-Maaoui levantou 132 kg. Enquanto El-Maaoui não concluiu a prova, Wu conseguiu 156 kg no arremesso, 289 kg no total combinado, Om levantou 168 kg no arremesso, o equivalente ao triplo da própria massa corporal, igualando-se ao recorde mundial do turco Halil Mutlu, o que também supera o recorde olímpico, antes do mesmo Mutlu, definido nos Jogos de Sydney 2000. Com 293 kg no total combinado, tornou-se campeão olímpico.

Temporadas 2013-2016Editar

Em 2013 Om Yun-Chol conseguiu superar o recorde mundial no arremesso de Halil Mutlu que perdurou por mais de 12 anos, ele levantou 169 kg. Neste mesmo ano fora campeão asiático (286 kg no total) e campeoão mundial (289 kg), na categoria até 56 kg.

Nos Jogos Asiáticos de 2014 conseguiu superar novamente o recorde mundial no arremesso na categoria até 56 kg — levantou 170 kg.

No campeonato mundial de 2014 terminou em quinto no arranque, com 128 kg; o vietnamita Thach Kim Tuan estava em primeiro com 135 kg, os chineses Li Fabin e Long Qingquan levantaram 134 e 133 kg respectivamente; Thach Kim Tuan levantou 161 kg no arremesso e terminou com 296 kg, Li Fabin não conseguiu mais do que 157 kg no arremesso (291 kg no total) e Long Qingquan 160 kg (293 kg no total); Om conseguiu 168 kg no arremesso (296 kg no total) e, como era mais leve que Thach Kim Tuan, ficou com a medalha de ouro.

Rio 2016Editar

Nos Jogos Olímpicos de 2016, conquistou a medalha de prata, com um total combinado de 303kg na categoria até 56kg, sendo batido por Long Quingquan que fez 307kg.

Quadro de resultadosEditar

Principais resultados de Om Yun-chol:[1][3]

Ano Lugar Categoria Marca (kg) / pos.
Arranque Arremesso Total
Jogos Olímpicos
2012 Londres, Inglaterra –56 kg 125 / 6 168 / 1 293 /  
2016 Rio de Janeiro, Brasil –56 kg 134 / 2 169 / 2 303 /  
Campeonato Mundial
2011 Paris, França –56 kg 115 / 10 152 / 5 267 / 6
2013 Breslávia, Polônia –56 kg 127 /   162 /   289 /  
2014 Almaty, Cazaquistão –56 kg 128 / 5 168 /   296 /  
2015 Houston, Estados Unidos –56 kg 131 /   171 /   302 /  
2018 Asgabate, Turquemenistão –55 kg 120 /   162 /   282 /  
2019 Pattaya, Tailândia –55 kg 128 /   166 /   294 /  
Jogos Asiáticos
2014 Incheon, Coreia do Sul –56 kg 128 / 3 170 / 1 298 /  
2018 Jacarta, Indonésia –56 kg 127 / 2 160 / 1 287 /  
Campeonato Asiático
2013 Astana, Cazaquistão –56 kg 126 /   160 /   286 /  
2019 Ningbo, China –61 kg 130 / 7 165 / 4 295 / 6
Universíade
2017 Taipei, Taiwan –56 kg 129 / 1 165 / 1 294 /  
Campeonato Mundial Júnior
2011 Penang, Malásia –56 kg 115 / 6 156 /   271 / 4
Campeonato Interclubes Asiático
2013 Pyongyang, Coreia do Norte –56 kg 120 /   169 /   289 /  
IWF Grand Prix
2015 Fuzhou, China –56 kg 131 /   171 /   302 /  
2019 Fuzhou, China –61 kg 120 / 6 161 /   281 / 4


Recordes

Om Yun-Chol definiu os seguintes recordes mundiais:[4][5]

Data Disciplina Marca Classe de peso Lugar
13.09.2013 Arremesso 169 kg –56 kg Pyongyang
20.09.2014 Arremesso 170 kg –56 kg Incheon
21.11.2015 Arremesso 171 kg –56 kg Houston
Após a reestruturação das classes de peso em 2018:
01.11.2018 Arremesso 162 kg –55 kg Asgabate
18.09.2019 Arremesso 166 kg –55 kg Pattaya
18.09.2019 Total 294 kg –55 kg Pattaya

Referências

  1. a b «Om Yun Chol PRK» (em inglês). International Weightlifting Federation 
  2. «Yun Chol Om» (em inglês). www.london2012.com. Consultado em 26 de agosto de 2012. Arquivado do original em 9 de dezembro de 2012 
  3. Oyun Chol e Om Yun Chol (PRK) (em alemão)
  4. «Progress of world records - men seniors (old bdw)» (em inglês). www.iwf.net 
  5. «Progress of world records - men seniors (newbw)» (em inglês). www.iwf.net