Omar Khayyam (filme)

filme de 1957 dirigido por William Dieterle
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo vulto histórico, veja Omar Khayyam.

Omar Khayyam (br.: As aventuras de Omar Khayyan), também conhecido em inglês pelos títulos The Life, Loves and Adventures of Omar Khayyam e The Loves of Omar Khayyam, é um filme estadunidense de 1957 dirigido por William Dieterle. O principal personagem dessa aventura no estilo das Mil e uma noites é Omar Khayyám, matemático, poeta, filósofo e astrônomo que viveu na antiga Pérsia (atual Irã). Foi o último filme cuja trilha sonora foi composta por Victor Young (1899-1956), que já era falecido quando do lançamento. Participação no elenco da cantora Yma Sumac.

Omar Khayyam
As aventuras de Omar Khayyan (BRA)
 Estados Unidos
1957 •  cor •  101 min 
Direção William Dieterle
Roteiro Barré Lyndon
Elenco Cornel Wilde
Michael Rennie
Debra Paget
Género aventura
biografia
Idioma inglês

Elenco principalEditar

SinopseEditar

Na Pérsia do século XI, quando Omar Khayyam já possuia fama de homem brilhante, ele reencontra seu antigo amigo Sabah, governador da província de Gilan e guerreiro impiedoso. Os dois são indicados a ocuparem cargos na Corte por um terceiro amigo (Nizam ou ministro) e o os aceita: Omar se torna conselheiro encarregado de desenvolver um novo calendário e criar estratégias militares; Sabah fica sendo o Guarda do Tesouro. Omar está enamorado da bela Sharain, mas seu romance sofre um abalo quando o Xá a chama para ser uma de suas esposas. Mesmo desgostoso, Omar continua leal ao Xá e ao seu filho, príncipe Malik, e os ajudará a enfrentar várias ameaças e traições, como a guerra contra os bizantinos (que tentaram uma invasão pelo Mar Cáspio) e a rebelião do príncipe Ahmud que se alia a uma poderosa seita de assassinos liderada por um mestre misterioso.

Ligações externasEditar